Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Cromossomos da Célula Eucariótica

No description
by

Marco Antonio Conte

on 30 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Cromossomos da Célula Eucariótica

Apesar de variar em número e em tamanho nas espécies eucarióticas, os cromossomos têm sempre a mesma estrutura: Uma longa molécula de DNA que dá duas voltas sobre um grão feito por 8 moléculas de proteínas, chamadas
histonas
, que constituem unidades estruturais chamadas de
nucleossomos
, que se repetem ao longo do cromossomo.
Arquitetura do Cromossomo Eucariótico
Cromossomos da Célula Eucariótica
Devido à associação de nucleossomos vizinhos, o fio cromossômico enrola-se como uma mola helicoidal. O cordão resultante, com aproximadamente 30nm de espessura é chamado de
fibra cromossômica
, ou
solenoide
.
Ao longo de seu comprimento, ela possui regiões especiais que se associam a certas proteínas cuha fução é sustentar o cromossomo como um esqueleto. A fibra cromossômica associada esse esqueleto possui cerca de 300nm de espessura e constitui o cromonema.
A organização dos cromossomos varia no decorrer do ciclo celular.
Esse ciclo é dividido em duas etapas: A
Interfase
e a
Divisão Celular
.
Características gerais dos Cromossomos
Durante a interfase, a célula se prepara para a sua divisão,e para a duplicação dos cromossomos.
Cada cromossomo produz outro idêntico, e os dois permanecem aderidos entre si por meio de proteínas chamadas coesinas.
As cópas unidas dos cromossomos são chamadas de cromátides-irmãs, e permanecem unidas até a anafáse, quando as coesinas se desagregam para se separarem.
Cromátides-irmãs
O início da divisão celular é marcado pela condensação dos cromossomos. Cada cromátide se condesna independentemente de sua irmã, porém continuam unidas pelas coesinas.
Com a condensação, os cromossomos encurtam e se tornam mais grossos, até assumirem a froma de bastões duplos compostos pro duas cromátides
Todo o cromossomo possui uma região especial que se chama
centrômetro
,que se localiza em um estrangulamento do cromossomo condensado,e é por essa região que eles se duplicam e se prendem aos microtúbulos do fuso, os quais irão separar as cromátides durante a mitose.
Quando a célula se divide para originar duas células filhas, o cromossomo se enrola sobre si mesmo e fica muito condensado, com cerca de 700nm de espessura
Interfase:Período em que a célula não está se dividindo.
Divisão Celular: Quando ocorre a Mitose, para originar duas células-filhas.
Centrômetro e classificação dos cromossomos
A posição do centrômetro divide o cromossomo em duas partes, que se chamam
braços cromossômicos
.
O tamanho desses braços serve para classificar os cromossomos em quatro tipos diferentes
Vamos ver os tipos de classificação
Metacêntrico
Essa divisão é quando o centrômetro se localiza no meio e os dois braços tem quase,ou o mesmo tamanho.
Submetacêntrico
Essa divisão ocorre quando o centrômetro é um pouco deslocado do meio e os braços tem um tamanho desigual
Acrocêntrico
Onde o centromêtro se localiza perto de uma das extremidades do cromossomo, e um dos braços é muito maior que o outro
Telocêntrico
Onde o centrômetro se localiza em uma das extremidades deixando apenas um um dos braços do cromossomo.
Metacêntrico
Submetacêntrico
Acrocêntrico
Telocêntrico
Telômeros
As extremidades de um cromossomo possuem um ponto especial que se chama
telômero
.
Para sintentizar essas extremidades da molécula de DNA que constitui o telômero é necessária um enzima chamada
telomerase
Se esta enzima não estiver presente, a célula não consegu poroduzir as extremdiades dos cromossomos, e os telômeros das células-filhas serão menores
As células embrioárias produzem telomerase normalmente, mas as diferenciadas não, e por isso, muitas das nossas células geram células-filhas que possuem cromossomos com telômeros mais curtos.
A perda dos telômeros dos cromossomos não traz problemas à célula, pois os filamentos de DNA neles rpesentes não possuem genes.
Porém, se s células continuarem a se reproduzir após perder o telômero, uma reação quimíca occore e a célula entra em
aptose
, que é uma morte celular programada.
As únicas células que continuam a produzir a telomerase por toda a vida sem problemas, são as que dão origem aos gametas.
Full transcript