Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Nivel 3 - CMMi

No description
by

Marcelo Tonholi

on 22 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Nivel 3 - CMMi

Nivel 3 - CMMi
Motivação
Formou-se a percepção de que os processos de desenvolvimento de software precisam submeter-se a mudanças e refinamentos continuos que aumentem suas capacidades de lidar com requisitos e espectativas de todos os stankeholders
Engenharia de Requisitos
O ponto de partida para definição do processo proposto, é a qualidade e melhoria contínua.
O Desenvolvimento de Requisitos está relacionado no Nível 3 de maturidade.
Os componentes de processo são baseados no Framework de processo RUP.
Práticas de métodos ágeis são recomendadas para utilização do processo.
Prática de RUP
As práticas recomendadas por RUP foram bem definidas para aumentar as chances de sucesso de um projeto.
Processo de Conformidade com as áreas do processo CMMi de
Gerencia de Requisitos (Nível 2)
e
Desenvolvimento de Requisitos (Nível 3)

Níveis de Requisitos
Engenharia de Requisitos no CMMi
Característica de RUP
É um proceso de desenvolvimento orientado a caso de uso.
Define um framework de processo que pode ser adaptado e estendido pela organização que o adota.
Utiliza largamente o suporte das ferramentas automatizadas.
RUP pode ser modificado de forma a melhor atender as necessidades do projeto ou da organização.
Nível de Maturidade 3
- Desenvolvimento de Requisitos
- Solução Técnica
- Integração de Produtos
- Verificação
- Validação
- Foco do Processo Organizacional
- Definição do Processo Organizacional
- Treinamento da Organização
- Gerência de Riscos
- Análise e Resolução de Decisão
Fundamentação do Processo
CMMi
O principal propósito do CMMI é fornecer diretrizes para a melhoria dos processos e habilidades organizacionais com foco no gerenciamento do desenvolvimento, aquisição e manutenção de produtos e serviços.

CMMi -
Identificar pontos de melhoria de processo e desenvolvimento de sistemas
RUP - Processo de desenvolvimento de software que descreve atividades.
Métodos Ágeis - Principios fundamentais que descrevem boas praticas para desenvolvimento de programas
Modelo CMMi
Ciclo de Vida RUP
Nível de Maturidade
Conceitos
Fluxo Requisitos
Metodología de Concepção do Processo Proposto.
Elementos Básicos
Os três fluxos de atividades de engenharia de requisitos são:
Papéis do processo baseado em RUP
Priorizar Requisitos
• Relevância do requisito para o negócio, definida pelo cliente e o analista de sistemas;
• Relevância do requisito para a arquitetura, definida pelo arquiteto de software;
• Riscos de projeto a serem mitigados, identificados durante atividades de planejamento e gerência do projeto;
• Dependências entre requisitos;
• Outros objetivos táticos ou restrições como por exemplo questões técnicas ainda não tratadas ou versões intermediárias do sistema a serem liberadas para validação pelo usuário.

PROCESSO DE ENGENHARIA DE REQUISITOS PROPOSTO
A metodologia utilizada para definir o processo é baseada em RUP e CMMI.


Tambem são apresentadas orientações sobre a inserção de práticas de métodos ágeis nas atividades do processo.
1. Definir o Escopo do Sistema;
2. Refinar Requisitos de Software;
3. Gerenciar Mudanças.
Gerenciar requisitos
Refinar requisitos de software
•Especificar Requisitos de Software;
• Modelar a Interface;
• Analisar o Domínio;
• Gerenciar Requisitos;
• Assegurar uma Visão Comum.

Gerenciar mudanças
Práticas Ágeis
Os métodos ágeis foram estudados, neste trabalho, com o objetivo principal de aumentar a produtividade durante a execução das atividades.
• Quem usa o sistema?

• Quem fará manutenção no sistema?

• Quem recebe as saídas do sistema? (exemplo: Relatórios)

• Como o sistema comunica-se com outros sistemas?
Embora diversos métodos ágeis tenham sido propostos nos últimos anos,formando um catálogo variado de técnicas, procedimentos e dinâmicas de desenvolvimento, esses recursos se mostraram de difícil inserção no processo de engenharia de requisitos proposto neste trabalho.
De um modo geral, todas as práticas da Modelagem Ágil podem ser utilizadas nos fluxos de atividades Definir o Escopo do Sistema e Refinar Requisitos de Software, além da atividade Assegurar uma Visão Comum. Destacadamente, as práticas criar vários modelos em paralelo e iterar para
outro artefato aumentam a produtividade e a aqualidade do passo Refinar Modelos de Análise.
Adriano Stobbe
Marcelo Tonholi
Full transcript