Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Educação Familiar

Educação Familiar
by

magda fonte

on 20 May 2010

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Educação Familiar

Fun & Families - Living With Teenagers Parenting
Este programa é direccionado para todos os pais de adolescentes que têm problemas de comportamento e/ou problemas de frequência escolar.
Objectivos

Reduzir o comportamento anti-social;
Aumentar a frequência escolar;
Melhorar a comunicação familiar;
Reforçar o papel dos pais em encarar a problemática dos filhos;
Recuperação a diversão familiar.

O programa é ministrado em grupo, em 8 sessões semanais. Os métodos de aprendizagem incluem role-play e trabalho de casa, abrangendo a exploração de padrões de comportamento, o reforço de comportamentos positivos e a melhoria das habilidades de comunicação. Incluem-se ainda a redução do stress e o reforço do apoio social.
Este programa foi concebido para capacitar os pais, permitindo-lhes seleccionar os comportamentos que desejam modificar e os métodos mais adequados para o fazer.
O programa baseia-se nas seguintes teorias:
Teorias comportamentais;
Teoria da aprendizagem social;
Teoria comportamental cognitiva;
Psicologia social. Responsáveis pelo programa
Supervisores do programa:

Nível mínimo de QCF 6;
Terão que ter experiência para trabalhar com as famílias em todos os níveis.
Profissionais que aplicam o programa:

Nível mínimo de QCF 4/5 de qualificação e experiência de trabalho com os pais que apresentam necessidades;
Os profissionais necessitam de completar dois dias de formação. A supervisão é recomendada mensalmente, podendo ser em pequenos grupos.
Conteúdos abordados durante o programa
Introdução à Teoria da Aprendizagem Social, ou seja definição dos comportamentos ditos “normais” e importância das influências externas;
Aumentar o comportamento desejável e diminuir o comportamento indesejável, através de recompensas;
Resolver os problemas através de uma melhoria na comunicação, na compreensão oral e através da negociação; Introdução à Teoria Cognitiva Comportamental, explorando formas de redução do stress e aumentando o relaxamento; Redes de apoio e sinalização Método (s) de informar os pais sobre a existência do programa
Publicidade na Comunidade Sinalização por outra pessoa / agência Encaminhamento formal Folhetos Outros: trabalhos múltiplos em parceria com a agência-Website
Estratégias utilizadas para envolver os pais
Sessões para apresentar e explicar o programa
Acompanhamento pelo telefone antes e durante a participação Métodos utilizados para colocar o programa em prática
Role-play individualmente ou em grupo (treino de habilidades activas) Trabalhos de casa realizados entre os pais e os filhos (no intervalo das sessões) Outras técnicas adaptadas para diferentes estilos de aprendizagem Discussões em grupo, partilha de ideias, exercícios práticos. Outros recursos para auxiliar os profissionais
Livro ou manual para pais Folhetos e fichas para pais DVD ou vídeo Website Livros Jogos Kit que contém recursos para trabalhar o grupo PAIS
O programa é considerado adequado para qualquer pai e mãe, apenas lhes são exigidas as habilidades mínimas de literacia, sendo que a linguagem utilizada pelos profissionais deve ser simples, de modo a não se tornar ameaçadora para o público-alvo.
Estratégias para abordar os pais
Estratégias explícitas para garantir a todos os profissionais que estas são acolhedoras e inclusivas para os participantes do sexo masculino; Estratégias de recrutamento pró-activa; Uso cuidado da linguagem para que os pais não se sintam excluídos;

Ter a preocupação de colocar mediadores do sexo masculino para gerir os grupos; Os cuidados das crianças e os transportes das famílias são assegurados para que os pais e mães possam participar em conjunto nas sessões; Agendamento de tempo flexível (horário pós-laboral) e disponibilidade de programas. Modificações esperadas relativamente às atitudes dos pais Maior conhecimento de técnicas de gestão do comportamento
Modificar atitudes sobre estratégias de disciplina Atribuir modificações de comportamentos na criança Melhor acompanhamento e práticas de supervisão
Utilização de técnicas específicas para aumentar o comportamento desejável e diminuir comportamentos indesejáveis Consistente resposta ou generalização Melhoria das relações familiares Melhorar a comunicação familiar Melhoria da saúde mental / bem-estar parental Reforçar a auto-estima parental Interacções positivas com a criança Importância de ser positivo, através de interacções não-punitivas com as crianças Usar as habilidades que promovam a interacção positiva mãe-filho Usar as habilidades que promovam o cumprimento da criança com as instruções Prestar atenção à criança Comunicação Emocional
Utilizar a relação de construção e de competências de comunicação Disciplina
Dar instruções claras e adequadas ao desenvolvimento
Estabelecer limites e regras Estabelecer expectativas de comportamento e as suas consequências Dar um contributo positivo / Alcançar bem-estar económico
Reduzir o comportamento anti-social Resultados esperados
O programa permite que os pais / encarregados de educação desenvolvam estratégias de controlo perante comportamentos problemáticos, no sentido de ajudá-los a lidar com futuras dificuldades de comportamento a curto, médio e longo prazo. Crianças O programa está direccionado para os pais de crianças com características específicas (problemas de comportamento/conduta); Idades: 12-15 anos / 16 anos e mais velhos Resultados Métodos de recolha de dados: entrevistas semi-estruturadas e questionários
O relatório de pesquisa do ano 2002 aponta que foram entrevistados 41 pais. O resultado mais visível é o número de comportamentos que foram registados como ocorrendo 'sempre' no início do programa (161), sendo reduzidos substancialmente para 68 (uma redução de 62%) Os resultados do item “Difícil de gerir comportamentos” foi reduzido de 518-296, como foi relatado pelos pais (43% de redução). Ficou claro que os pais valorizaram e beneficiaram de uma série de aspectos do programa, por exemplo, sentindo-se mais confiantes enquanto pais e menos conflituosos, bem como mais compreensivos e menos stressados relativamente ao seu comportamento. Na sequência das entrevistas (em seis meses) os pais descobriram que as suas capacidades de comunicação e de entendimento tinham melhorado muito. Alguns pais reconheceram mudanças no seu próprio comportamento, assim como no comportamento do seu filho. Benefícios trazidos pelo programa:
Os pais aprenderam a comunicar e a ouvir com mais cuidado Negociar situações Tornaram-se mais conscientes das necessidades do filho Melhoraram as suas capacidades ao nível da assertividade, confiança Tornaram-se mais controlados e calmos Estes resultados indicaram ser positivos, havendo uma diminuição da notificação de problemas de comportamento e uma melhor compreensão e comunicação após os relatórios do programa.
Ana Mafalda Frias Neves Magda Ferreira da Fonte Mónica Bonito Sousa Ferraz Trabalho realizado por:
Full transcript