Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Ardósia 11

No description
by

Beatriz Pité

on 12 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Ardósia 11

Solução no próximo número Quem foi Manuel Severim de Faria? Curiosidades Manuel Severim de Faria foi um famoso polígrafo português. Nasceu em Lisboa, provavelmente em 1582, e morreu em Évora em 1655.

Diplomado em Filosofia e Teologia pela Universidade de Évora, foi Cónego e Chantre da Sé Eborense. Poeta na juventude, foi depois investigador, contemplando nos seus estudos história política e doutrina espiritual, bem como biografias.
Foi autor da primeira monografia de Camões.

Hoje em dia, é conhecido principalmente pelas suas notícias consideradas, por alguns, como as primeiras tentativas de jornalismo sério em Portugal. A Escola Secundária Severim de Faria fica em Évora e foi requalificada pela Parque Escolar, mas quem foi o seu patrono? (1582-1655) Deixamos ainda como curiosidade um filme sobre a Escola Severim de Faria feito pelos seus alunos. Agenda cultural VIII Ciclo de Concertos Promenade do Coliseu do Porto 2012-2013
17 de março, Coliseu do Porto 1º Festival de Blues do Porto
1 de fevereiro a 15 de março, Hot Five - Jazz & Blues, Porto
http://www.viva-porto.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=7211:1o-festival-de-blues-do-porto&catid=10:agenda-cultural&Itemid=13 Um mercado baseado no famoso Portobello londrino, onde se podem comprar discos de vinil, roupa vintage, antiguidades, livros e revistas, produtos biológicos. Mercado Porto Belo
Todos os sábados, Praça Carlos Alberto, Porto Os Macacos não se medem aos palmos
8 de março, no Mosteiro São Bento da Vitória, Porto http://www.coliseudoporto.pt/index.php?option=com_eventlist&view=categoryevents&id=5&Itemid=131&lang=pt

Os “Concertos Promenade do Coliseu do Porto” são um ciclo anual de concertos sinfónicos, dedicados ao grande público, jovens e crianças. Ocorrem uma vez por mês, ao domingo de manhã, com a duração de cerca de uma hora. Ficha Técnica
Edição da Direção de Comunicação e Imagem da Parque Escolar, EPE.
Circulação Interna. ardosia@parque-escolar.min-edu.pt Fontes geralmente A resposta deverá ser enviada para ardosia@parque-escolar.min-edu.pt. A primeira resposta certa recebe um prémio. Em pequenina dizia que quando fosse grande queria ser professora …. Era muito sossegada, organizada, e gostava das coisas muito certinhas.
Quem é? bem informadas A Parque Escolar comemora em março 6 anos, e para assinalar esta data a Direção de Recursos Humanos lançou um desafio aos filhos dos colaboradores que consistiu em compor um desenho alusivo ao tema.

Muito obrigado a todos pela participação e parabéns à Parque Escolar! Parque Escolar comemora 6 anos TurmaMais promove o sucesso escolar O projeto “TurmaMais”, que já mobiliza mais de 1700 alunos a nível nacional, é um exemplo paradigmático de como “pensar ao contrário” pode, por vezes, fazer a diferença, também no ensino. Essa é a conclusão a que chegamos após a conversa com Teodolinda Magro, a coordenadora nacional deste programa, já perfilhado pelo Ministério da Educação e Ciência.

A TurmaMais é uma turma especial, por onde passam todos os alunos da escola que frequentam o mesmo grau de ensino. Durante 45 dias, a TurmaMais é constituída por grupos de cerca de 25 a 30 alunos: dos excelentes aos que revelam maiores dificuldades de aprendizagem. Todos passam por ali e todos ali têm lugar.

Foi em Estremoz, na Escola Secundária Rainha Santa Isabel, que nasceu o projeto TurmaMais. Parece ontem, atendendo aos resultados atingidos, mas já lá vão 11 anos. Teodolinda Magro fazia parte de um conjunto de professores fortemente empenhados em combater o insucesso escolar. “Tínhamos
taxas muito elevadas de insucesso, sobretudo no 7º ano quando as crianças chegavam à nossa escola. Mas quanto mais trabalhávamos com elas, com mais reuniões, mais acompanhamento, parecia que menores eram os resultados alcançados”, conta.

Os docentes começaram a dirigir o foco da atenção para aspetos que até então nunca tinham sido diretamente relacionados com o insucesso escolar. “Percebemos que o problema era o funcionamento da turma. E se na casa dos 93% e 94%, mas tivemos anos em que atingimos os 97%”.

Saber que num universo superior a 300 alunos, dos 7º, 8º e 9º ano, apenas reprovam em média três ou quatro, é obra. Por isso não é de estranhar que o exemplo da Escola Secundária Rainha Santa Isabel começasse a dar nas vistas. “Há quatro anos, o projeto foi replicado a nível nacional, dando-lhe uma dimensão que até lá não tinha".

Atualmente, há 58 escolas a nível nacional que têm uma TurmaMais. “Já há escolas que começaram a fazer o seu próprio modelo, de acordo com as necessidades, mas sem desvirtuarem o projeto”, assinala Teodolinda Magro. No caso particular da Secundária de Estremoz, Teodolinda Magro reconhece que a melhoria das condições físicas da sala de aula e a articulação tecnológica, após a intervenção da Parque Escolar, ajudou ao êxito do projeto. tivéssemos liberdade para mexer nas turmas como seria?”

O novo ciclo educativo aberto com a gestão flexível dos currículos, que permitiu o surgimento de novas áreas como a de Projeto, a Educação Cívica ou o Estudo Acompanhado, deu um impulso ao embrião do TurmaMais. “Resolvemos criar uma turma ad- -hoc, pela qual passariam todos os alunos de todas as turmas daquele grau de ensino”. Os resultados não se fizeram esperar. “Começamos logo a perceber as diferenças. Tivemos 88% de sucesso no primeiro ano. Aprimorámos o projeto e atualmente temos taxas de sucesso Orgulho em fazer parte A alma do TurmaMais é garantir que todos os alunos, sem exceção, têm de passar por ali. Isto rejeita automaticamente o sentimento de exclusão, uma vez que a turma especial não visa apenas os alunos com maiores dificuldades.

Mais do que isso, reforça Teodolinda Magro, este não é um projeto de combate ao insucesso mas sim de promoção do sucesso escolar. E isso faz toda a diferença, a começar pelos próprios pais dos alunos. “A forma como fazemos a movimentação é conhecida: os primeiros alunos a vir, no princípio do ano, são os melhores. Isso leva a que, de uma forma muito simples, se promova a própria TurmaMais. Até os pais começam a ver aquela turma com outros olhos”.

O calendário escolar é preenchido de seguida com a passagem dos alunos médios pela TurmaMais e por fim pelos alunos que apresentam maior dificuldade na assimilação das matérias. No último período letivo regressam os alunos em risco de reprovar de ano e aqueles que ou pioraram ou ainda não recuperaram. Curiosidades A Escola Secundária Severim de Faria fica em Évora e foi requalificada pela Parque Escolar, mas quem foi o seu patrono? Quem foi Manuel Severim de Faria? (1582-1655) Manuel Severim de Faria foi um famoso polígrafo português. Nasceu em Lisboa, provavelmente em 1582, e morreu em Évora em 1655.

Diplomado em Filosofia e Teologia pela Universidade de Évora, foi Cónego e Chantre da Sé Eborense. Poeta na juventude, foi depois investigador, contemplando nos seus estudos história política e doutrina espiritual, bem como biografias. Foi autor da primeira monografia de Camões.

Hoje em dia, é conhecido principalmente pelas suas notícias consideradas, por alguns, como as primeiras tentativas de jornalismo sério em Portugal. Deixamos ainda como curiosidade um filme sobre a Escola Severim de Faria feito pelos seus alunos. O Clube PE arranca em 2013 com uma filosofia de maior participação e proximidade com os sócios. Até o guião das atividades para o corrente ano “bebeu” a inspiração das sugestões que os associados fizeram chegar, através de um questionário, e foram criadas condições para que o pagamento das quotas seja feito automaticamente através do salário.

“Globalmente, os associados manifestaram satisfação com as atividades desenvolvidas, com a abrangência dos temas e com o dinamismo do Clube”, enfatiza a presidente Carla Ascensão.

As atividades foram tipificadas por grandes grupos – por exemplo o desporto ao ar livre, os desportos radicais, as atividades em família – e aproveitou-se a sugestão de promoção de workshops ministrados pela prata da casa. O ioga, as danças, a decoração de bolos são alguns destes workshops programados, mas espera-se a revelação de novos talentos. Novo ritmo no Clube Tudo a mexer Pôr tudo a mexer parece ser o lema por estes dias. O Clube está a organizar aulas de Kizomba e Bachata, ao fim da tarde, no ginásio da Delegação Sul. As aulas são coordenadas pelo Luís Moreira e começam já em março, todas as terças-feiras, das 19h15 às 20h15.

Em março, os amantes da cozinha têm
uma nova oportunidade de melhorar
os seus dotes culinários. No dia 9, no
Porto, e no dia 15, em Lisboa, nas
respetivas escolas de hotelaria e
turismo, haverá workshops Master Chef.

Mais para o final de março, e já com
a primavera a sorrir, estão marcados
os famosos Peddy Papers do Clube.
No dia 23, sob o mote dos "Elevadores", os concorrentes serão convidados a fazer um percurso enigmático por Lisboa, enquanto no dia 30, está marcado idêntico convite para os colegas do Porto. Ambas as atividades são gratuitas para sócios. Peddy Paper do Clube em Lisboa (2012) Atividades ao ar livre e desportos radicais promovidos pelo clube (2012) Solução no próximo número RESPOSTA Nº10 Pela primeira vez ninguém acertou no passatempo. O
“nosso” surfista é o Luís Martins, da Delegação Norte. Bebés de 2012 Depois do sucesso do ano passado, e a pedido de vários colaboradores, o Ardósia volta a publicar a rubrica "Bebés Parque Escolar", este ano dedicada aos bebés de 2012.

No ano passado, o número de nascimentos foi igual ao do ano anterior, 18 bebés, mas nasceu o dobro dos rapazes (12 rapazes para 6 raparigas). Um dos pontos a assinalar é o facto de terem nascido três pares de gémeos e para todos os gostos: dois rapazes, duas raparigas e um rapaz e uma rapariga.

No total, nasceram oito bebés na Sede, três em Faro, um em Évora, três na Delegação de Lisboa e outros três no Porto.

Muitos parabéns aos pais. O número de nascimentos tem vindo a diminuir em Portugal. Em 2012, nasceram 90.026 bebés, menos sete mil do que no ano anterior, segundo dados do rastreio neonatal. Em 2011 tinham nascido 97.100 crianças.

Esta contabilidade é feita através do Programa Nacional de Diagnóstico Precoce, conhecido como o “teste do pezinho”.

No que respeita aos nomes mais escolhidos pelos portugueses, as preferências vão para Maria e Rodrigo. No top 5 dos nomes das meninas estão ainda Matilde, Leonor, Mariana e Beatriz. Em relação aos rapazes as escolhas vão para Martim, João, Afonso e Gonçalo. Já em 2011, Maria e Rodrigo tinham sido os nomes mais escolhidos pelos portugueses. Nasceram menos 7 mil bebés em Portugal em 2012 CURIOSIDADES A alma do TurmaMais é garantir que todos os alunos, sem exceção, têm de passar por ali. Isto rejeita automaticamente o sentimento de exclusão, uma vez que a turma especial não visa apenas os alunos com maiores dificuldades.

Mais do que isso, reforça Teodolinda Magro, este não é um projeto de combate ao insucesso mas sim de promoção do sucesso escolar. E isso faz toda a diferença, a começar pelos próprios pais dos alunos. “A forma como fazemos a movimentação é conhecida: os primeiros alunos a vir, no princípio do ano, são os melhores. Isso leva a que, de uma forma muito simples, se promova a própria TurmaMais. Até os pais começam a ver aquela turma com outros olhos”.

O calendário escolar é preenchido de seguida com a passagem dos alunos médios pela TurmaMais e por fim pelos alunos que apresentam maior dificuldade na assimilação das matérias. No último período letivo regressam os alunos em risco de reprovar de ano e aqueles que ou pioraram ou ainda não recuperaram. Afonso - 5 anos
Filho de Sofia Castelo Constança - 5 anos
Filha de Gonçalo Loreto Francisca - 6 anos
Filha de Gonçalo Loreto Renata - 7 anos
Filha de Emanuel Pereira Rodrigo - 5 anos
Filho de Helder Tack Violeta - 5 anos
Filha de João Azinheiro Inês - 11 anos
Filha de Paulo Farinha Depois do grande sucesso em cinema, "Balas & Bolinhos" está de regresso. Desta vez ao vivo! Um espetáculo único, com as cenas mais divertidas dos três filmes e outras totalmente inéditas e igualmente cómicas. http://www.tnsj.pt/home/espetaculo.php?intShowID=462

No ciclo Solos cabe também o chamado “teatro infantil”. Os Macacos Não se Medem aos Palmos traz-nos a edificante história de Basílio, macaquinho que recolhia os donativos destinados ao seu dono, Fagundes da Silveira, um tocador de realejo.


Mesmo à frente do teu focinho!
15 de março, Coliseu do Porto
http://www.coliseudoporto.pt/index.php?view=details&id=802%3Abalas-a-bolinhos-mesmo-a-frente-do-teu-focinho&option=com_eventlist&Itemid=146&lang=pt http://www.viva-agenda.com/evento/30485/Mercado+Porto+Belo Madalena - 3 anos
Filha de Pedro Domingos Madalena - 4 anos
Filha de Alexandra Dias João - 9 anos
Filho de Paula Campino Por André Lameiras
Delegação Norte - Porto Adriana - 10 anos
Filha de Bárbara Cunha
Full transcript