Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

BRASIL CONTEMPORÂNEO DE 1985 ATÉ OS DIAS DE HOJE

Aula de História para o terceiro ano do Ensino médio;
by

Willia Katia Oliveira

on 17 June 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of BRASIL CONTEMPORÂNEO DE 1985 ATÉ OS DIAS DE HOJE

Pela primeira vez desde 1961,
acontece eleições diretas para a presidência da República.
O segundo turno foi vencido por Fernando Collor de Mello que prometia ser o caçador de Marajás
e proteger os “descamisados”.
O último presidente militar,
João Batista Figueiredo,
é eleito pelo
Colégio Eleitoral
com a promessa
de entregar
a democracia
de volta ao Brasil
O Governo Sarney foi marcado pelos altos índices inflacionários e pela existência de vários planos econômicos: Plano Cruzado (1986), Plano Bresser (1987) e Plano Verão (1989).
1979
Em seu governo, a anistia geral e irrestrita
a todos os perseguidos políticos foi garantida, e algumas reformas políticas e econômicas foram praticadas, como a volta da eleição direta para governadores de estado e do pluripartidarismo. A inflação entretando, aumentava.
Manifestações populares em todo o país com o apoio dos partidos de oposição, artistas e personalidades criam o Movimento Diretas Já,
para reivindicar eleições presidenciais.
.
1984

- eleições diretas em todos os níveis;
- a legalização dos partidos políticos de qualquer tendência;
- instituição do voto facultativo aos analfabetos, jovens entre 16 e 18 anos e pessoas acima de 70 anos;
- fim da censura; garantido o direito de greve e a liberdade sindical;
- ampliação dos direitos trabalhistas;
- intervenção do Estado nos assuntos econômicos e nacionalismo econômico ao reservar algumas atividades às empresas estatais.
5 de outubro de 1988: Promulgação da CONSTITUIÇÃO CIDADÃ
1989
O Plano Econômico de Collor
-Plano Brasil Novo -
extinguiu o cruzado novo e retornou o cruzeiro; congelou preços e salários;
bloqueou boa parte do dinheiro de aplicações financeiras e de poupanças por 18 meses.
Houve grande número de demissões no setor público, reduziu as tarifas de importação
iniciou um tumultuado processo de privatizações.
Denúncias de corrupção no governo Collor
geraram forte instabilidade política, levando novamento o povo às ruas e culminando com o pedido de impeachment (impedimento) do presidente Collor. Aprovado pela Câmara dos Deputados em 29 de setembro, o pedido foi encaminhado ao Senado, que abriu o processo e afastou o presidente.
1992
O presidente Collor renuncia e, imediatamente após, Itamar Franco tomou posse definitiva na presidência da República para cumprir o restante do mandato.
As eleições gerais de 1994 elegeram simultaneamente o presidente da República, todos os governadores de Estado, dois terços dos senadores, todos os deputados federais e todos os deputados estaduais.

Após 100 anos de proclamação da República no Brasil, uma consulta popular permitiu à totalidade dos cidadãos brasileiros optar, quanto à forma de governo, entre a República e a Monarquia, e, quanto ao sistema de governo, entre o Presidencialismo e o Parlamentarismo. Em 21 de abril de 1993, os brasileiros votaram pela República Presidencialista.
ABRIL DE 1993
O ministro da Economia, Fernando Henrique Cardoso, apresentou à nação um plano de combate à inflação, a essa altura na casa dos 40% ao mês. O plano consistia na criação de um Fundo Social de Emergência (F.S.E.), que reduzia a receita de Estados e Municípios, e a criação da Unidade Real de Valor (U.R.V.), um indexador diário do Cruzeiro Real,
a ser posteriormente substituída por uma nova moeda “ o Real “, implantada em julho de 1994.
Fernando Henrique Cardoso, candidato pelo coligação formada pelo Partido da Social-Democracia Brasileira (P.S.D.B.) e pelo Partido da Frente Liberal (P.F.L.), foi eleito presidente da República.
1995
O início de governo de Fernando Henrique Cardoso foi marcado pelo aprofundamento de reformas feitas no governo anterior: ajustes no plano econômico que mantêm a inflação em baixo patamar, privatização de empresas estatais e reforma da Constituição.
Em 1997, foi aprovada pelo Congresso Nacional a emenda da reeleição para presidente, governadores e prefeitos.
o presidente Fernando Henrique Cardoso foi eleito para um novo mandato.
1998

É eleito o primeiro candidato
da classe trabalhista,
Luis Inácio LULA da Silva.
2003
O segundo governo de FHC foi o período conturbado e o presidente passou a agir como um gerenciador de crises provocadas por desavenças politicas, denúncias de corrupção, agravadas pelos juros elevados e aumento do desemprego.
Outro problema foi a crise energética nacional
que pôs em cheque o crescimento econômico.
O segundo mandato de Lula começa com retomada da atividade em vários setores, em virtude principalmente da recuperação da renda da população e pela expansão do crédito no País.
Em 2009, sob influência dos impactos da crise financeira global, há um aumento do desemprego o que não impediu que o Brasil apresentasse um dos mais baixos índices no Risco Brasil.
Surgem também várias denúncias de corrupção, entre elas o Mensalão.
2007
O governo Lula manteve os acordos feitos por FHC tanto os internacionais quanto os internos, mantendo a sua política econômica.Também foram mantidos os altos juros, cortes de gastos públicos, mudança no regime de aposentadoria, etc.
O governo também lançou o Plano Fome Zero e o Plano de Aceleração Econômica no final do governo, que teria como uma das etapas ações em áreas sociais mais desprivilegiadas.

Com o apoio de uma coligação de doze partidos (PT, PMDB, PRB, PCdoB,
PSB, PP, PR, PTB, PV, PDT,
PSC e PAN),
Lula é eleito para o seu segundo mandato.
2011



Toma posse Dilma Rousseff, ex-ministra do governo Lula e com um longo histórico na luta contra o regime militar. Seu governo mantém as propostas do governo anterior, uma política econômica orientada pela busca do crescimento econômico, atenta, porém, à política fiscal.
Apesar dos problemas políticos – sucessivas demissões de ministros e tensões na base aliada – e econômicos – recrudescimento da inflação e crise internacional – seu governo não tem sofrido graves crises e sua popularidade ainda se mantém em alta.
OS PRESIDENTES
DO BRASIL CONTEMPORÂNEO

1979
a
2012
Aula criada pela professora
Willia Kátia Oliveira Silva e Costa
Novembro/2012.
Referencias Bibliográficas
Anotações e textos pessoais do autor desse trabalho.
http://wallacemelobarbosa.blogspot.com.br/2011/03/resumo-sobre-o-brasil-contemporaneo.html
http://www.comunidadebrasileiradeatlanta.com/main/historia.php?id=316
http://www.ihu.unisinos.br/noticias/505269-conjuntura-da-semana-balanco-de-um-ano-do-governo-dilma-rousseff
http://pt.wikipedia.org/wiki/Dilma_Rousseff
http://www.infoescola.com/mandatos-presidenciais-do-brasil/governo-lula/


Lista de Links onde foram encontradas as ilustrações deste trabalho:
Fundo: http://www.serasaexperian.com.br/guiaidoso/imagens/ilustra01.gif (adaptado)
Presidente Figueiredo: http://cartunistasolda.com.br/wp-content/uploads/2012/09/Figueiredo-e-Videla.jpg
Diretas já: http://1.bp.blogspot.com/-dtpCIms4mA4/UI2 B0ugS4I/AAAAAAAAASk/U2jjYjGbQwY/s1600/diretas.jpg
Itamar e FHC: http://4.bp.blogspot.com/_DTjD5W5nivc/TJVkC1QxyXI/AAAAAAAABdc/5Cxe1dw5LPs/s400/Cl%C3%A1udio+4+001.jpg
Collor: http://chargistaclaudio.zip.net/images/b1990__25.JPG
Itamar: http://1.bp.blogspot.com/-qdKo4l8pXc4/Tb6_QfOywaI/AAAAAAAAAdw/X1Pq8lPXyMs/s1600/itamar+charge.JPG
Tancredo: http://chargistaclaudio.zip.net/images/b87_4.jpg
Constituição: http://3.bp.blogspot.com/-gHkdSq8BmJs/UH89sMZIcdI/AAAAAAAAG9k/KmGQnVSQ27M/s1600/henfil_constituinte1.jpg
Caras pintadas: http://4.bp.blogspot.com/_5u2Ylaev46g/TSZjtLXXBlI/AAAAAAAAATM/W6GzAU4obrw/S1600-R/imagem1.bmp
Plesbicito: http://www.google.com.br/imgres?q=PLEBISCITO&hl=pt-BR&sa=X&rlz=1C1AVSA_enBR438BR438&biw=1280&bih=624&tbm=isch&prmd=imvns&tbnid=dUkYal6OPlMM_M:&imgrefurl=http://www.cpers15nucleo.com.br/index.php%3Fid%3Dnot1011&docid=06yiUVN3PkYdzM&imgurl=http://www.cpers15nucleo.com.br/imagens/plebiscito.jpg&w=320&h=247&ei=d6qfUKPFJqaZ0QGg3YGYCg&zoom=1&iact=rc&dur=3&sig=115586460420111258845&page=1&tbnh=144&tbnw=187&start=0&ndsp=19&ved=1t:429,r:3,s:0,i:92&tx=96&ty=41
O Colégio Eleitoral escolhe Tancredo Neves e José Sarney como presidente
e vice-presidente.
Gravemente enfermo,
Tancredo Neves não consegue
tomar posse.
José Sarney assume a
presidência em 21 de abril,
data da morte de Tancredo.
1985
1992
Full transcript