Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Revestimentos Metálicos :

No description
by

Gabriel Conti

on 17 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Revestimentos Metálicos :

A Metalização pode ser divida em dois grupos
Metalização
Tempo de proteção
- Natureza química do revestimento


-Forças de coesão e adesão

-Espessura e da permeabilidade à passagem do eletrólito através da película
Introdução
-Os revestimentos protetores são películas aplicadas sobre a superfície metálica
Revestimentos Metálicos :
Metalização e Cladização
- Diminuir o contato da superfície com o meio corrosivo
- Minimizar a degradação da superfície pelo
mesmo
História
-Início do século XXI

- Maçarico Oxi- acetilênico modificado para aplicação com pós e arames metálicos

- Alta aplicabilidade
Metalização a quente
Metalização a Frio
Metalização a quente
- Aquecimento após a deposição

- Fusão entre o depósito e o substrato

- Envolve a ligação de ligas auto-fluxantes

- A base de níquel ou cobalto com adições de Silício e Boro
Vantagens
• Resistência ao desgaste

• Resistência a abrasão

• Proteção contra corrosão

• Proteção contra oxidação

• Isolação térmica ou Barreira
térmica

• Isolação ou condução elétrica

• Restauração dimensional

Desvantagens
- Necessidade de submeter a peça revestida a uma elevada temperatura

- Deformações

- Limitação de aplicação em peças de grande porte
Metalização a Frio
- É chamada assim pois a base raramente chega a atingir temperaturas de 205º C durante a aplicação da camada.

- Os revestimentos metálicos apresentam porosidade e são mais duros que os materiais originais empregados

- Utilizar de velocidades cada vez mais elevadas e pós mais finos, visando depósitos uniformes e praticamente isentos de poros.
- É o mais recente desenvolvimento da metalização

- Opera a uma velocidade de até duas vezes a velocidade do som.
- A aplicação de pós metálicos ou cerâmicos extra finos, baseia-se na conservação de energia cinética das partículas, previamente aquecidas pela passagem pela chama
- Como decorrência deste violento impacto há uma elevação significativa de aderência do deposito sobre a base praticamente eliminando qualquer porosidade residual.
Metalização a frio por cerâmica
- Utilizado para recuperação de peças desgastadas e melhoria de sua superfície, aumentando sua resistência ao desgaste por corrosão, fricção, abrasão, etc.
- Aplicamos também barreira térmica para proteger peças da corrosão provocada por gases ou metais em alta temperatura,
- Coolers em industria de vidro

- Cadinhos

-Poços termométricos

-Turbinas a gás
Metalização HVOF
- É uma evolução do processo D GUN, que opera com explosões sucessivas arremessando partículas
Cladização
- Clad

- A espessura da camada do metal de revestimento é de 2-4 mm

- Controle da corrosão

- Processo de erosão ou solda

- Cladização da chapa

- Duplo efeito de aquecimento

- Forte prensagem da chapa

- Na maioria dos casos faz-se o revestimento somente no lado da chapa, que fica em contato com o meio corrosivo.


OBRIGADO!!
3- A 2013

Christian Xavier -07
Eduardo Maciel de Souza- 11
Gabriel Conti do Nascimento- 13
Gustavo Alves de Abreu - 17
Full transcript