Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Identificação das fontes de comunicação mediúnica e Contradições e mistificações

Estudo do ESDE - Tomo Único - Módulo V - Roteiros 2 e 3. Realizado na CEE (Comunidade Espírita Esperança)
by

Adão Salles

on 28 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Identificação das fontes de comunicação mediúnica e Contradições e mistificações

FENÔMENO MEDIÚNICO
FENÔMENO ANÍMICO

Quais as principais dificuldades na identificação das fontes de comunicação mediúnica?
Distinção entre mediunismo e animismo;
Linguagem utilizada nas comunicações;
Identificação do Espírito comunicante.
O animismo é a comunicação da própria alma do médium.
Mediunismo é quando o desencarnado se manifesta através do médium.
A alma do médium também pode comunicar-se, comportando-se como se fosse uma outra entidade espiritual.

O animismo também pode ser considerado a influência que a alma do médium exerce sobre as comunicações dos Espíritos.
O animismo costuma apresentar-se intenso em quase todos os principiantes.
Depois, com o passar do tempo, sua influência nas comunicações cai para níveis aceitáveis.

Portanto, o fenômeno anímico nada tem de aterrador, que seja preciso combater. Necessita apenas de educação de mediúns.
LINGUAGEM UTILIZADA NAS COMUNICAÇÕES
Ensina o livro dos médiuns, que os Espíritos devem ser julgados, como os homens, pela linguagem de que usam.
LM - item 263
Pode estabelecer-se como regra invariável e sem excessão que - a linguagem dos Espíritos está sempre em relação com o grau de elevação a que já tenham chegado.
LM - item 263
Os Espíritos realmente superiores não só dizem unicamaente coisas boas, como também as dizem em termos isentos, de modo absoluto, de toda trivialidade.
LM - item 263
A linguagem revela sempre a sua procedência, quer pelos pensamentos que exprime, quer pela forma, e, ainda mesmo que algum Espírito queira iludir-nos sobre sua pretensa superioridade, bastará conversemos algum tempo com ele para a apreciarmos.
LM - item 263
IDENTIFICAÇÃO DO ESPÍRITO COMUNICANTE
LÓGICA, BOM SENSO e RAZÃO
A identificação do Espírito pelo nome não deve constituir preocupação do médium ou dos frequentadores da reunião, pois, o mais importante é o teor dos ensinos que nos transmitem, seja qual for o nome ou a forma sob a qual de apresente o comunicante.
Devemos considerar que, se o Espírito pode imprimir ao seu perispírito a forma que queira, este poderá apresentar-se sob a aparência de outra entidade, ou para infundir maior confiança ao médium, ou com o fim deliberado de enganar.
O mesmo se dá quanto ao nome com o qual se comunica, pois, nenhuma referência dispomos para comprovar a sua autenticidade, senão o teor de sua mensagem, condizente ou não com o nome indicado.
Será prudente, portanto, frente a qualquer comunicante, analisar rigorosamente o teor da comunicação, aceitando apenas e exclusivamente, aquilo que esteja dentro da lógica, do bom senso e da razão.
CONTRADIÇÕES
Os adversários do Espiritismo não se esquecem de objetar que os seus adeptos não concordam entre si; Que nem todos partilham das mesmas crenças; Numa palavra: que se contradizem.

Se o ensino VOS é dado pelos Espíritos, dizem eles, POR QUE NÃO SE APRESENTA IDÊNTICO?
lm - CAP. 27 - ITEM 297
As contradições que se notam, com bastante frequência, na linguagem dos Espíritos, podem espantar apenas aqueles que não têm da ciência espírita senão um conhecimento incompleto.

Elas são a consequência da própria natureza dos Espíritos que, quando falam, não sabem as coisas senão em razão de seu adiantamento, e das quais alguns podem saber menos que certos homens.
O QUE É O ESPIRITISMO - Allan Kardec
Sobre uma multidão de pontos, eles não podem emitir senão sua opinião pessoal, que pode ser mais ou menos justa, e conservar o reflexo dos preconceitos terrestres dos quais não estão despojados.

Outros fazem os próprios sistemas sobre o que não conhecem ainda, particularmente no que tange às questões científicas e à origem das coisas.

Não há, pois, nada de surpreendente em que não estejam sempre de acordo.
O QUE É O ESPIRITISMO - Allan Kardec
Dois meios podem servir para fixar as ideias sobre as questões duvidosas:
Submeter as comunicações ao controle severo da razão, do bom senso e da lógica.
Concordância do ensinamento. Quando o mesmo princípio é ensinado sobre vários pontos, por diferentes Espíritos e médiuns estranhos uns aos outros, e que não estão sob a mesma influência, pode-se disso concluir que ele é mais Verdadeiro que aquele que emana de uma só fonte e se encontra em contradição com a maioria
O QUE É O ESPIRITISMO - Allan Kardec
MISTIFICAÇÕES
É a comunicação da Entidade, com o objetivo de enganar ao médium ou ao grupo, tentando passar por quem não é ou apresentando teorias ou sistemas falsos por verdadeiros.

Consiste no engodo, na falsidade. Tanto pode ocorrer entre os homens como no intercâmbio mediúnico.
As mistificações constituem um dos escolhos mais desagradáveis do Espiritismo prático. Para evitá-las há para isso um meio simples: o de não pedirdes ao Espiritismo senão o que ele vos possa dar. Ora, sabendo que a finalidade maior do Espiritismo é o
melhoramento moral
da Humanidade e, não nos afastando deste objetivo, dificilmente seremos enganados.
LM - item 303
Como entendermos a recomendação abaixo?
Entendendo que os Espíritos superiores procuram sempre nos instruir e nos guiar no caminho do bem, saberemos rejeitar qualquer instrução que possa nos proporcionar
vantagens materiais
ou favorecer nossas
paixões mesquinhas
.
LM - item 303
Full transcript