Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

O NOSSO ICEBERGUE ESTÁ A DERRETER

No description
by

Inês Calado

on 8 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O NOSSO ICEBERGUE ESTÁ A DERRETER

John Kotter e Holger Rathgeber
O NOSSO ICEBERGUE
ESTÁ A DERRETER


Ana Bastos | 70703
G.Q.

Inês Calado | 77640
G.P.A.
John Kotter

AUTORES
Trabalho prático de análise textual desenvolvido no âmbito da unidade curricular de
Técnicas de Expressão Oral e Escrita
, sob a orientação da Doutora Sílvia Ribeiro.
É uma fábula de fácil e agradável leitura, e a sua história constitui também uma valiosa orientação para um mundo em constante e vertiginosa mudança, que se repete sob várias formas à nossa volta, hoje em dia.
O nosso trabalho baseia-se na mudança, mas de uma maneira mais simples, ou seja, através de uma fábula sobre uma colónia de pinguins.

INTRODUÇÃO
O livro
O nosso icebergue está a derreter
, relata a história de uma colónia de 268 pinguins que viviam num icebergue na Antárctida há muitos e muitos anos. Todos na colónia sabiam que tinham que se manter juntos para sobreviver. Até ao momento, faziam sistematicamente as mesmas coisas (pescavam, passavam o seu tempo com os amigos e parentes, e entretidos uns com os outros).
INTRODUÇÃO
OBJETIVOS
APRESENTAÇÃO SUMÁRIA DA OBRA
APRESENTAÇÃO DOS AUTORES
RELAÇÃO COM A OBRA
RESUMO DA OBRA
COMENTÁRIO CRÍTICO
CONCLUSÃO
REFERÊNCIAS
SUMÁRIO
O NOSSO ICEBERGUE ESTÁ A DERRETER
Águeda | 2014
Analisar a fábula;
Analisar a atuação das personagens ao fazer analogias com o nosso dia a dia;
Entender os oito passos de Kotter para o sucesso nas mudanças.
OBJETIVOS
APRESENTAÇÃO SUMÁRIA DA OBRA
É o guru em assuntos de liderança e mudança na Harvard Business School, desde 1973.
É autor de onze livros que, para além de conquistarem prémios e de serem amplamente aclamados, se tornaram êxitos de venda na área dos negócios.
O Professor Kotter preside a conferências e seminários em Harvard e em todo o mundo e vive em Cambridge, Massachussetts.
Holder Rathgeber

É um gestor global moderno. Passou os seus primeiros anos como profissional na Ásia e trabalha na indústria desde o início da década de 90.
Actualmente, trabalha na Becton Dickinson, uma das maiores empresas de tecnologia médica do mundo. Rathgeber é natural de Frankfurt, Alemanha, e vive desde 2004 em White Plains, Nova Iorque.

John Kotter, autor de
Liderando Mudança
, (1996) ensina
oito importantes passos para a mudança
. Esses oito passos, ou princípios, orientam a fábula da colónia de pinguins, apresentada no livro
O nosso iceberg está a derreter
, cuja primeira edição foi lançada em 2005, em parceria com Holger Rathgeber. Kotter é membro do corpo docente da Harvard Business School desde 1972. Além de
Liderando Mudança
e
O nosso iceberg está a derreter
, é autor de mais nove livros, sendo que vários deles tornaram-se referências em negócios para muitas organizações.
Holger Rathgeber começou a utilizar os oito princípios (para que sejam tomadas providências diante da iminente destruição do habitat dos pinguins: como conscientizar, mobilizar e, efetivamente, mudar),criando a fábula dos pinguins e, juntos, os autores decidiram escrever este livro.
Por fim, nos dois últimos capítulos, os autores dão dicas de como aprender com os pinguins e de como realizar mudanças, em exercícios de treino organizacional.
RELAÇÃO AUTORES E OBRA
RESUMO DA OBRA
COMENTÁRIO CRÍTICO
CONCLUSÃO
1. CRIAR UM SENTIDO DE URGÊNCIA
2. FORMAR UMA ALIANÇA PODEROSA
3. CRIAR UMA VISÃO
4. COMUNICAR A VISÃO
5. CAPACITAR
OS
OUTROS
6. CRIAR MOMENTOS DE
SUCESSO
7. CONSOLIDAR
MELHORIAS
8. INSTITUCIO-NALIZAR MUDANÇAS
REFERÊNCIAS
Esta fábula relata a história de uma colónia de 268 pinguins, conhecidos também como Pinguins Imperadores, que vive num icebergue, o qual tem sido a sua casa durante anos.
Fred, um pinguim observador, apercebe-se de uma fissura na parte inferior do icebergue, a qual formou uma espaçosa gruta cheia de água. Com o congelamento da água, o icebergue poderia vir a rachar, e neste caso, perderiam o seu habitat.
Alice, uma das pinguins do Conselho de Liderança, é informada por Fred e apercebe-se das complicações do problema, as quais comunica a Louis, o pinguim chefe. Os três reunem para obter a melhor solução.
Decididos a resolver o problema, formam uma equipa coesa. Buddy e o Professor Jordam juntam-se a eles, formando um grupo ainda mais forte. Cada um dos cinco possui uma qualidade única. Ponderam sobre o problema e pensam em várias soluções.
Por outro lado, existe NoNo, um pinguim pessimista que insiste em dizer que tudo ficará bem e que nada acontecerá ao icebergue.
A equipa procura inovar, e aprende com as gaivotas que a migração é a melhor alternativa. A partir daí, escolhem a melhor altura para sairem à procura de novas terras. Depois disso, começam um novo estilo de vida, através da migração, que é uma solução mais segura para todos da comunidade.
Depois de lermos esta fábula, concluímos que devemos estar atentos e sujeitos à mudança que nos envolve no dia a dia. Gostámos da história que ela representa e da forma como esta é contada. Está organizada de forma a facilitar-nos a leitura e compreensão de todas as ideias nela contidas.
Tendo em conta a nossa área de formação, identificamo-nos com o que o livro recomenda e sugere. É um tema atual e útil para a nossa futura profissão, o que nos levou a gostar ainda mais da leitura deste livro, e facilitou o aproveitamento final. É um livro que nos deixa com um sorriso na cara, pois conseguimos identificar-nos com pelo menos um pinguim.
Após a leitura de
O nosso icebergue está a derreter
, concluimos que as fábulas podem ser divertidas.
Embora esta história seja divertida, ela ajuda-nos a ter uma melhor capacidade de produzir mais, reduzir a confusão e compreender o que nos rodeia, ao manter o controlo das situações. Para a maior parte de nós, as ações que nos obrigam a debater e orientar, são as que mais nos ajudam.
Kotter, John e Rothgeber, Holger (2011). O Nosso icebergue está a derreter. Porto, Porto Editora.
Full transcript