Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Pastoreio Racional Voisin no Plano de Manejo da transição orgânica da bovinocultura no cerrado - Fazenda Nova Aurora

No description
by

Hizumi Seó

on 11 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Pastoreio Racional Voisin no Plano de Manejo da transição orgânica da bovinocultura no cerrado - Fazenda Nova Aurora

Fazenda Nova Aurora
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS
GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA










Autora: Hizumi Lua Sarti Seó
Orientador: Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho
Supervisor: Fábio Sampaio Vianna Ramos Filho


FLORIANÓPOLIS - SC
Fundamentos
Solo
Latossolo Vermelho;

Argissolo Vermelho-Amarelo;

Cambissolo háplico.
Transição
PLANO DE MANEJO
Fazenda Nova Aurora
O Pastoreio Racional Voisin na transição orgânica da bovinocultura no Cerrado
Solicitação
Orçamento
do
contrato
Plano
de
Manejo
Orgânico
Listagem
dos
documentos
exigidos
Visita
e
inspeção
Decisão
da
certificação
Agricultura
convencional
Agricultura
orgânica
O processo de transição
A conversão
Orgânico X Agroecológico
Pastoreio Racional Voisin
Prática
agrícola:

não utiliza
agrotóxicos de síntese química;

não utiliza
fertilizantes
sintéticos.

Ciência
que aplica os príncípios da ecologia no desenho e manejo dos agroecossitemas (Gliessman, 2000), os quais sejam social, ecológica e economicamente sustentáveis (FAO, 1999).


Base científica:

agriculturas alternativas X convencional
Fazenda Nova Aurora
Rompimento
com manejo
convencional
PRINCÍPIOS DA ECOLOGIA
Novo desenho
e manejo
do
agroecossitema
Harmonizar
o
agro
eco
ao
ecossi
natural
stema
tema
sis
Não é apenas
substituição de insumos!
Não tem receita!
Transição
Efetividade = elemento social
Fases
Quebra de paradigma mental
Escolha tecnologia de base ecológica
1a
2a
FERTILIDADE DO SOLO= Matéria Orgânica
X
Biomagnificação
AGROTÓXICOS
Resistência
à
decomposição
Volatilidade
Grande afinidade com a gordura
princípio ativo
metais pesados
decompositores
vento
Por que é importante comer alimentos orgânicos de origem animal ?
[ contaminantes] baixa
[contaminantes] 25 milhões de vezes maior
Agem no sistema endócrino dos filhotes
Teia Trófica
Tecnologia de base agroecológica
Otimização do processo
de captação
de ENERGIA
e a transformação em
ENERGIA QUÍMICA
André Voisin e Luiz Carlos Pinheiro Machado
1a lei
Lei do repouso
N. parcelas= Tempo de repouso + n. grupos
Tempo ocupação
Corolário: o período entre os cortes sucessivos variam
de acordo com condições climáticas e fatores ambientais.
acúmulo
de
reservas
labareda
tempo ótimo de repouso
entre dois cortes sucessivos:
2a lei
Lei da ocupação
3a lei
Lei do rendimento máximo
DESNATE
+ exigentes= melhor qualidade
REPASSE
- exigentes
4a lei
Lei do rendimento regular
animal
animal
pasto
pasto
x
2 cortes mesma ocupação
Tempo de Ocupação curto
suficiente para que:
Tempo ocupação (TO) > 3 dias = rendimento regular

Rendimento máximo= TO = 1 dia
x


Iniciar o processo da transição
da pecuária de corte convencional
para uma pecuária orgânica
através do
Pastoreio Racional Voisin.
Objetivo geral
Caracterização geral
e natural
da propriedade;
Projetar um
plano forrageiro;
Elaborar um projeto
de divisão da pastagem;
Desenhar um
projeto hidráulico
Objetivos específicos
Metodologia
Metodologia
Pesquisa bibliográfica;

confirmação empírica;
Aw
CLIMA
Fonte: Adaptado de Mapas de Solos do Brasil, IBGE, 2001.
Vegetação
Campo Cerrado - Cerrado Subcaducifólio
Brachiaria brizantha
Animais
Raça Nelore
Pesquisa em trabalhos científicos;


Recomendações dos técnicos: pesquisa verbal.
Plano Forrageiro
Período das águas
Período da seca
Divisão da pastagem

Melhoramento do pasto
Volumoso

Feno de pasto
Banco de proteína
Divisão da pastagem
269 ha - (APP + reserva legal)= área para dividir
Área Líquida

Área para divisão -10% (corredor)= 147 ha
Aplicação do PRV
1a Lei:
Tempo de repouso (TR) 95 dias (período da seca?)
2a e 4a Lei:
Tempo de ocupação

(TO)
TO cria= 2 dias;
TO recria= 1 dia
TR= 95 dias
número de grupos: 2 (desnate + repasse)
Número de parcelas cria = 95/2 + 2 = 49,5 ou 50 parcelas

Número de parcelas recria= 95/1 + 2= 97 parcelas

50+ 97= 147 parcelas




Área líquida= 147 ha/147 parcelas= 147 parcelas de 1 ha
Melhoramento da pastagem
Escolha das espécies:
Panicum maximum cv. Mombaça
Arachis pintoi cv. Belmonte
Stylosanthes spp. cv. Campo Grande
Leguminosas
Gramínea
Forma de introdução
Sobressemeadura
plantio na bosta
sobressemeadura
sem agressão ao solo
Reforma
de
pasto
com umidade no solo
+ (peletização + inoculação)
Período da seca
"Ainda ocorre o crescimento suficiente de pasto até o segundo mês após o término das chuvas (...)" (MACHADO FILHO, 2012).
Poupados desde o período das chuvas:
volumoso;
feno e excedente de pasto;
banco de proteína.
Período crítico: julho, agosto, setembro.
80%
20%
12,5 kg MS x 900 UGM= 11.250 kg MS x 80%= 9 t MS
9 t x 95 dias= 855 t MS suplementadas/ano
50% cana-de-açúcar
50% silagem milho ou sorgo
15 hectares/ano
45-50 hectares/ano
Estratégia na seca
Lotes de desnate= + exigentes
Desnate cria

VACAS COM BEZERRO AO PÉ E MATRIZES NO TERÇO FINAL DA GESTAÇÃO
Desnate recria

ANIMAIS EM TERMINAÇÃO
Fornececer o melhor volumoso
ganho de peso compensatório
Metodologia
Levantamento planimétrico

GPS Garmin eTrex High Sensitivity;
trena;
prancheta, papel e caneta.

Confecção dos mapas
GPS TrackMaker®;
AutoCAD;
Leis PRV.
Mapa da divisão da pastagem
Mapa da
rede hidráulica
Metodologia
Cálculo da vazão= bitola do encanamento
lotação máx/lote
x
80 L/UGM/dia
=
X L/dia
57.600 seg
=
X L/seg x 2
VAZÃO
Cálculo do diâmetro do bebedouro
BLASER, 1990.
X m de
perímetro
de borda
lotação máx/lote
20 cab/copo
X copos
x
0,50m/copo
=
=
Diâmetro do bebedouro =
perímetro
3,14159
Resultados
Vazão

0,694 L/seg ou 2,5 m3/hora

Diâmetro dos bebedouros

2 metros
Luziânia-GO
O Pastoreio Racional Voisin na
Considerações finais
O grande entrave para a aplicação do PRV é social.


O fundamental é a vontade de mudança e a convicção na tecnologia a ser implementada.
GRATA!
3a Lei:
divisão do rebanho em lotes
MÓDULO CRIA
MÓDULO RECRIA
desnate repasse
desnate repasse
Pastoreio Racional Voisin
Tecnologia de base agroecológica
Otimização do processo
de captação
de ENERGIA
e a transformação em
ENERGIA QUÍMICA
Mapa da divisão da pastagem
Mapa da
rede hidráulica
Metodologia
Cálculo da vazão= bitola do encanamento
lotação máx/lote
x
80 L/UGM/dia
=
X L/dia
57.600 seg
=
X L/seg x 2
VAZÃO
Cálculo do diâmetro do bebedouro
X m de
perímetro
de borda
lotação máx/lote
20 cab/copo
X copos
x
0,50m/copo
=
=
Diâmetro do bebedouro =
perímetro
3,14159
Resultados
Vazão

0,694 L/seg ou 2,5 m3/hora

Diâmetro dos bebedouros

2 metros
Full transcript