Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Sistema Solar

Passeio pelo sistema solar mostrando as principais características de seus astros
by

Udo Skielka

on 6 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sistema Solar

O Sistema Solar Terra Lar de toda a vida no Sistema Solar,
a Terra tem 71% de sua superfície
coberta por água salgada, sendo um
planeta de oceanos. Essa abundância
de água é o que torna a vida possível.
Os outros planetas possuem várias
luas, atmosfera, gelo, clima e tempo,
mas somente a Terra possui todo um
complexo sistema que possibilita a vida,
das mais variadas formas e tamanhos. Características da Terra
Distância média do Sol: 149.597.890 km (1 U.A.)
Raio médio: 6.378 km
Massa: 5,97x10^24 kg
Gravidade: 9.8 m/s^2
Duração do dia: 23,934 horas
Duração do ano: 365,24 dias
Velocida de órbita: 107.229 km/h
Temperatura na superfície: -88 ºC (mín), 15 ºC (média), 58 ºC (máx)
Principais gases da atmosfera: nitrogênio (78%), oxigênio(21%), argônio (1%) Lua Júpiter Maior planeta do Sistema Solar.
Possui quatro grandes luas e muitas outras menores,
podendo ser caracterizado como um pequeno
sistema solar. O nome Júpiter tem origem
na mitologia romana e na Grécia Antiga este
planeta era chamado de Zeus.
Ambos os personagens eram considerados
os mais poderosos na mitologia. Atmosfera:
A composição da atmosfera de
Júpiter é bastante similar à do Sol,
sendo composta principalmente de
hidrogênio e hélio. Júpiter é portanto
um planeta gasoso, porém há indícios
de que no seu centro possa existir uma
parte sólida do tamanho da Terra. Características:
Distância média do Sol: 778.340.817 km (5,2 U.A.)
Raio no equador: 71.492 km (11 vezes o raio da Terra)
Gravidade: 24,8 m/s^2 (2,5 vezes a gravidade da Terra)
Período de rotação: 10 horas
Ano jupiteriano: 12 anos terrestres
Velocidade orbital: 47.052 km/h (metade da velocidade da Terra)
Temperatura média estimada: -148 ºC
Constituintes da atmosfera: hidrogênio, hélio, e traços de metano, amônia, água, entre outros. Mercúrio Planeta mais próximo do Sol
e o menor planeta do Sistema Solar.
Mercúrio é também o planeta mais denso
do Sistema Solar e com as maiores variações
diurnas de temperatura. É o planeta menos
explorado do nosso sistema solar até hoje.
O nome Mercúrio tem sua origem na mitologia
romana, sendo esse o deus do comércio.
Na Grécia Antiga era chamado de Hermes, sendo
esse o deus mensageiro. Atmosfera:
Mercúrio é um planeta puramente rochoso.
Neste planeta não existe atmosfera devido ao seu pequeno tamanho, o que implica em uma pequena gravidade, e à sua proximida ao Sol, implicando em altas temperatura, . Características:
Distância média do Sol: 57.909.175 km (0,39 U.A)
Raio médio: 2.440 km (38% o raio da Terra)
Gravidade: 3,7 m/s^2 (38% a gravidade terrestre)
Período de rotação: 59 dias terrestres
Ano mercuriano: 88 dias terrestres
Velocidade orbital: 172.341 km/h (1,6 vez a velocidade da Terra)
Temperatura da superfície: -173º C de noite e 427º C de dia Vênus Vênus é considerado "planeta irmã" da Terra
por ter bastante semelhaça quanto ao tamanho,
composição e gravidade. Vênus tem seu giro de
rotação contrário ao giro da Terra.
O nome do planeta corresponde ao nome da deusa
romana da beleza e do amor, sendo Afrodite o nome correspondente na Grécia Antiga. O planeta deteve este estatus por ser um dos planetas mais brilhante a ser observado no céu. Atmosfera:
Vênus possui uma atmosfera espessa e que se
movimenta rapidamente, sendo composta
principalmente por dióxido de carbono
e gotas de ácido sulfúrico. Apenas traços de água foram detectados na atmosfera de Vênus.
A atmosfera espessa de Vênus aprisiona o calor do
Sol, resultando em altas temperaturas na superfície.
Sensores já foram lançandos na atmosfera de Vênus,
mas sobreviveram durante apenas algumas horas
devido às temperaturas extremas. A química corrosiva e o movimento contínuo da atmosfera causam erosões significativas na superfície de Vênus. Características:
Distância média do Sol: 108.208.930 km (0,72 U.A.)
Raio médio: 6.052 km (95% o raio da Terra)
Gravidade: 8,9 m/s^2 (91% a gravidade terrestre)
Período de rotação: 243 dias terrestre
Período de tranlação: 225 dias terrestres
Velocidade orbital: 126.077 (1,2 vezes a velocidade da Terra)
Temperatura da superfície: 462º C
Constituintes da atmosfera: dióxido de carbono (CO2) e Nitrogênio (N2) Marte Marte é o deus romano da guerra e ganhou esse
nome devido a sua coloração avermelhada.
Assim como Vênus e a Terra, Marte é um planeta
com atmosfera e com a superfície bastante
influenciada pelas interpéries do seu tempo e clima.
Marte possui duas luas, Phobos e Deimos, os quais podem ter sido asteróides que foram capturados pela
gravidade do planeta. Atmosfera:
Marte possui uma atmosfera composta basicamente
de dióxido de carbono. Frequentemente ocorrem tornados e próximo à superfície a atmosfera tem bastante poeira (litometeoros). Características:
Distância média do Sol: 227.936.640 km (1,5 U.A.)
Raio médio: 3.397 km (metade do raio da Terra)
Gravidade: 3,7 m/s^2 (70% da gravidade terrestre)
Período de rotação: 24,6 horas
Ano marciano: 687 dias ou ~2 anos terrestres
Velocidade de órbita: 86.871 km/h (81% da velocidade da Terra)
Temperatura da superfície: -87º C de noite e -5º C de dia
Constituinte atmosféricos: dióxido de carbono, nitrogênio e argônio 1 U.A
150.000.000 km
Sol-Terra A origem da Lua é um mistério, existindo apenas
teorias. O nome lua é um nome genérico, sendo sinônimo de satélite. Mas esse nome permaneceu, pois na antiguidade não se sabia que outros planetas também tinham luas. Depois das novas decobertas, cada lua que era descoberta possou a ser dado um nome próprio.
Os ciclos diurno e mensal, bastante regulares da Lua, têm dado a noção de tempo à humanidade a milhares de anos. Sabe-se também da influência da gravidade da Lua no controle do nível do mar em regiões costeiras, as marés.
Da Terra, nós vemos sempre a mesma face da lua, pois ela faz uma rotação em torno do próprio eixo em sincronia com o seu movimento de translação em torno da Terra. Saturno Saturno é o mais popular e um dos mais belos
planetas do Sistema Solar.
Apesar de não ser o único planeta a possuir anéis
em sua órbita, seu anéis são os mais extensos e,
portanto, visíveis do Sistema Solar, tornando-o assim um dos planetas mais exuberante.
Este planeta é o segundo maior do Sistema Solar.
Saturno é o nome do deus romano da agricultura
Seu equivalente grego é Cronos, pai de Zeus (Júpiter).
Saturno é o planeta mais distante da Terra a ser observado a olho nu. Atmosfera:
Assim como Júpiter, Saturno é um planeta
gososo, composto principalmente por hélio
e hidrogênio. Seu volume é 765 vezes maior
que o volume da Terra. Seus ventos em sua alta
atmosfera chegam a 1800 km/h (os furacões mais
intensos da Terra chegam a ter 400 km/h). Esses
ventos super intensos, juntamente com o calor
emitido do interior do planeta, originam a bela
coloração de sua atmosfera, com faixas douradas. Caraterísticas:
Distância média do Sol: 1.426.725.400 km (9,5 U.A.)
Raio ao equador: 60.268 km (9,5 vezes o raio da Terra)
Gravidade: 10,4 m/s^2 (1,07 vezes a gravidade da Terra)
Período de rotação: 10,7 horas
Período de translação: 29,4 anos terrestres
Temperatura na superfície: -178º C
Constituintes atmosféricos: hidrogênio (H2) e hélio (He) Urano Urano foi o primeiro planeta encontrado
com o auxílio de um telescópio e, portanto,
não pode ser avistado no céu a olho nu.
Foi descoberto em 1781 pelo astrônomo
Willian Herschel; é o sétimo planeta mais
distante do Sol.
Assim como Vênus, Urano tem uma rotação
contrária a da Terra, de leste para oeste.
Seu eixo de rotação e quase paralelo ao seu
plano de tranlação em torno do Sol
(ou seja, à sua eclíptica), parecendo "rodar
de lado". Essa situação pode ter sido originada
devido a um impacto com um corpo celeste do
tamanho de um planeta. Devido a esta orientação
pouco usual, Urano experiencia uma total alteração
em seu clima a cada 20 anos.
Urano é um dos "gigante gelados" dos confins do
Sistema Solar. Seu nome faz referência a Uranus, deus do céu na Antiga Grécia. Atmosfera:
Sua atmosfera é composta basicamente de
hidrogênio, hélio, uma pequena parte de metano
e traços de água e amônia. Sua coloração azulada
se deve à presença do gás metano. Parte da radiação
solar atravessa a sua atmosfera e parte é refletida
de volta ao espaço por suas nuvens. O gás metano
absorve a porção vermelha da radiação solar,
resultando na coloração "azul-esverdeado". A maior
parte do seu volume (80% ou mais) está contida num
núcleo líquido, consistindo basicamente por material
congelado (água, metano e amônia). Características:
Distância média do Sol: 2.870.972.200 km (19,2 U.A)
Raio ao equador: 25.559 (4 vezes o raio da Terra)
Gravidade: 8,4 m/s^2 (87% a gravidade da Terra)
Período de rotação: 17,2 horas (retrógrada)
Período de translação: 84 anos terrestres
Velocidade de órbita: 24.607 km/h (23% a velocidade orbital da Terra)
Temperatura na superfície: -216º C
Constituintes atmosféricos: hidrigênio (H2), hélio (He) e Metano (CH4) Netuno Este planeta é conhecido como "o gigante gelado".
Foi o primeiro planeta a ser encontrado através de
formulações matemáticas ao invés do uso de instrumentos, sendo descoberto por John Couch Adams e Urbain Le Verrier em 1846. Esses pesquisadores observaram irregularidades na órbita de Urano, observando que para satisfazer seu movimento, um outro planeta próximo, com as características de Netuno, teria de existir. John Galle queria nomear o planeta como Le Verrier, mas a propósta acabou sendo rejeitada pela Comunidade Internacional de Astronomia, a qual acabou batizando o planeta com o nome do deus romano dos mares. Atmosfera:
A coloração azul de Netuno se deve à presença de gás metano em sua atmosfera e algum outro componente ainda não descoberto que causa um azulado mais intenso do que o de Urano.
Sua atmosfera é composta principalmente por hidrogênio, helio e metano. Características:
Distância média do Sol: 4.498.252.900 km (30,1 U.A.)
Raio ao equador: 24.764 km (~4 vezes o raio da Terra)
Gravidade: 10,7 m/s^2 (1,1 vez a gravidade da Terra)
Período de rotação: 16,1 horas
Período de translação: 165 anos terrestres
Velocidade de órbita: 19.720 km/h (metade da velocidade orbital da Terra)
Temperatura da superfície: -214º C
Constituintes atmosféricos: hidrogênio (H2), hélio (He) e metano (CH4) Plutão Pequeno, frio e incrívelmente distânte,
Plutão foi descoberto em 1930 e por muito
tempo considerado o 9º planeta do Sistema Solar.
Porém, depois das descobertas de astros similares
ainda mais distantes, Plutão foi reclassificado como
um planeta anão.
Plutão é o deus romano do submundo, equivalente ao deus Hades da Grécia Antiga. Atmosfera:
Plutão é um astro tão pequeno que não possui atmosfera. Características:
Distância média do Sol: 5.906.380.000 km (39,5 U.A.)
Raio no equador: 1.151 km (18% do raio da Terra)
Gravidade: 0,81 m/s^2 (8% a gravidade da Terra)
Período de rotação: 153,3 horas (retrógrada)
Período de translação: ~250 anos terrestres
Temperatura da superfície: -233º C 5 U.A. 10 U.A. 15 U.A. 20 U.A. 30 U.A. Sol O Sol é uma estrela e se localiza no centro do Sistema Solar.
O Sol é a estrela mais próxima da Terra, com uma distância média de 149,6 milhões de quilômetros, sendo esta distância conhecida como uma unidade astronômica (1 U.A.) e esta unidade é bastante usada para se medir as distâncias no Sistema Solar.
As conexões e interações entre o Sol e a Terra controlam as estações do ano, as correntes oceânicas, o tempo e o clima no planeta. A energia do Sol que chega na Terra também é responsável pela manutenção de toda
a vida. Origem do nome:
Esta estrela possui muitos nomes diferentes dentro de cada cultura. Os gregos antigos a chamavam de Helios
e os romanos de Sol. A União Astronômia Intenacional
ainda não chegou a um consenso de um nome para
o Sol, assim como para a Lua, sendo que cada
cultura utiliza um nome para este astro no seu próprio idioma. Características:
Raio médio: 695.500 km (109 vezes o raio da Terra)
Volume: 1.300.000 Terras
Gravidade: 274 m/s^2 (28 vezes a gravidade da Terra)
Período de rotação: 25,4 dias terrestres
Temperatura da superfície: 5.500º C
Idade: 4,6 bilhões de anos
Composição: 92,1% de hidrogênio e 7,8% de hélio REFERÊNCIAS:
Software Solar Walk
Informações da Agência Espacial Européia (ESA)

Ver também: A origem do Sistema Solar Composto pelo Sol, 8 planetas e Plutão
4 planetas interiores rochosos
4 planetas exteriores
2 gigantes gasosos
2 gigantes gelados Atmosfera:
Comparada a outros planetas do Sistema Solar, a Terra possui uma atmosfera calma; seus ventos mais intensos no interior de um furacão podem chegar a 400 km/h, sendo esses casos extremos.
A atmosfera possui um importante papel na manutenção da vida terrestre, pois alguns gases são capazes de aprisionar o calor recebido do Sol durante a noite, criando um clima mais ameno que possibilita a existência de vida. Sem sua atmosfera, a Terra seria um planeta de temperaturas extremas, podendo chegar a quase 100º C em várias regiões durante o dia e a temperatura negativas extremas durante a noite. A atmosfera funciona, portanto, como um cobertor. Cinturão de astróides
Região de asteróides com formatos
irregulares que orbitam o Sol, situados entre a órbita
de Marte e de Júpiter há, aproximadamente, 3 U.A. do Sol. Gigantes gasosos
ou planetas externos Planetas interiores ou rochosos
planetas menores e mais densos
mais próximos do Sol Planetas exteriores
maiores e de menor densidade
mais distantes do Sol
Full transcript