Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Política Nacional do Meio Ambiente

Crédito de carbono, gases do efeito estufa e o crédito de carbono.
by

Jessica Yano

on 30 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Política Nacional do Meio Ambiente

Política Nacional
do
Meio Ambiente redigido em 1997
precisava ser ratificado por pelo menos 55 países que representassem, no mínimo, 55% das emissões de gases
reduzir a emissão de gases
mecanismo de desenvolvimento limpo (MDL)
seria válido até 2012 Definição e objetivo do Protocolo de Kyoto Principais fatos antes do Protocolo de Kyoto 1929 - descoberta do CFC
1972 - conferência de Estolcomo
1981 - surge o conceito de desenvolvimento sustentável
1990 - criou-se a IPCC
1992 - Eco 92
a partir de 1995 - COP's (Conferência das Partes) os EUA não assinaram o Protocolo de Kyoto União Europeia em relação ao Protocolo de Kyoto UE se empenhou desde cedo em adotar um regime internacional de alterações climáticas
foi o primeiro grupo de nações industrializadas a ratificar o acordo ECCP - lançada em 2000: UE se propunha a cumprir o desafio do Protocolo de Kyoto 1ª fase – entre 2000 e 2005: * comunicação e diretiva sobre a promoção de biocombustível
* proposta de diretiva para promoção da cogeração
* comunicação sobre Fiscalidade Automóvel 2ª fase – lançada em 2005 mas entra em vigor de 2012 à 2020: * controle das emissões da aviação internacional
* novas propostas para controlar o CO2 de carros
* carbon capture and storage
* programa europeu de adaptação
* revisão do CELE Comércio Europeu de Licenças de Emissão (CELE) a análise das reações ao livro verde e o acolhimento favorável do conselho levaram consequentemente à iniciativa da Comissão Europeia (UE) de propor uma diretiva para estabelecer o sistema de comércio de emissões O Presente (2008 - 2012) junto ao compromisso do protocolo de kyoto surge o novo período do CELE
2008 – 2009 – a crise econômica financeira não interferiu no preço da tonelada de carbono (€ 15/ton) Novo Protocolo de Kyoto BASIC discute a posição desse novo bloco
UE e países subdesenvolvidos querem estender o tratado
2015 – novo acordo para 2020
os EUA não assinaram porque a China e seus parceiros do BASIC não aceitaram adotar metas obrigatórias, mas espera que isso aconteça em 2020
a questão controversa da inclusão da Europa em seu sistema Cap and Trade de carbono COP 17 – UE, em coletiva de imprensa estabeleceu suas condições para aprovar o segundo período de compromissos para o Protocolo de Kyoto “Respeitar os princípios da equidade e das responsabilidades comuns, mas diferenciadas.” O mercado voluntário de carbono o protocolo de kyoto criou instrumentos flexíveis para o cumprimento das suas metas
surgiu a partir da criação da UNFCCC durante a ECO-92
abrange todas as negociações de crédito de carbono
crédito de compensação
metas menos rigorosas Crédito de carbono: o que significa e como funciona 1 tonelada de CO2 corresponde a um crédito de carbono
o homem lança mais de 35,5 bilhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera por ano Comercialização do crédito de carbono cap and trade (limitar e negociar) – limite obrigatório
mercado de balcão (sem metas)
mecanismos de mercado – foi criado para ajudar os países a alcançarem suas metas
a-) Comércio de emissões
b-) Implementação conjunta
c-)Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) Países participantes países do Anexo I (são países da OCDE)
países que desenvolveram metas próprias
empresas que não aderiram ao Protocolo de kyoto
empresas que estabelecem metas voluntárias A relação da UE em relação ao mercado de carbono fizeram um acordo anterior ao Protocolo de Kyoto para diminuir emissões de gases de efeito estufa
RCLE-UE ou CELE – primeiro instrumento de comércio internacional de emissões de gases do esfeito estufa regulado Gases do efeito estufa Efeito estufa - o que é? fenômeno ocasionado pela concentração de gases na atmosfera
camada que permite a passagem dos raios solares e absorve calor Importância do efeito estufa agem como isolante por absorver uma parte da energia irradiada
na ausência dessa ação isolante a Terra resfriaria
superfície terrestre 33% mais quente Diferença entre o Efeito Estufa e o Aquecimento Global Efeito Estufa fenômeno natural atmosférico em que os gases da atmosfera funcionam como um anteparo deixando passar a luz solar para seu interior Aquecimento Global agravamento desse processo natural causado por atividades humanas
emissão excessiva dos gases de efeito estufa
dispersão da radiação solar Aumento gradual da emissão de gases estufa ao longo dos anos: Relação da emissão de CO2 por região: Anomalia na temperatura global média: Questões 1) Quando o Protocolo de Kyoto foi redigido e qual a meta de redução de emissões de gás carbônico definida para os países desenvolvidos?

a) 1992 e 3,4% das emissões até 2010
b) 1997 e 6,2% das emissões até 2012
c) 1997 e 5,2% das emissões até 2012
d) 1999 e 3,4% das emissões até 2015
e) 1999 e 5,2% das emissões até 2010 c) 1997 e 5,2% das emissões até 2012 2) Quando o Protocolo entrou em vigor?

a) Em 2002, com a ratificação do protocolo pela Comunidade Econômica Européia
b) Em 2002, com a ratificação do protocolo pela Rússia
c) Em 2004, com a ratificação do protocolo pela Austrália
d) Em 2005, com a ratificação do protocolo pela Austrália
e) Em 2004, com a ratificação do protocolo pela Rússia e) Em 2004, com a ratificação do protocolo pela Rússia 3) Os Estados Unidos são os maiores emissores de gás carbônico do mundo e se negou a assinar o protocolo. Qual a porcentagem de contribuição do país? Qual é o segundo país com maior porcentagem de emissão de gás carbônico? E qual outro país relutou em assinar oprotocolo e só o fez em 2007?

a) 36%, Rússia, Austrália.
b) 36%, Japão, Rússia.
c) 40%, Rússia, Suíça.
d) 40%, Japão, Rússia.
e) 40%, Alemanha, Austrália. a) 36%, Rússia, Austrália. 4)Quantas toneladas de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera o homem lança por ano?

a) 32,8 milhões
b) 35,5 bilhões
c) 53,5 milhões
d) 39,3 milhões
e) 25,3 bilhões b) 35,5 bilhões 5) O Efeito Estufa é um fenômeno ocasionado pela concentração de quais gases?

a) CO, CO2 e CH4
b) N2O, CH4 e CFCs
c) CO2, N2O, CH4 e SO3
d) CO, N2O e O3
e) CO2, N2O, CH4 e CFCs e) CO2, N2O, CH4 e CFCs Bibliografia http://educacao.uol.com.br/disciplinas/geografia/protocolo-de-kyoto-paises-se-comprometeram-a-reduzir-emissao-de-gases.htm
http://advivo.com.br/blog/luisnassif/os-maiores-poluidores-do-mundo
http://www.meioambiente.ufrn.br/?p=4424http://urbanpost.com.br/2009/12/03/cop-15-debate-o-substituto-para-o-protocolo-de-kyoto/
http://www.greenpeace.org.br/clima/pdf/protocolo_kyoto.pdf
http://www.onip.org.br/noticias/sintese/novo-protocolo-de-kyoto/
http://www.brasilescola.com/geografia/protocolo-kyoto.htmhttp://europa.eu/legislation_summaries/environment/tackling_climate_change/128060_pt.htm
www.bmfbovespa.com.br/pt-br/mercado-de-carbono/mercado-de-carbono.aspx?idioma=pt-br
www.ipam.org.br/saiba-mais/O-que-e-e-como-funciona-o-Mercado-de-Carbono-/4
www.oc.org.br/index.php/page=Conteudo&idm=28&mp24&expanddiv=menu_1 Nomes Fernanda Baratella
Hector Bosso
Jessica Yu Yano
Monick Fernandez
Tayná Fernandes
Full transcript