Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

ERP

No description
by

adriane tramontin

on 31 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ERP

ERP
Enterprise
Resource
Planning
Sistemas Integrados de Gestão Empresarial
O Que é?
Colangelo Filho (2001) afirma que não há definição precisa do que seja “um sistema ERP”,
propondo que seja considerado um software aplicativo que possibilita às empresas:
- Automatizar e integrar parcela substancial dos seus processos de negócios, abrangendo finanças, recursos humanos, controles e logística (suprimentos, fabricação e vendas);
- Compartilhar dados e uniformizar processos de negócios;
- Produzir e utilizar informações em tempo real.

A noção-chave dessa definição é integração.
Para Laudon e Laudon (2005): “é um sistema gerencial que integra todas as facetas da empresa, inclusive planejamento, produção, vendas e finanças, de forma que elas podem ser coordenadas mais de perto compartilhando informação.” [] “Esta nova intensidade de informação torna possível planejamento, previsão e monitoramento mais precisos do que nunca.”
Como surgiu?
- Sistema de Informação:
MRP - Material Requirement Planning - Planejamento de Necessidades de Materiais;

- permitiu a empresa saber quando, quanto e o que comprar, pois com o sistema era possível o controle de estoque, lista de processamento de materiais e programação elementar;

- A empresa tinha a possibilidade do planejamento futuro de uso de matérias primas e das etapas produtivas.
- Sistema de informação:
MRP II - Manufacturing Resource Planning - Planejamento dos Recursos da Manufatura;

- planejamento e monitoramento de todos os recursos de uma empresa de manufatura: Manufatura, Marketing, Finanças e Engenharia (Slack et al, 1996);

- Alguns módulos foram acrescentados: ambiente de manufatura, previsão de
vendas, cálculo da capacidade de produção, estrutura de produtos e planejamento do produto.

* gestão orientada e centrada nos materiais
1970
1980
1990
- Sistema de informação:
ERP II / eERP
;

- são sistemas ERP interorganizacionais que provêem conexões pela web entre os principais sistemas de negócios de uma empresa (como estoque e produção) e seus clientes, fornecedores, distribuidores e outros.
2000
2010 ...
SAP => oR/3, mySAP
Oracle => Oracle E-Business Suite
Sage
Totvs
Infor
Microsoft => Microsoft Dymamics AX
Thompson => OneWord*
Primavera BSS
Baan
J.D. Edwards
Datasul => Magnus
Microsiga => AP7 Master
Tiban
Principais fornecedores:
Implantar ou não?
- Sistema de informação:
ERP
;

- A proposta destes sistemas é a gestão da empresa como um todo, oferecendo informações mais precisas, baseadas em dado único, sem as redundâncias e inconsistências encontradas nas aplicações anteriores, que não eram integradas entre si.

- composto de módulos que atendem ás necessidades de informação para apoio à tomada de decisão de outros setores,

- permite a integração entre as diversas áreas da empresa;
Os sistemas ERP foram desenvolvidos devido a necessidade de gerenciar de maneira completa e eficiente todas as informações que trafegam dentro de uma organização. Integram funcionalidades que suportam as diversas atividades de negócio da empresa e não apenas o processo de manufatura.
Cloud ERP ou Terceira Geração do ERP
O objetivo do ERP é automatizar os processos e integrar os setores em um único ambiente.
Conceito / Definição
Conceito / Definição
- O Software ERP baseado em nuvem oferece todos os mesmos benefícios de ERP no local com o benefício adicional de taxas mensais previsíveis, acesso remoto e de TI reduzidos e custos de hardware.

- Com o Cloud ERP a empresa alugar o software , em vez de comprá-lo (Ivanov 2012). Ao alugar o software , as organizações podem minimizar os custos de implementação e manutenção , ainda ter acesso a um ERP através da internet (Seitz 2010).

- As novas ferramentas incluem módulos independentes, agrupados de acordo com suas aplicações. Entre eles destacam-se as funções de BI, CRM, comercial (gestão de estoque, compras e faturamento), automação comercial (PAF), automação de vendas (web/Palm top/celular), financeiro e contábil.

- "ERP III is contingently defined by authors as a flexible, yet powerful information system incorporated web-based SOA and cloud computing version, which enables virtual enterprises to offer increasing degrees of flexibility, agility and dynamic amorphousness." (Wang e Clegg (2010) )
Vantagens:
-Eliminação de retrabalhos ou redundância de atividades;
- Elimina processos manuais e dá agilidade, velocidade na execução das tarefas; Padroniza os procedimentos operacionais e otimiza o fluxo da informação, reduz o tempo de execução, melhora a qualidade dos serviços e aumenta a produtividade das pessoas;
- Possibilidade de as empresas terem serviços ATP (Available-to-promise);
- Possibilitar o monitoramento de todas as transações de forma integrada e não redundante em tempo real;
- Tomada de decisões rápidas e segura;
- Redução do estoque excedente;
- Menor inadimplência no Contas a Receber;
Desvantagem
- Custos elevados (hardware, infra-estrutura computacional, licença de software, treinamento e consultoria);
- Alteração nos processos funcionais;
- Impactos sobre os recursos humanos (resistência);
- Complexidade da customização;
- Dificuldade de cumprimento de prazos;
- Não garantia de integração;
ERP em números
• Incorporam modelos de processos de negócios (best practices);

• São sistemas de informação integrados e utilizam um banco de dados corporativo;

* gestão orientada e focada no serviço ao cliente
Diferenças:

Papel:
ERP - Otimização da empresa
ERP II - Participação na cadeia de valores e E-busines

Domínio:
ERP - Manufatura e distribuição
ERP II - Todos os segmentos

Função:
ERP - Manufatura, Vendas, Distribuição e Finanças
ERP II - Industrial, Setor da industria e processos específicos

Processo:
ERP - Interno e Oculto
ERP II - Conectado externamente

Arquitetura:
ERP - Adaptadado a web
ERP II - Baseada na web

Dados:
ERP - Gerados e usados internamente
ERP II - Publicados e recebidos interna e externamente
Cloud Computing: SaaS, Utility Computing, Web-based computing
ERP: Enterprise Systens, Conventional ERP, traditional ERP, On premise ERP
Cloud ERP: on-demand ERP, web-based ERP, ERP as as Services, SAAS ERP, cloud-based ERP, ERP III
Custo

Kalakota e Robinson (2002) vêem duas alternativas estratégicas para implantação de sistemas integrados do tipo ERP nas empresas, ou seja, construir o sistema por si mesma, ou comprar um pacote pronto de softwares.

O custo do ERP não se limita ao desembolso da fase de implantação (liceniamentos, consultoria, treinamento, etc). Deverá compreender o ciclo de vida completo do produto, que inicia-se na implantação, compra de hardware e continua durante o seu uso com atualizações e manutenções, seja por equipe própria ou por terceiros.

* O valor de investimento inicial depende da quantidade de usuários e da complexidade das integrações requeridas. Após a implementação do sistema, é cobrada uma mensalidade e uma sustentação mensal proporcional ao número de NFE de venda emitidas.

Um estudo realizado em 2013 por uma empresa Americana de nome “Meta Group” revelou que os custos totais são sentidos aproximadamente dois anos seguintes à implementação, pois é quando se tem s custos reais de manutenção, upgrades, e otimização do sistemas . O estudo foi efetuado em 63 empresas, entre as quais, pequenas, médias, e grandes no ramo da indústria. O custo médio foi determinado em € 15.000.000 (o valor mais elevado foi de € 300.000.000 e o mais baixo de € 400.000) dependendo da empresa e do ramo
Segundo estudo da FGV:

- Totvs = 37%
- SAP = 28% Outros = 14%
- Oracle = 16%
- Infor = 5%
Charles Moller, Sohail Chaudhry. Advances in Enterprise Information Systems II. Published by CRC Press, London, 2012. (consultado: http://books.google.com.br/books?id=Oib8egUDWgcC&printsec=frontcover&hl=pt-BR#v=snippet&q=erp&f=false) data: 18/03/2014

Filho, Lucio. Implantação de sistemas ERP (Enterprise Resources Planning): um enfoque de longo prazo. São Paulo: Atlas, 2001.

LAUDON, Kenneth C.; LAUDON, Jane Price. Gerenciamento de sistemas de informação. 3. ed. LTC: Rio de Janeiro,2005.

Norris, Grant. Et all. E-business e ERP. Transformando as organizações. Tradução. Quality Mark: 2001

Biancolino, Cesar Augusto, Riccio, Edson Luiz, Maccari, Emerson Antonio. SOA, ERP II e Competência Organizacionais: traços de inovação na moderna gestão de TI. Revista de Ciências da Administração [em línea] 2011, 13 (Mayo-Agosto): consulta realizada em 25/03/2014. Disponível em: < http://www.redalyc.org/pdf/2735/273520054007.pdf> ISSN 1516-3865 http://www.unum.com.br/o-que-fazemos/modulos/infraestrutura-do-erp/manuais/guia-de-estudo-do-modulo-de-infraestrutura-do-erp/evolucao-do-erp

Baltzan, Paige; Philips, Amy. Sistemas de informação. Mc Graw Hill:
Introdução a Sistemas de Informação, 3ª Edição  Por Rainer Jr, R. Kelly/cegielski,casey

http://www.slideshare.net/EberSantana/artigo-erp
- A implementação de um Sistema ERP acarreta em mudanças culturais e comportamentais de alto risco, sendo seu custo e complexidade igualmente altos. Daí a importância de analisar e ponderar sobre a relação custo x benefícios.

- Em geral, as metodologias de implantação de ERP são divididas em três fases: estudo de implementação; implementação; entrada em produção.
Full transcript