Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Catadores de Materiais Recicláveis

No description
by

Sharliel Augusto

on 3 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Catadores de Materiais Recicláveis

CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS

O Catador de material reciclável
A reciclagem é o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto. Muitos materiais podem ser reciclados e os exemplos mais comuns são o papel, o vidro, o metal e o plástico. As maiores vantagens da reciclagem são a minimização da utilização de fontes naturais, muitas vezes não renováveis; e a minimização da quantidade de resíduos que necessita de tratamento final, como aterramento, ou incineração.
O catador de material reciclável é um trabalhador urbano que recolhe os resíduos sólidos recicláveis, tais como papelão, alumínio, vidro e outros.
Os catadores também atuam nas ruas da grande maioria dos municípios brasileiros. O número de catadores varia de cidade para cidade e, embora não haja uma avaliação precisa, existe uma tendência evidente de crescimento dessa atividade nas cidades, agravada pelo desemprego crescente no País.
No Brasil, segundo os dados da Pesquisa Nacional de Saneamento Básico – PNSB do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, de 2008, dos 5507 municípios, cerca de 50% possuem lixões, onde os resíduos são dispostos a céu aberto , muitas vezes às margens de córregos, sem qualquer tipo de tratamento, poluindo o solo, a água e o ar, com muitos riscos à saúde da população.
Fotos
Video Entrevista
Maria das Graças
Introdução
Entrevista - Parte 1
Patrícia: Como é o nome da senhora?
Entrevistada: Maria das Graças.
Patrícia: Quantos anos a senhora tem? Entrevistada Maria das Graças: 57 anos.
Patrícia: Tem muito tempo que a senhora trabalha com isso? Entrevistada Maria das Graças: Deve ter uns 15 anos.
Patrícia: Você poderia nos dizer como funciona o método da reciclagem?
Entrevistada Maria das Graças: Aqui chega os material, e eu tenho que separar tudo pra me revender eles, que é assim, cada um é de um lugar. Igual esse verde, aquele de refrigerante branco é ali, este também é separado, essa qualidade de plástico que eles fala, esse daqui é firme, que eles fala, é então tem que ser separado, não pode ser misturado. Pra gente vender.
Patrícia: Para onde a senhora vende? Entrevistada Maria das Graças: Para Ipatinga mesmo, que lá eles tem mais recurso, então eles corta ele, e fazem os fardos e vendem pra longe, e vender pra longe eles vende bem mais vendido. Agente não vende bem mais vendido não, porque lá que recicla melhor, lá que corta, que lava ele e todo, faz os fardo e manda pra Belo Horizonte, São Paulo.
Patrícia: Então aqui é só a separação mesmo? Entrevistada Maria das Graças: A reciclagem.
Patrícia: Como que a senhora se sente, por exemplo, aqui é aberto, quando as pessoas passam aqui, se sente discriminada, porque a senhora está recolhendo lixo?
Entrevistada Maria das Graças: Eu não sinto, sinto não, porque eu estou trabalhando e onde eu tiro dinheiro pra mim pagar as minhas contas, pra comprar as minhas coisas é aqui, então fala a pessoa o que quiser. Não tem importância não.

Entrevista - Parte 2
Patrícia: E a renda desse trabalho, da pra senhora pagar as contas direitinho?
Entrevistada Maria das Graças: Dá, falar com você que não dá eu estou mentindo, porque da, e graças a Deus eu pago os meus impostos, como todo mundo paga, tenho as coisas de comer, só que assim não dá pra sobrar.
Patrícia: Você diria que a senhora passa por muita dificuldades? Entrevistada Maria das Graças: Não, vou te falar que eu compro minhas coisas tudo, eu não tenho dinheiro pra mim guardar mais eu moro até em uma casa que é minha. Não é uma casa boa, mais quer dizer que eu não estou pagando aluguel. Não passo assim por tanta dificuldade não, porque dificuldade é se a pessoa passar fome né.
Patrícia: Mais a senhora tem conforto dentro de casa? Entrevistada Maria das Graças: Eu tenho uma cama boa, tenho as minhas coisinhas.
Patrícia: E os seus filhos?
Entrevistada Maria das Graças: Não, eu não tenho mais filhos comigo, todos são casados
Patrícia: Você tem outra renda, de outro trabalho? Entrevistada Maria das Graças: Não, só com isso mesmo
Aline: Qual a importância, que a senhora acha, do seu trabalho para a sociedade?
Entrevistada Maria das Graças: Igual eu já falei pra vocês, eu não importo no que o povo fala, porque todo serviço é digno.
Aline: Se fosse pra senhora resumir, a palavra reciclagem o que significa pra senhora?
Entrevistada Maria das Graças: Igual assim, reciclando eu estou tirando muitas coisas da rua

Conclusão
Com o levantamento da pesquisa, podemos concluir que os catadores de materiais recicláveis realizam um papel social que beneficia o meio ambiente. Observamos que a reciclagem se torna uma profissão, devido a falta de oportunidades no mercado de trabalho e diante disso adquirem uma renda para se sustentar, embora encontra-se dificuldades no dia-a-dia, como condições precárias e grande parte dos lixos não serem separados através da coleta seletiva dificultando ainda mais o trabalho deles. Percebemos que existem pessoas, como a Maria Das Graças(a entrevistada) que gosta do que faz.
Full transcript