Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

HTLV

No description
by

Vittória Machado Agresta

on 25 February 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of HTLV

HTLV
Propriedade do Vírus
-> O HTLV pertence à família Retroviridae.

-> Tem um genoma de duas cópias idênticas RNA de fita simples. (+)

-> Contido em uma capsídeo de simetria icosaédrica.

-> Envelope de natureza lipídica.

Propriedade do Vírus
HTLV1 e o HTLV2, diferenciam-se principalmente no gene pX – homólogos 60%:
• Propriedades biológicas similares e tropismo para linfócitos T.
• HTLV1- principalmente linfócitos TCD4+
• HTLV2- principalmente linfócitos TCD8+

Classificação de Baltimore:
• VI: Vírus ssRNA-RT: vírus RNA fita simples com DNA intermediário.
• A cadeia de RNA (+) vai através da transcriptase reversa viral formar uma molécula de DNA.

Vias de transmissão:
- Horizontal: contato sexual.
- Vertical: da mãe para o filho.
- Parenteral: transfusão de sangue contaminado e seus produtos; uso de seringas contaminadas.


Leucemia/ Linfoma de células T do adulto
- Linfoadenopatia
- Hepatoesplenomegalia
- Hipercalcemia
- Febre
- Infecções oportunistas
- Dor abdominal
- Perda de peso

Epidemiologia
-> HTLV-I e HTLV-II foram os primeiros retrovírus humanos descobertos.

-> 1988 = a Administração de Drogas e Alimentos (FDA) dos EUA, recomendou que de toda doação de sangue fosse realizada triagem sorológica para o HTLV-I.
* 1º ano de triagem, aproximadamente 2,000 doadores de sangue voluntários, infectados por HTLV-I/II.

-> Endemia: Japão, Bacia Caribenha, Melanésia e África.
* Taxa de prevalência pode chegar a até 15% da população geral.

-> Prevalência aumenta com idade e no sexo feminino. Altas taxas foram observadas em grupos de negros nos EUA.
Tratamento
-> Ainda não se descobriu uma solução terapêutica para eliminar o vírus completamente do organismo infectado.

-> No entanto, todas as doenças correlacionadas com o retrovírus HTLV têm tratamento: mielopatia/paraparesia espástica tropical (HAM/TSP), uveíte, leucemia/linfoma de celulas T do adulto (ATL), entre outras.

-> Diagnóstico precoce e a observância às orientações médicas são requisitos básicos para o bom resultado do tratamento.

-> O tratamento irá depender de uma avaliação neurológica, hematológica, oftalmológica, assim como estadiamento do grau de comprometimento, tempo de evolução e presença de outras infecções virais.
Larissa Dionísia dos Santos
Sarah Adelaide de Menezes Campos
Vittória Machado Agresta

Prevalência
-> Entre usuários de drogas: 80%.


-> Endemia entre populações
indígenas americas.


-> Há referência de porcentagem menor com história de transfusão de sangue.
Prevenção
"NÃO DESCUIDE DE SUA SAÚDE.
SÓ PRATIQUE SEXO SEGURO!"

-> Certifique-se sempre de que as agulhas e
seringas que vai usar são descartáveis;

-> Peça para seu médico averiguar a possibilidade da infecção pelo HTLV, se você está grávida ou pretende engravidar.

Referências Bibliográfias:

1) Infecção pelo vírus T-linfotrópico humano (HTLV). Ministério da Saúde. <http://www.aids.gov.br/pagina/infeccao-pelo-virus-t-linfotropico-humano-htlv>. Data de acesso: 18/02/2014. Horário de acesso: 08:53.
2) HTLV (Vírus Linfotrópico da Célula Humana). Dr. Drauzio. <http://drauziovarella.com.br/letras/h/htlv-virus-linfotropico-da-celula-humana/>. Data de acesso: 18/02/2014. Horário de acesso: 09:14.
3) Tabela 1: Epidemiologia, HTLV, Prevalência. <http://www.htlv.com.br/epidemiologia3.htm>. Data de acesso: 18/02/2014. Horário de acesso: 09:22.
4) HTLV. < http://www.htlv.com.br/index.htm>. Data de acesso>: 18/02/2014. Horário de acesso: 09:25.
5) HTLV: que vírus é esse?. Fundação Hemominas. <http://www.hemominas.mg.gov.br/hemominas/menu/cidadao/cartilha_HTLV.html>. Data de acesso: 18/02/2014. Horário de acesso: 10:01.
6)
Santos FLN, Lima FWM. Epidemiologia, Fisiopatogenia e diagnóstico laboratorial da infecção pelo HTLV-I. J Bras Patol Med Lab, v41, n 2, p 105-16. 2005.
7)
Epidemiologia, fisiopatogenia e diagnóstico laboratorial da infecção pelo HTLV-I (http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S167624442005000200008&script=sci_arttext)
8)
Infecção e doença pelos vírus linfotrópicos humanos de células T (HTLV-I/II) no Brasil (http://www.scielo.br/pdf/rsbmt/v35n5/13170.pdf)
http://pt.slideshare.net/jucarvalho/htlv-vrus-linfotrpico-de-clulas-t-humano


Ciclo Replicativo do Vírus
Como os demais retrovírus seu ciclo de vida é dependente
da enzima transcriptase reversa.

1. Partícula viral precisa se ligar a superfície celular
Glicoproteínas do envelope viral e receptores específicos da
superfície celular.
2. Vírus torna-se capaz de penetrar na célula, liberando
todo seu conteúdo no citoplasma da célula
3. Fita simples de RNA viral é transcrita à DNA de fita dupla.
4. A dupla fita de DNA linear migra para o núcleo e
integra-se no genoma do hospedeiro pela ação de uma integrasse viral.
5. Provírus utiliza a maquinaria celular para a transcrição primária do RNA genômico.
6. RNA viral sintetizado e processado para gerar RNAm – traduzido nas proteínas virais apropriadas no citoplasma.
Lesões de Pele
- Dermatite seborréica

- Psoríase

- Alopecia mucinosa

Sintomas
Principais Sintomas:

- Assintomática

- Complexo neurológico associado ao HTLV

- Leucemia

- Linfoma de células T do adulto (ATL)




Sintomas
Complexo Neurológico associado ao HTLV:

- Paraparesia espástica tropical

- Mielopatia associada ao HTLV

- Fraqueza crônica e progressiva dos membros inferiores

- Distúrbios esfincterianos

- Sinais sensitivos objetivos pobres ou ausentes

Lesões inespecíficas marcadoras de imunossupressão:
- herpes zoster

- sarna crostosa

- Dermatofitose extensa

Patogênese
Outros sintomas
- Polimiosites

- Uveítes


Diagnóstico
Sintomas
- Miopatia

- Doença do neurônio motor

- Neuropatia periférica

- Disautonomia

- Ataxia cerebelar

- Disfunção cognitiva
Full transcript