Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

No description
by

lar jorbalan

on 21 January 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RESUMO DAS ATIVIDADES 2013
LAR JORBALÁN

ATIVIDADES E PROJETOS
Gestão e Organização/Administração do Lar Jorbalán
CARACTERIZAÇÃO DAS UTENTES
Propostas de futuro
Criação de iniciativas que promovam a sustentabilidade da Instituição;
Comunicação eficaz para o exterior com maior divulgação da intervenção desenvolvida;
Estabelecimento de protocolos/parcerias informais como meio facilitador da intervenção e integração das utentes;
Criação de projectos para as utentes que visem a aprendizagem em contexto de trabalho;
Concepção de programas de mentoria para as utentes que estimulem o estabelecimento de relações de referência;
Investimento na expansão do projeto BuLar;
Reforço da equipa técnica;
Supervisão de casos da Instituição/reuniões da Equipa Técnica.
SERVIÇOS PRESTADOS/ÁREAS DE INTERVENÇÃO
Acolhimento
Necessidades básicas
Educação informal
Gestão do tempo e organização das rotinas diárias
Acompanhamento social
Acompanhamento psicológico
Definição do Plano Individual de Intervenção
Atividades lúdicas e culturais
Acompanhamento externo a utentes em Autonomia
grupo de Teatro Social, com sessões semanais de 2h;
participação assídua de 12 jovens (utentes em acolhimento e utentes em Autonomia);
Recorre a duas principais técnicas: o Teatro Fórum e o Teatro Debate.
O grupo SOS Heroínas tem duas criações de espetáculos de Teatro Fórum:
"O melhor para mim"
o grupo discutiu temáticas relacionadas com a igualdade de género, o ser mulher e ser mãe nos dias que correm
4 apresentações públicas

“Sem título”
que debate temas associados à imigração, discriminação, exploração laboral e direitos do trabalho doméstico
1 apresentação pública

Grupo de Teatro Social
SOS HEROÍNAS
Dinâmica do Riso
Yoga para mães e filhos
atividade realizada mensalmente;
Objetivos: beneficiar de momentos de relaxamento, diversão, bem-estar, coesão com grupo, fortalecimento de relações interpessoais, desbloquear “barreiras” emocionais, a interacção e o contacto físico e visual entre as participantes, que previne situações de conflito.
atividade semanal;
Proporciona momentos de descontração, afectividade e o relacionamento entre mãe-filho(s)

Projeto Mulheres XX+I
Projeto de incentivo à autonomia e ao desenvolvimento dos Projetos de Vida de jovens mulheres e seus filhos em acolhimento;
Este projeto enquadra-se nos projetos de tipo apadrinhamento à distância;
Projetos apadrinhados por particulares e/ou Entidades privadas
: natação, natação para mãe e bebé, judo, bolsa de estudo, hidroterapia, hipismo, despesas de documentos e saúde.

inFORMA-TE
Dinamização de sessões de (in)formação/sensibilização em temáticas para sensibilização e adoção de comportamentos para promoção do processo de crescimento pessoal e autonomia:
Educação para a Saúde
- Saúde da Mulher e Planeamento Familiar; Nutrição e Estilos de Vida Saudáveis;
Consumo/Consumo sustentável
- Direitos do Consumidor e Vendas Agressivas, Gestos Simples, Eficiência energética nos comportamentos
BuLar - bolsas de autor
uma criação das utentes, são um produto único e original;
Este projeto visa desenvolver competências e gerar uma fonte de rendimento extra para as criadoras e para o Lar Jorbalán.
Principais atividades:

Promoção -
criação do logotipo, Folheto informativo (explicação do projeto), Etiquetas, Flyer/cartaz, Página no Facebook;
Parcerias
- Revista ELLE, lojas B-bazar e B São Mamede, Miss República Portuguesa 2013 (finalistas “amadrinharam” as BuLar);
Presença em eventos
- Festa 25 anos da ELLE, Vogue Fashion’s Night Out, integrando no Desfile de Jovens Designers da Escola de Moda de Lisboa/E.P.Magestil;
Referência nos media
: página da ELLE Portugal; "Agenda Solidária" no programa "Mais Mulher" na SIC Mulher; Post no blog 100ideias
Atividades Lúdicas e Culturais
- As utentes participaram em várias atividades: Festival APLAUSO – Festival de Artes de Carnide, Dia do Vizinho, Jardim Zoológico; Musical WOTJYLA; Mega Pic-Nic; Feira de Artesanato na FIL; Gala de eleição da Miss República Portuguesa 2013; Grande Revista à Portuguesa; Magusto no Jardim Botânico; Comemoração 1º de Dezembro.

- Celebração do Dia Internacional da Mulher, um dia especial dedicado ao seu bem-estar.
Atividades de divulgação e angariação de fundos
Presença em eventos para promoção de projectos e venda de produtos, bem como divulgação do trabalho institucional:

• Festa do Dia do Vizinho, no Jardim das Amoreiras;
• LXMarket na LXFactory como Instituição convidada;
• Vogue Fashion’s Night Out, no Palácio Foz e nas lojas B-Bazar e B São Mamede;
• Responsabilidade Social entre Amigos – Há festa no Palácio;
• NATALIS, Feira de Solidariedade;
• Lanche de Natal na Paróquia de São Mamede.

-
Principais atividades:
Início da Avaliação de desempenho;
Redefinição do método e estrutura do Plano Individual de Intervenção (PII) de cada utente;
Assinatura do contrato-programa com a CML;
Reuniões de parceria;
Continuidade do Manual de Acolhimento para Técnicos e Voluntários;
Continuidade da construção do website;
Implementação do sistema informático em rede;
Formação de colaboradores, participação em acções de formação e seminários;
Produção de materiais de divulgação do Lar;
Candidatura de projetos a programas de financiamento;
Promoção de iniciativas de carácter solidário;
Participação em actividades das entidades locais;
Encontro de voluntários, colaboradores, utentes e Irmãs;
Conclusão dos procedimentos para obtenção da Licença de Utilização.
Utentes em acompanhamento
Estiveram em acolhimento na Comunidade de Inserção
28 utentes
: 17 jovens mulheres e 11 crianças
Dados biográficos
A maioria das utentes do Lar Jorbalán é bastante jovem com idade média de 26 anos.

As jovens mulheres com idades compreendidas entre os 21 e 25 anos, estiveram acolhidas em maior número, no total de seis utentes

As nacionalidades mais predominantes são a Guineense e Portuguesa, esta última das 18 utentes 10 são crianças.

Acolhimento
Verifica-se que as mulheres se encontram numa posição de grave vulnerabilidade social, apresentando ausência ou fracos recursos económicos, muito jovens e com percursos de vida complexos, sem apoios da rede social de suporte, incluindo a sua própria família. São mulheres muito vulneráveis e fragilizadas, “mulheres mosaico” com múltiplas problemáticas associadas como a rutura familiar, isolamento social, situações de violência intra-familiar, abandono, exploração sexual e laboral, desemprego, monoparentalidade, imigrantes ilegais ou indocumentadas, revelando uma baixa auto-estima.
A maioria das utentes permanece em acolhimento para além do tempo de permanência definido (18 meses).
Motivo de Saída
- 6 utentes interromperam o seu processo de integração e saíram do Lar Jorbalán:
3 jovens foram convidadas a sair do Lar Jorbalán pelo facto de terem desrespeitado as normas da Comunidade de Inserção, no entanto foram encaminhadas para outro serviço de modo a serem apoiadas no processo de integração;
2 jovens interromperam o seu processo de integração social: Um agregado, abandonou o projeto de vida e regressou à situação de vulnerabilidade anterior, outra concretizou a integração habitacional na família alargada;

-
10 utentes concluíram o seu Projeto de Vida
, tendo adquirido competências que lhes permitiram serem autónomas e efetivaram a sua Reinserção Social, sendo que se encontram totalmente integradas, quer a nível profissional, social, quer habitacional (quarto ou habitação social).
Estas utentes mantêm-se em acompanhamento externo, mantendo apoio social e psicológico, bem como a revisão mensal do Plano Individual de Intervenção e recorrem ao Lar Jorbalán sempre que necessitam de apoio.
Realiza-se acompanhamento externo a 12 jovens e seus agregados, totalizado em
21 utentes
, tanto a nível de apoio social ou psicológico periódico, como em situações pontuais que requerem um acompanhamento e/ou encaminhamento específico de acordo com as suas necessidades, bem como o apoio em géneros alimentares.
Full transcript