Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Arcadismo

No description
by

Thaís Müller

on 30 September 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Arcadismo

Interests
Education
Skills
Experience
References
Education:
A parti do século XVIII, a razão volta a ser valorizadae, iniciando então uma renovação cultural. É então, que a ciência, o método científico, a filosofia e a busca pelos direitos individuais ganham destaque.
E esse período de renovação cultural, ficou conhecido como Iluminismo ou Século das Luzes...
E de acordo com o filósofo alemão Immanuel, o "Iluminismo, é a saída do homem de sua menoridade. Ou seja, a incapacidade de fazer uso de seu entendimento sem a direção de outro indivíduo".

Work Experience
Arcadismo
Uma época de agitação filosófica: as luzes da razão
A publicação da Enciclopédia (1951), marcou simbolicamnete essa nova etapa cultural... E os nomes mais importante dessa cultura, colaboravam com a Epopéia. Expressando confiança absoluta na razão humana, destacando a importância da ciência e da liberdade de expressão. Além disso, a tolerância religiosa, considerando a religião uma opção individual.
A partir de 1750, a política e a administração portu­guesa conheceram grandes mudanças. Por vinte e sete anos, o poder foi exercido por Sebastião José de Carvalho e MeIo, o marquês de Pombal, ministro de Estado de D. José I. Fortemente influenciado pelo Iluminismo, Pombal se insere no quadro do despotismo esclarecido, em que monarcas, sem abandonar o poder absolutista, adotam algumas práticas e princípios liberais. Daí, uma série de medidas e reformas que acabaram por torná-lo uma figura polêmica na História portuguesa.
Arcadismo em Portugal
A poesia de Bocage...
Enciclopédia
Iluminismo em Portugual
Arcadismo é o nome que se dá ao movimento cultural que sucedeu o Barroco no século XVIII.
Surgido na segunda metade do século 18, o Arcadismo (ou Neoclassicismo) caracteriza­se pelo






O espírito reformista e pela valorização antropocêntrica do saber racional ­ reflexo do

desenvolvimento tecnológico, social e científico do chamado "Século das Luzes".
...
Em Portugal, o Arcadismo inicia­se oficialmente em 1.756, data de fundação da Arcádia Lusitana (sociedade poética em queartistas discutiam Arte e Literatura).
O gênero literário predominante no Arcadismo português foi a poesia. Embora os escritores árcades fossem em sua maioria homens cultos e bem posicionados socialmente, eles defendiam um ideal de vida simples e natural como forma de protesto contra os excessos da luxuosa vida aristocrata na época.
Os principais nomes do Arcadismo português são: Cruz e Silva, Correia Garção, Reis Quita, Nicolau Tolentino, Filinto Elísio, Marquesa de Alorna e Bocage.
A poesia de Bocage é marcada pelo erotismo e pela sátira de caráter social. Também se destacam em sua obra duas vertentes líricas: a luminosa e etérea (em que o poeta se entrega
inebriado à evocação da beleza das suas amadas) e a noturna e pessimista (que manifesta a dor incomensurável provocada pela indiferença, ingratidão e tirania das mesmas). Essas assimetrias refletem uma personalidade complexa e multifacetada do autor, além do evidente jogo de contrários.
Arcadismo no Brasil
Tomás Antônio Gonzaga
O poeta Tomás Antônio Gonzaga, nasceu na cidade do Porto, em Portugal Passou parte da infância no Recife e na Bahia.
Depois de formado, exerceu alguns cargos de natureza jurídica e candidatou-se a uma cadeira na Universidade de Coimbra.
Em 1789, Tomás Antônio Gonzaga foi acusado de participação na Inconfidência Mineira. Detido, foi enviado para a Ilha das Cobras, no Rio de Janeiro, partindo depois para Moçambique, onde se casou com Juliana de Sousa Mascarenhas, filha de um rico comerciante de escravos, e teve um casal de filhos. Faleceu no exílio em dia desconhecido, no mês de fevereiro de 1810
A Sátira
Tomás Antônio Gonzaga, escreveu poesias líricas, típicas do arcadismo, com temas pastoris e de galanteio, dirigidas à sua amada, a pastora Marília...

As "Cartas Chilenas" correspondem a uma coleção de doze cartas, poemas satíricos que circularam em Vila Rica poucos antes da Inconfidência Mineira. Assinadas por Critilo, habitante de Santiago do Chile e endereçadas a Doroteu. Critilo narra os desmandos do governador chileno, o Fanfarrão Minésio.
Marília de Dirceu

Cláudio Manuel da Costa
José Basílio da Gama
José Basílio da Gama nascido em 1741 na cidade de São José do Rio das Mortes.
Em 1769 José Basílio escreve o poema épico "O Uruguai" que mais tarde seria seu poema mais famoso. O poema "O Uruguai" tinha como objetivo criticar os Jesuítas e defender a politica do marques do pombal, o qual o tornou um oficial da secretaria do reino. A crítica sobre os Jesuítas porém recaia sobre o fato que os jesuítas não defendiam os índios apenas queria liberta-los para poderem usar sua mão de obra em benefício próprio.

E ele falece em Lisboa no dia 31 de julho de 1795.

Escritor, poeta, crítico literário e
prosador satírico irlandês.

 Morte de William Temple.

Doutorou-se em Teologia.

Viagens de Gulliver.

“Quando um verdadeiro génio se
mostra ao mundo reconhece-se logo
da seguinte maneira: todos os idiotas
se juntam e conspiram contra ele.”
Jonathan Swift
Arte Barroca no Brasil do século XVIII
O Barroco chegou à América pelas mãos dos portugueses e espanhóis, e aqui no Brasil se desenvolveu desde o século XVIII até a metade do século XIX. Florecimento tarde pois na Europa já tinha entrada em declínio.
No Brasil o Barroco é encontrado nas artes plásticas. Mesmo que estivessse presente também nas ruas, onde mais se encontrava era em ingrejas católicas mineiras.
O artista mais importante no nosso Barroco foi Antônio Francisco Lisboa; Arquiteto, entalhador e escultor, suas obras constituem um dos pontos mais altos da arte brasilerira.
O Arcadismo desenvolveu-se no Brasil do século XVIII e se prendeu ao estado de Minas Gerais, onde se havia descoberto ouro, fato que marcou o local como centro econômico e, portanto, cultural da colônia portuguesa. Os ideais do Iluminismo francês eram trazidos da Europa pelos poucos membros da burguesia letrada brasileira - juristas formados em Coimbra, padres, comerciantes, militares. Alguns autores destacados desse momento são Cláudio Manuel da Costa, Tomás Antônio Gonzaga, Basílio da Gama e José de Santa Rita Durão. O Arcadismo, também chamado Neoclassicismo, terminou em 1836, no Brasil, e abriu as portas para o Romantismo.
Pastoral de outono, por François Boucher
Características...
Delimita-se o Arcadismo no Brasil entre os anos de 1768 e 1836.
• Utilização de personagens mitológicas;
• Idealização da vida campestre (bucolismo);
• Eu lírico caracterizado como um pastor e a mulher amada como uma
pastora (pastoralismo ou fingimento poético);
• Ambiente tranquilo, idealização da natureza, cenário perfeito e aprazível
(nativismo);
• Visão da cidade como local de sofrimento e corrupção;
• Elogio ao equilíbrio e desprezo às extremidades;
• Desprezo aos prazeres do luxo e da riqueza (estoicismo);
• Aproveitamento do momento presente, aproveitar a vida, devido à incerteza
do amanhã. Vivência plena do amor durante a juventude, porque a velhice é
incerta.
• Tensão entre o burguês culto, da cidade, contra a aristocracia;
• Pastoralismo: poetas simples e humildes;
Poesia Lírica
A poesia lírica, no Brasil, fica a cargo, principalmente, de Cláudio Manuel da Costa e Tomás Antônio Gonzaga, sendo deste último a principal obra árcade do país: Marília de Dirceu.
O Soneto
Destes penhascos fez a natureza
O berço, em que nasci: oh quem cuidara
Que entre penhas tão duras se criara
Uma alma terna, um peito sem dureza!
Amor, que vence os Tigres, por empresa
Tomou logo render-me; ele declara
Contra o meu coração guerra tão rara,
Que não me foi bastante a fortaleza.
Por mais que eu mesmo conhecesse o dano,
A que dava ocasião minha brandura,
Nunca pude fugir ao cego engano:
Vós, que ostentais a condição mais dura,
Temei, penhas, temei; que Amor tirano,
Onde há mais resistência, mais se apura.
Cláudio Manuel da Costa
O introdutor do Arcadismo no Brasil estudou Direito em Coimbra e voltou à terra natal para exercer a profissão e cuidar de sua herança. Apesar da vida pacata em Vila Rica, foi ele uma das vítimas do rigor com que o governo português tratou os participantes da Inconfidência Mineira. Preso em maio de 1789, após um interrogatório, em julho, foi encontrado enforcado em seu cárcere. Há a hipótese de ter sido assassinado.
Como poeta de transição sua poesia ainda está ligada ao cultismo barroco, em vários aspectos. Mesmo assim, era respeitado, admirado e tido como mestre por outros poetas árcades, como Tomás Antônio Gonzaga e Alvarenga Peixoto. Sua obra lírica é constituída, principalmente, de éclogas e sonetos. Dentre elas, são dignas de destaque Obras poéticas - obra que introduziu o Arcadismo - e Vila Rica - poema épico.
Arcadismo
O Arcadismo, também conhecido como Neoclassicismo, surgiu no continente europeu no século XVIII. Esta escola literária caracterizava-se pela valorização da vida bucólica e dos elementos da natureza. O nome originou-se de uma região grega chamada Arcádia (morada do deus Pan).
Os poetas desta escola literária escreviam sobre as belezas do campo, a tranqüilidade proporcionada pela natureza e a contemplação da vida simples.
Poesia Árcade
Nos temas que a poesia árcade tematiza, são convencionais, existindo assim uma falta de originalidade do estilo em questão da recorrência aos motivos da poesia greco-romana e renascentista.

Carpe Diem: Aproveita o presente o dia...
Locus Amenus ou seja Lugar ameno: Encontros amorosos
Fugere Urbem ou seja Fuga da cidade: a favor da simplicidade do campo
Aurea Mediocritas: Vida sem excessos
Full transcript