Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Personagens:Amor de Perdiçao

No description
by

Melissa Matos

on 1 February 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Personagens:Amor de Perdiçao

Simão revela-se uma personagem redonda.
Tornou-se mais calmo, sensato, e estudioso.
Contudo, após o seu amor lhe ser negado e ameaçado, Simão revela-se rebelde e violento de novo, ao matar Baltasar,
Simão mostra também ser poeta
Simão Botelho é uma das personagens principais, pelo facto da ação se desenvolver à sua volta, devido às suas influências.
Nasce em 1784, sendo parte da nobreza, e estuda Humanidades em Coimbra.
No início da ação, é descrito como um jovem de quinze anos, parecido com a mãe, mas insensato.

Simão Botelho
Domingos Botelho, pai de Simão e Tadeu de Albuquerque,
Domingos Botelho, pai de Simão e Tadeu de Albuquerque, pai de Teresa, são duas personagens secundárias que se assemelham uma à outra, pois são ambas símbolos de pais tiranos.


Ambos os pais são personagens planas, pois desde o início que se opõem à relação dos seus filhos, e assim continuam. Mesmo depois das suas mortes, os dois homens continuam inimigos e não fazem as pazes.
Simão de Botelho
Simão é o herói romântico da novela de Camilo Castelo Branco, sendo solitário, marginalizado pela sociedade, e incompreendido por todos à sua volta, devido ao seu amor proibido a Teresa.

Simão morre então em alto mar, a 28 de Março de 1807, e o seu corpo é lançado ao mar.

Amor de Perdição
Personagens
Teresa de Albuquerque é também uma protagonista da novela de Camilo Castelo Branco, tendo 15 anos no início da ação, a qual se desenvolve à sua volta, devido às suas ações e escolhas. Teresa é uma rapariga regularmente bonita e bem-nascida, sendo então uma herdeira rica.
.Esta personagem representa uma heroína romântica, e uma amorosa angelical, ou seja, vítima indefesa num mundo que não a compreende, e onde o egoísmo arbitrário dos homens, como o seu pai, torna-a num ser frágil e indefeso.
Teresa é uma personagem plana
Teresa de Alburquerque
Baltasar Coutinho
Baltasar Coutinho, primo de Teresa, é uma personagem secundária, pois contribui para o desenvolver da história, e eventualmente, para o seu desenrolar.
A vaidade de Baltasar faz com que lhe seja impossível compreender o amor de Simão e Teresa, e o seu espírito manipulador leva-o a encomendar a morte de Simão.
Por essas razões, Baltasar é considerado o vilão da história, refletindo a maldade e opressão concentrada nos fidalgos, e é também uma personagem plana, por se apresentar assim desde o seu início, na história, até morrer. Baltasar Coutinho, primo de Teresa, é uma personagem secundária, pois contribui para o desenvolver da história, e eventualmente, para o seu desenrolar.
João da Cruz, o ferrador
João da Cruz, o ferrador, outra personagem secundária, é o pai de Mariana, e protetor de Simão Botelho ao longo da narrativa.

O ferrador aproxima-se bastante do típico homem popular português, não só por ser de uma classe social mais baixa, mas também pelo seu uso de vocabulário mais popular.

Apesar de ser dito que esta personagem foi em tempos de mau carácter, quando é apresentado na história, João da Cruz já é bondoso para Simão e assim continua até à sua morte, fazendo dele, uma personagem plana.

Mariana
Mariana, uma rapariga de 24 anos, é de uma classe social inferior à dos protagonistas, sendo a filha do ferrador João da Cruz. É também uma personagem secundária, pelo facto de apenas contribuir para a ação, e não por a manipular.
Apaixona-se por Simão.
Mariana torna-se confidente de Simão. É ela que toma conta dele quando este está doente; é ela que lhe faz companhia na prisão; é ela que lhe ouve as preocupações, e é ela que até chega a fazer a troca entre cartas de Simão e Teresa.
- Altruísmo sem limites, pois não se recusa a ser a portadora de correspondência entre Teresa e Simão

- Amor humilde e puro, pois contenta-se com amar sem ser amada, dando o seu amor a Simão gratuitamente, sem esperanças de reciprocidade. É necessário notar que, tendo em conta os tempos, era quase impossível que Simão ficasse com Mariana, de qualquer maneira, pois ela era uma rapariga pobre, plebeia, e socialmente, não tinha quaisquer hipóteses, por Simão ser rico e fidalgo.


D. Rita Preciosa é uma personagem secundária, plana, e mãe do protagonista, Simão Botelho. Representa a convencionalidade do sentimento materno, e age mais por obrigação familiar que por afeção: ajudou Simão, ao pagar ao ferrador, não por amor de mãe, mas porque esse era o seu papel.


Ritinha é uma personagem figurante, sendo esta a irmã mais nova de Simão. É incluída na história para lhe atribuir mais dimensão, e também utilizada para atribuir à personagem de Simão, mais características,




Manuel Botelho é também uma personagem figurante na ação, e é o irmão mais velho de Simão. No início do livro, tem 22 anos, e frequenta o segundo ano jurídico.

Um grupo de personagens existentes na obra é o das freiras. O autor incluí-as para mostrar a corrupção e hipocrisia da sociedade onde Teresa e Simão estavam presos.

Teresa de Albuquerque e Simão Botelho: Ambos se mantêm fiéis perante obstáculos que ocorrem durante o percurso do livro.
O amor deles é puro e inocente. É um amor que é corrupto, tendo em conta as ideias da sociedade.
Simão Teresa sãos os dois representados como os heróis românticos desta história mas eles tem papéis diferentes. Teresa é representada como vítima do mundo daquela altura; é uma mulher angelical, mas de certa forma o seu amor por o Simão torna-a mais destímida, mais forte; Simão é caracterizado como o herói românico por ser distanciado da sociedade, incompreendido. Ambos tem atitudes, a certos tempos, muito similares, tal com a da rebeldia para com os que não concordam com o seu amor, e portanto são mais parecidos do que diferentes.
Simão Botelho e Mariana: Simão conhece Mariana quando João da Cruz fica com ele, para o ajudar. Embora Simão esteja apaixonado por Teresa, isso não para Marina de dedicar a sua vida a Simão.
Mariana faz tudo por Simão, ela chega a deixar o seu pai para o ajudar quando ele vai preso. O seu amor por simão não e um amor egoísta, é um amor puro.
Sem necessidade da esperança que ele o ame de volta.
O amor de Teresa por Simão é tao altruísta que ela chega a cometer suicido para morrer com ele, pois não consegue imaginar uma vida sem a sua companhia.
Mariana e Simão são parecidos porque são ambos românticos, determinados, e fiéis, mas Tal como acontece com Simão e Teresa, o amor torna-a forte, dá-lhe esperança, e no final, todos morrerem por causa do amor.
João da Cruz e Simão Botelho: João da Cruz torna-se um protetor de Simão, ajudando-o em cada má situação em que ele se mete.
Simão e João têm esta relação quase familiar, e o ferrador ajuda-o com estratégias e conselhos. Simão e João da Cruz são bastantes parecidos: são ambos bondosos, corajosos, e gratos, mas diferem bastante em vários aspetos:
João é considerado um típico homem português daquela altura, e Simão é o herói romântico, tendo um lado poético, digno, e nobre de alma, enquanto João não o é.
Simão Botelho e Baltasar- Simão Botelho e Baltasar são exatamente opostos, e isto serve para se ter uma melhor perceção da personagem de Simão: Baltasar é um cobarde, vaidoso, interesseiro, e cínico, enquanto Simão é corajoso, humilde, simples de espírito e bondoso.
Os defeitos de Baltazar fazem destacar as qualidades de herói em Simão.
Relação entre personagens
Bibliografia
"Amor De Perdição, De Camilo Castelo Branco - Passeiweb." Amor De Perdição, De Camilo Castelo Branco - Passeiweb. N.p., n.d. Web. 01 Feb. 2015.
CONGRESSO DE EDUCAÇÃO DO NORTE PIONEIRO (n.d.): n. pag. Web.
"A MULHER ROMÂNTICA EM AMOR DE PERDIÇÃO." A MULHER ROM?NTICA EM AMOR DE PERDIÇÃO. N.p., n.d. Web. 01 Feb. 2015.
N.p., n.d. Web.
U. A Influência Do Espaço E Do Ambiente No Romance Amor De Perdição. (n.d.): n. pag. Web."Amor De Perdição, De Camilo Castelo Branco - Passeiweb." Amor De Perdição, De Camilo Castelo Branco - Passeiweb. N.p., n.d. Web. 01 Feb. 2015.
CONGRESSO DE EDUCAÇÃO DO NORTE PIONEIRO (n.d.): n. pag. Web.
"A MULHER ROMÂNTICA EM AMOR DE PERDIÇÃO." A MULHER ROM?NTICA EM AMOR DE PERDIÇÃO. N.p., n.d. Web. 01 Feb. 2015.
N.p., n.d. Web.
U. A Influência Do Espaço E Do Ambiente No Romance Amor De Perdição. (n.d.): n. pag. Web.
Full transcript