Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Haussmann e Cerdá

No description
by

Renata Cruz

on 5 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Haussmann e Cerdá

Reformas de Haussmann e Cerdá
Medidas
Plano de Reforma de Paris
(George Haussmann)
França, 1809 - 1891;
Advogado, funcionário público, político e administrador francês;
O "artista demolidor";
Proposta com grande repercussão tanto na Europa quanto nos demais continentes.
Medidas
Hierarquia viária;
Homogeneidade do tecido urbano e uma boa conexão com o exterior da cidade;
Sistema diagonal, formando quadrícula regular fazendo surgir quarteirões irregulares, largos e praças;
Edifícios dispostos em L e com quatro LL.
Plano de expansão de Barcelona
(Ildefonso Cerdá)
Contexto Histórico
Século XIX;
A nova realidade das cidades: o crescimento demográfico e industrial;
Bairros operários: insalubridade e falta de infraestrutura;
Projetos de interferência na cidade;
Os planos de Haussmann e Cerdá.

Georges Eugène Haussmann
(1809 - 1891)
Ildefons Cerdà i Sunyer
(1815 - 1876)
Melhorar a circulação no interior da cidade, conectando os diversos bairros;
Eliminar a insalubridade e a degradação dos bairros, através da ventilação, do acesso à luz e da arborização;
Revalorizar e reenquadrar os monumentos, unindo-os através de eixos viários e criando efeitos de perspectiva.
Objetivos
Cidade retalhada por vias que surgem de pontos específicos (rotatórias que abrigam edificações importantes);
Ocupação baseada nos quarteirões formas poligonais irregulares e triangulares;
Interior dos quarteirões jardins, áreas de apoio a comércio e indústrias, galerias comerciais;
Medidas
Uniformidade na arquitetura das fachadas nas praças e ruas mais importantes;
Evitou lotes com fachadas para as duas vias ou com testadas muito extensas;
Destruição de muitos dos antigos bairros parisienses 95km de novas ruas que cortam todo o tecido medieval e fazem desaparecer 50km de ruas antigas.
Objetivos
Medidas
Discentes: Adna Naara, Raissa Cruz e Renata Cruz.
Barcelona, 1563.
Paris, 1530.
Paris antes de Haussmann
Centro da cidade casas amontoadas, ruas estreitas, higiene clamorosamente falha, ar puro inexistente, luz do sol insuficiente, etc ameaça aos habitantes;
Poucas modificações da Paris medieval até a metade do século XIX;
As ruas medievais não se fazem suficientes para o trânsito da cidade industrial;
Traçado orgânico e ruas estreitas.
Espanha, 1815-1876;
Arquiteto, matemático, engenheiro urbanista e político;
Teoria Geral da Urbanização, 1854: visava solucionar problemas de concentração demográficos e desenvolvimento industrial (ano de derrubada das muralhas);
1859: Plano de expansão.
O traçado radiocêntrico e as doze avenidas que convergem para o Arco do Triunfo.
No traçado urbano de Paris, as principais avenidas convergem para o Arco do Triunfo.
Avenue des Champs-Élysées.
Avenue de L’Opéra,
de onde se pode ver, ao fundo, o edifício Ópera Garnier.
Planta da
Avenue de l'Opéra,
com a indicação das novas frentes de rua e dos terrenos desapropriados.
Barcelona antes de Cerdá
Barcelona medieval: cidade entre muralhas e uma malha extremamente densa;
Não havia prática do espaço público;
Necessidade de contato com o exterior;
Séculos XVI e XVII levantamento dos espaços vazios da cidade espaços públicos domésticos;
Urbanismo medieval;
Muralhas e terrenos exteriores militares;
Vias ligando a cidade entre muralhas à cidade industrial.
Aumentar a área total da cidade;
Fornecer alternativa mais ordenada de ruas e quarteirões;
Melhorar as condições de vida da sociedade, a fluidez dos transportes e mobilidade dos cidadãos.
Plano de expansão de Ildefonso Cerdá, 1859.
Sistema de vias e quarteirões que poderiam se estender indefinidamente;
Malha reticular;
Quarteirões de 113m² de lado;
Cada conjunto com nove quarteirões;
Vias correspondentes se inscrevem num quadrado de 400m de lado.
Full transcript