Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Rochinhas <3 <3

No description
by

Inês Melo Gouveia

on 18 February 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Rochinhas <3 <3

Muito caro
Difícil de arranjar mão-de-obra
Edifícios frios e pouco acolhedores
Construção demorada Rochas na Construção e na Ornamentação Era Primitiva 2500 a.C Antigo Egipto Homem Sedentário
cabanas cobertas de pele
casas cavadas em terreno argiloso A Civilização Egípcia, construía as suas casas todas em pedra: Grandes Obras da História Construídas em Pedra O início 450 a.C. Acrópole de Atenas Pirâmides do Egipto
(fonte: http://www.infoescola.com/wp-content/uploads/2009/08/1-a7fb3c9941.jpg) Templo de Carnac (fonte: http://estudodehistoriaonline.blogspot.pt/2010/01/tebas.html) (fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Akropolis.jpg) http://2.bp.blogspot.com/_X2q8loiC3Xg/SJT9oYQO2JI/AAAAAAAAA5w/09TFVDstNVY/s400/Notre-dame.jpg séc. XI http://www.mosteirojeronimos.pt/data/fotos/jf71g_pt.jpg Mosteiro de Santa Maria da Vitória Notre-Dame Mosteiro dos Jerónimos http://1.bp.blogspot.com/-uxk6AEsSSP4/TZHlwxvx-0I/AAAAAAAAAp4/pksg5Ph4WgI/s1600/6a00d8341d53d453ef00e54f1879018833-800wi.jpg Centro Cultural de Belém 1992 O Tijolo e o Betão O betão é composto por uma mistura de cimento, água e um agregado. produto cerâmico avermelhado
forma de um paralelepípedo
fabricado a partir de argila (ou cimento, o silicato de cálcio e argila xistosa) Construções Antigas - Em pedra http://c.imguol.com/casaeimoveis/2010/11/11/detalhe-de-assentamento-de-tijolos-aparentes-1289520425436_560x400.jpg http://www.engenhariaportugal.com/wp-content/uploads/2011/06/betao-ecologico.jpg Tijolo Os vestígios mais antigos de tijolos datam de 7500 a.C. e foram encontrados em Çayönü, no sudeste da Anatólia, na Turquia! http://blogdaveneto.files.wordpress.com/2010/12/bloco_alvenaria.jpg Os romanos foram os primeiros a utilizar este material, contudo, com o passar do tempo a sua utilização caiu em declínio, até ao século XIX, onde veio a ser desenvolvido e se tornou o principal material de construção das cidades como as conhecemos nos dias de hoje! agregado - argila expandida Os agregados podem ser orgânicos(madeira e a folha de arroz); inorgânicos naturais (rochas - cascalho, pedra-pomes, cinzas vulcânicas); inorgânicos artificiais (sinteticamente a partir de materiais naturais, as rochas) Betão http://www.panoramio.com/photo/21985006 Pala do Pavilhão de Portugal http://www.engenhariacivil.com/imagens/not0764.jpg Polimento Impermebialização Rochas Extração http://4.bp.blogspot.com/-jxb8r_3IuAY/Ts55RHAyWkI/AAAAAAAACqc/Vr5IFLc_yPI/s1600/pedreira.jpg http://www.int.gov.br/images/stories/newsletter/integracao_63_rochas-artificiais2.jpg http://www.brasilescola.com/upload/e/rochas%20sedimentares.jpg http://www.infoescola.com/wp-content/uploads/2010/06/basalto.jpg Alto teor em sílica - dureza elevada.
Resistentes ao choque e ao desgaste
Menos alteráveis quimicamente.
Mármore
apresenta uma variedade de cores e texturas, estruturas que o tornam bastante rentável na indústria de rochas ornamentais. É utilizado na construção civil, mas essencialmente como elemento ornamental. Argilas
Olaria e cerâmica, louças, tijolos, canos de esgoto e telhas. Como um material de enchimento e de revestimento para papel. Rochas Magmáticas Granito
Utilizado em pavimentos de estradas, revestimentos exteriores e interiores das habitações e na construção. Basalto
Usa-se em calcetamento de ruas e paredes de edifícios. É componente do alcatrão e parte da Calçada Portuguesa. séc. XVI http://www.geradordeprecos.info/imagenes2/ffx_frente_granito_356_267_15BB17.jpg http://jcmarmore.com/wgc_media5/photos/granito-as-de-paus.jpg http://2.bp.blogspot.com/_OIwkMvnX6Og/TIZEMZgIp2I/AAAAAAAAAEs/WQP5fGBY2VQ/s1600/retalhao_basalto_preto_1_20081102_1238524719.jpg Xisto
Utilizado na construção civil, cobertura de telhados, revestimentos exteriores de habitações, tampos de mesa de bilhar. É o resultado das alterações no calcário quando exposto a altas temperaturas e pressão (jazidas em zonas de rocha matriz calcária e atividade vulcânica). Aldeias antigas que foram conservadas até aos dias de hoje. A sua composição mineralógica depende da composição química do sedimento e do grau metamórfico. Por isso, Em Portugal, as maiores explorações de mármore localizam-se em torno da zona de Estremoz (fig. 16), de onde é extraído o chamado Mármore de Estremoz. http://silviaguimaraes.info/blog/wp-content/uploads/2010/11/Xisto.jpg http://www.pedrasipiranga.com.br/imagens/marmore.jpg Rochas Metamórficas Rochas Sedimentares Calcário
Produção de cimento e cal, correção do pH do solo, fundente em metalurgia,como pedra ornamental, em exteriores e interiores Areias
Na produção de vidro, cimento e betão. Para limpar, polir decapar, alisar e lapidar (ex. pedras preciosas), para fazer lixas. É adicionada a solos argilosos para melhorar o arejamento e a drenagem. A argila refratária produz tijolos refratários. Estes suportam temperaturas mais elevadas e também esforços mecânicos, ataques químicos, variações bruscas de temperaturas), etc. por exemplo o Lioz Abancado, que é uma rocha calcária usada em exteriores e interiores. A areia de quartzo é derretida para produzir vidro. Vários tipos de areia para cimento e betão. Por ser abrasiva, também é usada para limpar, polir, decapar, alisar e lapidar (por exemplo: aperfeiçoar pedras preciosas). Para fazer lixas, Na jardinagem, a areia é adicionada a solos argilosos para melhorar o arejamento e drenagem. http://www.marbrito.com/img/mat/matimg16.jpg http://sed.com.sapo.pt/siltito.gif http://www.brasipedra.com.br/images/Areia%20Desclassificada.jpeg , por ser agregado leve permitindo que a Pala tenha aquela dimensão e esteja assente apenas nas extremidades. Rochas mais utilizadas Novo papel das rochas: Ornamentação Exploração das rochas: vertente antrópica e a economia Aumento da população Aumento das necessidades de contrução Aumento da extração A exploração de rochas ornamentais, em Portugal, contribuí para aumentar o valor das exportações para o estrangeiro. Na década de 70 e 80 o sector das Rochas Ornamentais atingiu uma posição invejável em termos mundiais, com Portugal a situar-se entre os cinco primeiros do Ranking Mundial de produtores, contribuindo fortemente para o PIB. Desvantagens:
caráter não renovável
instabilidade das cotações nos mercados internacionais
impacto ecológico e paisagístico Recursos tecnológicos
Rede de transportes Desenvolvimento das indústrias e da economia Alentejo é o maior produtor de rochas ornamentais, principalmente mármores e granitos. em situações de terramoto ou tempestade podem originar desabamentos dos terrenos. Exploração das Rochas: Impacto Ambiental http://www.marbrito.com/po/quarries.html Desde 1927 é foram efetuados mais 6900 registos de pedreirasem Portugal Poluição sonora


O material extraído que é considerado ganga não é utilizado e vai-se acumulando à superfície, criando montanhas - escombreiras estragam a paisagem contêm encostas mal consolidadas http://casadasbestas.blogspot.pt/2011/02/paisagens-mineiras-escombreiras-das.html A calçada Portuguesa Basalto: Açores Xisto: Aldeias de Xisto Monumentos e Rochas http://coconafralda.clix.pt/2011/03/calcada-portuguesa-e-se-emigrasses-hum.html escuros - basalto; claros - calcário http://www.marco-ferreira.com/2009/01/calada-portuguesa-6.html http://geocrusoe.blogspot.pt/2007/07/ilhas-e-terras-dos-aores-escultura-da.html As paredes têm duas camadas, uma exterior com pedras maiores e uma interior com pedras mais pequenas. São 26 as Aldeias do Xisto distribuídas pela Região Centro, num território de enorme beleza que oferece experiências únicas.

Na produção gastronómica, no artesanato, no alojamento e na animação cultural, as Aldeias do Xisto destacam-se pela apresentação de produtos, serviços e profissionais de excelência. Das coisas da terra fazem-se novos produtos. Um rio faz-se pista de canoagem. Uma floresta faz-se trilho para caminhadas. Uma tradição antiga transforma-se num evento cultural único. Há praias fluviais de água puríssima, monumentos, castelos e museus para ver. Dá gosto falar com as pessoas e partilhar as suas tradições, artes e histórias. E com base no imaginário rural criam-se objectos de design inovador disponíveis na Rede de Lojas das Aldeias do Xisto. Piodão O interior De longe http://2.bp.blogspot.com/_AwgldwEUGl8/TCTzT-mwqYI/AAAAAAAABfg/Vs1CtfvvISQ/s400/MN+Piod%C3%A3o3.jpg http://www.23hq.com/3209995/3213257_76289177ad50f7173641960c2b1526bf_large.jpg "a aldeia mais tipica de Portugal" http://www.igespar.pt/media/images/m/9/detail.jpg http://1.bp.blogspot.com/_0RJTlEAqMfc/RyY9yeirPbI/AAAAAAAADbQ/A-Mh1HpSQkQ/s400/img01.jpg Calcário de Lioz Mármore e Calcário Calcário de Lioz http://farm3.static.flickr.com/2347/1917100763_5b7efacbbd.jpg
Full transcript