Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Morcegos frugívoros em cavernas: dispersores de sementes ou

No description
by

Maricelio Guimar

on 1 December 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Morcegos frugívoros em cavernas: dispersores de sementes ou

Guano 0,56/0,29g
Umidade 54%
Morcegos em Cavernas
Brasileiras

Toca do Morrinho
Campo Formoso-BA

Projeção horizontal 475m
Dispersão de
Sementes
91,05%
Aporte Energético
8,95%
Total
3,24g
Guano 7,16/3,41g
Umidade 53,7%
Incremento 3,79%
Maricélio Medeiros Guimarães
Centro de Estudos em Biologia Subterrânea CEBS/UFLA
Chiroptera 2ª maior Ordem
1/5 dos mamíferos são morcegos
Mundo:1212 espécies/Brasil:178 espécies
Na ativa à + 52 milhões de anos
1. Importante ponto de equilíbrio de nossos ecossistemas
3. Conexão entre os ecossistemas epígeos e hipógeos
2. Um dos principais responsáveis pela atual biodiversidade
Únicos mamíferos alados
Morcegos frugívoros cavernícolas, dispersores de sementes ou importadores de energia para cavernas?
Eita ferou,
Bertholdia trigona
!
Troglóxenos ou acidentais??
Essencialmente cavernícola
Cavernícola oportunista
Não cavernícola
16
13
29
W. Uieda
D. Menin
IN MMA nº 002/2009
45 Atributos
17 Relacionados Quiropterofauna
Máxima Relevância
Abrigo essencial para a preservação de populações geneticamente viáveis de espécies animais em risco de extinção.
Eptesicus taddeii
Furipterus horrens
Lonchophylla dekeyseri
Natalus macrourus
Lonchorhina aurita
Glyphonycteris behnii
Máxima Relevância
Interações ecológicas únicas.
Ocorrência de interações ecológicas duradouras raras ou incomuns, incluindo interações tróficas considerando-se o contexto ecologicoevolutivo
Alta Relevância
Localidade tipo
87 novas espécies
9 gêneros novos
2 subfamílias novas
1 nova família
PEA-380 ou
(CECAV_BA_0998)
Alta Relevância
Espécie com função ecológica importante
Populações estabelecidas de polinizadores, dispersores de sementes e morcegos insetívoros
Mínimo Média Relevância
População residente de quirópteros
Conjunto de indivíduos pertencentes a mesma espécie, cuja presença contínua na cavidade seja observada por um período mínimo de um mês, caracterizando a inter-relação com o ecossistema cavernícola para a sua sobrevivência
Mínimo Média Relevância
Alta diversidade de substratos
Substratos potencias ao estabelecimento de fauna cavernícola, incluindo ambientes aquáticos e terrestres (avaliação qualitativa)
Alta Relevância
Táxons novos
Ocorrência de animais pertencentes a táxons ainda não descritos
Alta Relevância
Alta riqueza de espécies
Alta Relevância
Composição singular da fauna
Ocorrência de populações estabelecidas de espécies de grupos pouco comuns ao ambiente cavernícolas
Alta Relevância
Trogloxeno obrigatório
Trogloxeno que precisa necessariamente utilizar a cavidade para completar seu ciclo de vida
Alta Relevância
População excepcional em tamanho
Pteronotus parnellii; P. gymnonotus; Anoura geoffroyi e Artibeus planirostris
Mínimo Média Relevância
Espécie migratória
Não temos registros de migração de morcegos no Brasil, mas o conhecimento ainda é incipiente
Mínimo Média Relevância
Singularidade des elementos faunísticos da cavidade sob enfoque local
Especificidade ou endemismo dos elementos bióticos identificados na cavidade, se comparados àqueles também encontrados no enfoque local
Média Relevância
Singularidade dos elementos faunísticos da cavidade sob enfoque regional
Mínimo Média Relevância
Registros Paleontológicos
Fósseis de morcegos
Alta Relevância
Espécie rara
Ocorrência de organismos representantes de espécies cavernícolas não-troglóbias com distribuição geográfica restrita e pouco abundante
Alta abundância relativa de espécies
Obrigado pela atenção!
mmgbat@hotmail.com

Batcave
Icaronycteris index
cerca 52 milhões anos
Onychonycteris funneyi
cerca 60 milhões anos
Mormopterus faustoi
cerca 28 milhões anos
Especificidade apresentada pelos elementos bióticos identificados na cavidade, se comparados àquelas também encontradas nas cavidades na mesma unidade espeleológica
Ocorrência potencial <70%; comparado Jansen et al., 2012 e 12.376 cavernas (CECAV 2014)
Xeronycteris vieirae
2 Máxima, 9 Alta, 5 mín. Média e 1 Média
= morcegos essencialmente cavernícola
Full transcript