Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

CONCEITO DE GESTÃO EDUCACIONAL

No description
by

Pâmela Costa

on 23 February 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of CONCEITO DE GESTÃO EDUCACIONAL

1939
1970
1030
1961
CONCEITO DE GESTÃO EDUCACIONAL
(SOUZA, 2006)
A gestão escolar visa promover a organização, a mobilização e a articulação de todas as condições materiais e humanas necessarárias para garantir o avanço dos processos socioeducacionais dos estabelecimentos de ensino. O objetivo final da gestão é a aprendizagem efetiva e significativa dos alunos.
Leão (1939)
Um dos primeiros autores brasileiros a tratar do tema gestão escolar, explicitou as funções, deveres e relações hierárquicas entre as figuras do diretor e demais atores educacionais.

De acordo com Leão (1939), havia uma aparente contradição entre as funções administrativas e as funções pedagógicas de diretores. Em outras palavras, o papel pedagógico do diretor seria o de desenvolver ações administrativas voltadas a garantir as condições para o funcionamento das ações pedagógicas.

Ribeiro ( 1952)
Segundo esse autor, a gestão escolar tem a tarefa de organizar e coordenar os trabalhos escolares, a partir de informações coletadas na própria fonte dos problemas educacionais. Para tanto, é necessário um clima de ação coletiva na escola, superando -se as tradicionais formas hierárquicas da organização escolar.
Anísio Teixeira (1961)
Para esse autor, a administração escolar é uma ferramenta a serviço do desenvolvimento pedagógico da escola e não possui uma razão própria, alheia ao trabalho docente e à função educativa da instituição.

O pensamento de Anísio Teixeira sobre a gestão escolar mostra uma tendência à crítica ao modelo centralizador do Estado brasileiro decorrente do período ditatorial.

Está associada à administração por comando e controle, centrada, na autoridade, a hierarquizaão e a verticalização dos sistemas de ensino e das escolas,
Miguel Arroyo (1970)
À partir do fim da década de 1970, começaram a tecer severas críticas à atribuição de funções da escola sendo definida pela sociedade capitalista por meio do Estado. A gestão escolar passa a ter um caráter mais político e a visão de administração escolar do anterior é rotulada como um fenômeno essencialmente tecnocrático.

A direção escolar, reconhecida anteriormente como uma função de gerente em uma empresa produtiva, cuja tarefa era garantir a produtividade, ou o controle dos trabalhadores da educação passa ser entendido com um processo de equipe, associado a uma ampla demanda social por participação.
O conceito de gestão escolar foi criado para superar um possível enfoque limitado do termo administração escolar. Foi constituído a partir dos movimentos de abertura política do país, que começaram a promover novos conceitos e valores, associados sobretudo à ideia de autonomia escolar, à participação da sociedade e da comunidade, à criação de escolas comunitárias, cooperativas e associativas e ao fomento às associações de pais.


Assim, no âmbito da gestão escolar, o estabelecimento de ensino passou a ser entendido como um sistema aberto, com uma cultura e identidade próprias, capaz de reagir com eficácias às solicitações dos contextos locais em que se inserem.
Gestão Escolar
O conceito de Gestão Escolar - relativamente recente - é de extrema importância, na medida em que desejamos uma escola que atenda às atuais exigências da vida social: formar cidadãos, oferecendo, ainda, a possibilidade de apreenção de competências e habilidades necessárias e facilitadoras da inserção social

Costuma-se classificar a Gestão Escolar em três áreas:

Gestão Peddagógica
Gestão Administrativa
Gestão de Recursos Humanos

Dois Aspectos para uma gestão de qualidade:

Gestão democrática - propicia a tomada de rumos compartilhados e motiva o comprometimento da comunidade escolar com as proposições de uma projeto educativo.

Gestão sistêmica - viabiliza a articulação das funções dos diversos subsistemas que compõem o contexto escolar.



1052
Luck (2000)
A gestão escolar é uma dimensão, um enfoque de atuação, um meio e não um fim em si mesmo, uma vez que o seu objetivo final é a aprendizagem efetiva e significativa dos alunos. Portanto, o processo de gestão escolar deve estar voltado para garantir que os alunos aprendam o seu mundo e sobre si mesmos em relação a esse mundo, adquiram conhecimentos úteis e aprendam a trabalhar com informações de complexidades gradativas e contraditórias da realidade social, como condição para o exercício da cidadania responsável.
BOA NOITE!
Full transcript