Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Estequiometria by Afonso Azevedo

Você aprenderá como relacionar mol, massa e n° de moléculas dos participantes, como relacionar essas grandezas ao volume de gases, como levar em conta a presença de impurezas, redimentos inferiores a 100% e presença de reagentes ao fim da reação.
by

Afonso Azevedo

on 13 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Estequiometria by Afonso Azevedo

Estequiometria O que é cálculo estequiométrico? Revisão: unidades de medida Relações básicas para o cálculo As três leis Relação entre massas Relação entre quantidades de matéria Relação entre volumes Relação entre massa e mol Relação entre mol e volume relação entre massa e volume Habilidades Aplicar o método das tentativas na determinação dos coeficientes estequiométricos de equações químicas.
Demonstrar domínio das operações matemáticas inerentes às aplicações das leis da Química.
Entender o significado das grandezas químicas: quantidade de matéria, massa molar e volume molar.
Compreender a lei da conservação da massa e calcular a quantidade de matéria em processos naturais e industriais. Afonso Azevedo Junior O cálculo estequiométrico determina as quantidades de reagentes que devem ser utilizadas e de produtos que serão obtidos numa reação química. “Rien ne se perd, rien ne se crée, tout se transforme” Antoine Laurent de Lavoisier (1743-1794) Determine a massa dos reagentes [N2 e H2] na produção de 8,5.10^6 g de amônia reação abaixo:
N2 + H2 →-> NH3 Determine a quantidades de matéria dos reagentes [N2 e H2] na produção de 5.10^5 mol de amônia:
N2 + H2 -> NH3 Determine a quantidades de matéria dos reagentes [N2 e H2] na produção de 5.10^5 mol de amônia:
N2 + H2 -> NH3 Determine a massa dos reagentes na produção de 4 mol de água:
Ag[s] + HNO3[aq] -> AgNO3[aq] + NO[g] + H2O[l] Determine o n° de mol dos reagentes na produção de 44,8 L de óxido de nitrogênio:
Ag[s] + HNO3[aq] -> AgNO3[aq] + NO[g] + H2O[l] Determine o volume de óxido de nitrogênio produzido a partir de 648 g de prata:
Ag[s] + HNO3[aq] -> AgNO3[aq] + NO[g] + H2O[l] Demonstrar conhecimentos sobre Cálculos Estequiométrico: pureza de reagente, rendimento de reação, reagente em excesso e reagente limitante. Habilidades As três leis Casos especiais Pureza de Reagentes Qual a massa de carbonato de cálcio [CaCO3] e de impurezas existentes em 250 kg de uma amostra de calcário de pureza igual a 90%? Pureza de Reagentes Calcule o volume, em litros, de dióxido de enxofre nas CNTP, que se deve obter na ustulação de 27 kg de pirita [“ouro de tolo”] que apresenta um teor de FeS2 igual a 80%, segundo a equação abaixo. Massas atômicas: O = 16; S = 32; Fe = 56
4FeS2 + 11O2 -> 2Fe2O3 + 8SO2 Rendimento de reação Quando 4,8 gramas de magnésio puro [Mg] são atacados por ácido fosfórico [H3PO4] em excesso são obtidos 4 litros de gás hidrogênio [H2] nas CNTP. Calcular o rendimento da reação. Massa molar de Mg = 24 g.mol-1 .Volume molar do H2 nas CNTP = 22,4 l.mol-1 Reagente em excesso e limitante Misturam-se 196 g de ácido sulfúrico [H2SO4] e 100 g de hidróxido de sódio [NaOH] para que reajam segundo a equação:

H2SO4 + 2NaOH -> Na2SO4 + 2H2O

Massas atômicas: H = 1; O = 16; Na = 23; S = 32.
Calcule a massa de sulfato de sódio formada.
Calcule a massa do reagente que sobra em excesso após a reação. Cesupa 2011/1 UFPA 2011 Cesupa 2010/1 Cesupa 2009/1 Cesupa 2006/2 Cesupa 2004/2 Cesupa 2004/2 UFPA 2005 UEPA 2008 FUVEST 2005 FUVEST 2001 FUVEST 2003 UFPA 2008 reações sucessivas e miscelânea Reações sucessivas e miscelânea Tem-se uma liga de dois metais. Um componente da liga se dissolve em álcalis, e ambos os metais se dissolvem em ácido clorídrico. Nos compostos, os ditos metais apresentam grau de oxidação igual a + 2. Quando uma amostra de 5,76 g da liga foi tratada com uma solução de hidróxido de sódio, liberaram-se 2,24 L de hidrogênio. A massa do resíduo insolúvel foi de 4,86 g. Durante a dissolução em ácido clorídrico de uma amostra de 3,46 g da liga, formaram-se 4,032 L de hidrogênio. Que metais formam a liga? Os volumes dos gases estão reduzidos às condições normais:
a.Ca e Sr
b.Be e Mg
c.Zn e Cd
d.Pb e Sn
e.Li e K Em 200 g de uma solução que continha cloreto de magnésio [8,5% em massa], cloreto de níquel (II) [7,98%] e cloreto de cobre (II) [13,45%] foram colocados 19,62 g de zinco. Determinar a massa de cada metal que o zinco deslocará a partir da solução:
E°Mg = -2,36 V; E°Zn = - 0,76 V; E°Ni = - 0,25 V; E°Cu = + 0,34 V
a.Mg = 12 g; Ni = 23 g; Cu = 36 g;
b.Mg = 14,5 g; Ni = 3,7 g; Cu = 3,6 g;
c.Mg = 12,1 g; Ni = 23,9 g;
d.Ni = 21,45 g; Cu = 30,5 g;
e.Ni = 5,87 g; Cu = 12,7 g. afsazevedojunior@gmail.com Cálculos Químicos
Full transcript