Loading presentation...
Prezi is an interactive zooming presentation

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Programa Cultura Viva - SCDC

Apresentação conceitual sobre o programa Cultura Viva
by

Anna Paula Alvarenga

on 18 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Programa Cultura Viva - SCDC

TÍTULO DO EVENTO
DATA E LOCAL
A Política de Cultura
AÇÕES COM FOCO NO EIXO ECONÔMICO
AÇÕES COM FOCO NO EIXO SIMBÓLICO
Programa Cultura Viva
Objetivos
AÇÕES COM FOCO NO EIXO DE CIDADANIA
o Ministério da Cultura trabalha o conceito de cultura com três eixos:
- Econômico – contribuição da cultura para o desenvolvimento sustentável
- Simbólico – valores e visões de mundo
- Cidadão – direitos humanos e culturais
- Criação da Secretaria de Economia Criativa
- Lançamento do Plano Nacional de Economia Criativa (Brasil Criativo), que envolve dez Ministérios
- Fortalecimento da indústria audiovisual: SAV e ANCINE
- Programas de fomento para as artes cênicas, o circo, a música e as artes visuais: FUNARTE
- Política para o Patrimônio Imaterial
- Política para as Culturas Populares
- Política de Cultura para os povos e comunidades tradicionais:
•Afrodescendentes / Fundação Cultural Palmares
•Povos Indígenas
•Povos Ciganos
•Povos de Terreiro (religiões de matriz africana)
•Comissão Nacional para o Desenvolvimento dos Povos e Comunidades Tradicionais
- Participação da sociedade na formulação e no acompanhamento das políticas públicas de cultura
•Conferências Nacionais de Cultura
•Conselho Nacional de Cultura
•Colegiados Setoriais
•Comissão Nacional de Incentivo à Cultura
•Plano Nacional de Cultura 2011-2020
•Planos Setoriais
- Políticas de promoção do acesso aos bens e serviços culturais, e também a seus meios de produção.
- Promoção sistemática de circulação e intercâmbio nacional e internacional de grupos e indivíduos no campo cultural (Edital de Intercâmbio)
- Programa Cultura Viva
•O Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania – Cultura Viva foi criado pelo Ministério da Cultura em 2004, para estimular e reforçar a rede de criação e gestão da cultura, a partir dos Pontos de Cultura.
•O Programa reconhece e reforça a ação de pessoas e instituições responsáveis pelo fazer cultural e pela diversidade cultural brasileira.
•O Programa trabalha com os três eixos da cultura (simbólico, econômico e cidadão), e atua em interface com os direitos humanos e com o desenvolvimento sustentável.
•Desenvolver o potencial criador de ações culturais que existem na sociedade;
•Promover a criação, a formação, a circulação e o intercâmbio de bens e serviços culturais;
•Ampliar e assegurar o acesso aos meios de produção e difusão culturais;
•Promover a autonomia, o protagonismo e o empoderamento social;
•Promover a gestão compartilhada entre os Pontos de Cultura e o Estado – considerando o governo federal, os governos estaduais e municipais;
•Promover a gestão compartilhada entre os Pontos de Cultura e a população local.
- População: mais de 192.000.000
- Povos Indígenas: 817,9 mil (e cerca de 300 etnias)
36% deles vivem nas cidades.
- Língua oficial: português
- Outras línguas faladas: 274 línguas indígenas e cerca de 20 línguas de outros países.
Brasil
A diversidade cultural é a matriz para o desenvolvimento sustentável e para a promoção da cidadania cultural.
•Populações com baixo acesso aos meios de produção e difusão cultural, ou com baixo reconhecimento de sua identidade cultural.
•Culturas populares;
•Grupos artísticos independentes;
•Grupos etários: infância, adolescência, juventude e pessoas idosas;
•Segmento LGBT;
•Pessoas em sofrimento psíquico;
•Pessoas com deficiência;
•Povos e comunidades tradicionais; (indígenas, quilombolas, ribeirinhos, pescadores, ciganos, imigrantes);
•Povos tradicionais de religiões de matriz africana (Povos de Terreiro).
Público preferencial
Mestres e Mestras de Cultura
Ações Estruturantes do Programa Cultura Viva
AGENTES DE CULTURA
Rede Cultura Viva
As TEIAS
Foto: TT Catalão
cortejo na TEIA 2010
show no Encontro da Diversidade 2010
Foto: Publius Vergilius
Foto: Mila Petrillo
liderança indígena no II Seminário de Culturas Populares 2006
Badia Medeiros, violeiro, no II Seminário de Culturas Populares 2006
Foto: Mila Petrillo
grupo Giradança
Encontro da Diversidade 2010
Foto: Publius Vergilius
tocadora de berimbau em detalhe
Foto: acervo SCDC
Etapas Concluídas
Etapa 1 – Discussão e definição da metodologia de trabalho
Etapa 2 – Coleta e análise de documentos e marcos legais do Programa (Diagnóstico)
Reunião com a equipe do Programa para explicitação e pactuação dos objetivos da pesquisa
Realização de pesquisas avaliativas e levantamento dos problemas identificados pela Controladoria Geral da União – CGU;
Avaliação da adequabilidade dos instrumentos jurídicos nas políticas públicas (marco lógico).
Etapas em Andamento
Etapa 3 – Pré-montagem do Modelo Lógico
Definição de conceitos princípios e estratégias orientadoras;
Desenvolvimento da tipologia dos Pontos e Pontões.
Etapa 5 – Teste de consistência do Modelo Lógico
Etapa 6 – Realização de seminário para apresentação/ validação
Etapa 7 – Proposta para o sistema de gestão do conhecimento do programa
Nova Etapa
Criação de plataforma virtual para mapeamento, acompanhamento e monitoramento sistematizado das ações, bem como publicização e troca de informações na Rede Cultura Viva, proporcionando maior transparência e Controle Social
(cc) photo by theaucitron on Flickr
Execução Orçamentária
CIDADANIA E DIVERSIDADE EM NÚMEROS
Recomposição orçamentária/financeira e reversão da curva empenho x pagamentos
Elaboração de cronograma de desembolso para restos a pagar inscritos, reduzindo a distância e invertendo a curva empenhos/pagamentos;

Avanço na gestão financeira, honrando os compromissos dos exercícios anteriores 2004-2010;

Planejamento dos recursos para alcance das metas previstas até 2020: 15 mil Pontos de Cultura e;

Aumento do orçamento para 2013.
Atualizado em 18/09/2012
Evolução de Restos a Pagar Inscritos
Pagamentos (Restos a Pagar + LOA do Exercício)
Eventos previstos:
Conferência Nacional de Cultura;
Oficina Nacional de Políticas para Povos Ciganos;
Festival Internacional de Humor e Arte em Aids;
Seminário LGBT;
2° edição do Seminário Políticas para Diversidade Cultural;
Encontro Nacional da Rede Saúde e Cultura e;
VI Mostra Nacional Albertina Brasil de Artes sem Barreiras.
Em 2013: Encontro Nacional da Diversidade Cultural Brasileira - TEIA.
AGENDA DE EVENTOS
Propostas da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural
Valor total R$ 5.500.000
Petrobras
Evolução de Premiações 2005 a 2012
Evolução de Premiações 2005 a 2012
Parada do Orgulho GLBT 2005
Bolsa de Incentio Griô 2006
Concurso Cultura GLBT 2006
Prêmio Culturas Indígenas - Edição Ângelo Cretã - IC
Concurso Cultura GLBT 2007
Prêmio Culturas Ciganas 2007 - Edição João Torres
Prêmio Culturas Populares - Edição Mestre Duda - 100 anos de Frevo
Prêmio Inclusão Cultural da Pessoa Idosa 2007
Prêmio Culturas Indígenas - Edição Xicão Xukuru
Prêmio Cultura e Saúde 2008
Prêmio Cultura Ponto a Ponto
Bolsa de Incentio Griô 2008
Prêmio Ludicidade/Pontinhos de Cultura 2008
Concurso Público de Apoio a Paradas de Orgulho GLTB 2008
Prêmio Cultural GLBT 2008
Prêmio Culturas Populares - Edição Mestre Humberto de Maracanã
Edital de Intercâmbio Interações Estéticas/FUNARTE
Bolsa Agente Cultura Viva
Bolsa Agente Escola Viva
Prêmio Cultura Ponto a Ponto
Prêmio Estórias de Pontos de Cultura
Prêmio Mídia Livre
Prêmio Pontos de Valor
Prêmio Asas I
Prêmio Tuxáua Cultura Viva 2009
Prêmio Apoio a Pequenos Eventos Culturais
Prêmio Cultural GLBT 2009
Prêmio Culturas Populares - Edição Mestra Dona Isabel
Prêmio Loucos pela Diversidade 2009 - Edição Austregésilo Carrano
Edital de Intercâmbio Interações Estéticas/FUNARTE
Cultura e Saúde 2010
Pontinhos de Cultura 2010
Prêmio Asas II
Prêmio Areté - Apoio Pequenos Eventos
Prêmio Cultura Digital 2010
Prêmio Economia Viva
Prêmio Tuxaua Cultura Viva 2010
Prêmio Cultura Hip Hop 2010 - Edição Preto Ghóez
Prêmio Culturas Ciganas 2010
Prêmio Culturas Indígenas - Edição Marçal Tupã-Y - IC
Prêmio Inclusão Cultural da Pessoa Idosa 2010 - IC
Edital de Intercâmbio Interações Estéticas/FUNARTE
Prêmio Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Interculturais
Prêmio Arte e Cultura Inclusiva 2011 – Edição Albertina Brasil – “Nada Sobre Nós Sem Nós” - IC
Prêmio Culturas Indígenas - Edição Raoni Metuktire - IC
Edital de Intercâmbio Interações Estéticas/FUNARTE
Prêmio Culturas Populares - Edição Mazzaropi
Do conjunto das 26 redes estaduais e DF com convênios vigentes, 19 foram pagas (66%);
Das 44 redes municipais com convênios vigentes, 35 foram pagas (80%);
Das duas redes intermunicipais com convênios vigentes, uma foi paga (50%);
Dos 109 convênios vigentes de pontos e pontões conveniados diretamente com o MinC, 65 foram pagos (60%), sendo 34 pontos e 31 pontões e;
Pagamento de 644 iniciativas oriundas de 10 editais de premiação em diversas áreas.
Resultados Relevantes
São instituições formais, não lucrativas, de natureza/finalidade cultural, que desenvolvem e articulam atividades culturais nos eixos de informação, comunicação e educação, em colaboração com as redes temáticas da cidadania e da diversidade cultural e/ou os Pontos de Cultura.
São selecionados por edital público.
•Até hoje, o Ministério de Cultura já apoiou a implementação de 142 Pontões de Cultura, distribuídos em todas as regiões do país.
1.Pontos de Cultura
2.Pontões de Cultura
3.Agentes de Cultura
4.Mestres e Mestras de Cultura
5.Rede Cultura Viva
São pessoas que possuem conhecimentos, notórios saberes e reconhecida prática cultural na comunidade onde vivem e trabalham, com ampla experiência em sua atividade, e capacidade de transmissão de geração em geração de conhecimentos, fazeres, celebrações, conhecimentos e formas de expressão artísticas e culturais.

Os Mestres e Mestras de Cultura serão valorizados e apoiados na continuação de suas atividades, de seu fazer cultural, e na transmissão de seus conhecimentos e práticas, através da concessão de prêmios e bolsas e outras ações de fomento, reconhecimento e intercâmbio.

Os Mestres e Mestras de Cultura - parceiros no processo educativo de crianças, jovens, adultos, idosos, grupos e comunidades, e a preservação e proteção do patrimônio cultural do Brasil, através da prática de transmissão intergeracional de conhecimentos e práticas culturais - contribuirão na formação e nas atividades dos agentes de cultura.
Pessoas com habilidades educacionais e culturais, que receberão formação e bolsas para atuar como elos entre o poder público e a sociedade civil na articulação e implementação das políticas públicas culturais e políticas transversais.

Os Agentes de Cultura vão atuar na promoção da gestão compartilhada do Programa Cultura Viva, contribuindo para a formação cultural na comunidade, para a preservação do patrimônio, valorização da diversidade cultural, e promoção dos direitos humanos, articulando lideranças, grupos, pontos de cultura e outras iniciativas semelhantes.

Os Agentes de Cultura serão selecionados e capacitados para atuar em suas próprias comunidades, com responsabilidade social e comprometimento ético, proporcionando a ampliação da participação social e do exercício dos direitos culturais.
União Cigana do Brasil 2010
Foto: Publius Vergilius
Pontos de Cultura
•São grupos formais ou informais de natureza/finalidade cultural, que desenvolvem e articulam as atividades culturais em suas comunidades.
•Não há modelo, seja de instalações físicas, seja de programa de atividades.
•São selecionados por edital público.
Entre 2004 e 2012 o Ministério de Cultura apoiou a implementação de 3.703 Pontos de Cultura, distribuídos em todas as regiões do Brasil, em todos os Estados, e em cerca de mil municípios.Entre 2004 e 2012 o Ministério de Cultura apoiou a implementação de 3.703 Pontos de Cultura, distribuídos em todas as regiões do Brasil, em todos os Estados, e em cerca de mil municípios.
Aspectos em comum
•Os Pontos são iniciativas culturais cuja atuação promove a participação comunitária;
•A gestão é compartilhada entre o Ponto de Cultura, o poder público e a comunidade;
•Os pontos estimulam que os espectadores se tornem produtores de conteúdos. Para isso, os Pontos de Cultura recebem um kit multimídia com câmeras digitais, equipamento para gravação e edição de imagens e de sons etc.
•Os Pontos de Cultura são articulados em redes, de acordo com seu território e identidades, e com os temas de interesse.
Pontões de Cultura
É um espaço de interlocução institucional e uma estratégia política protagonizada pelo MinC, os gestores dos estados da federação, os Pontos e Pontões de Cultura e o conjunto de instituições, mestres e mestras de cultura, agentes de cultura, grupos formais e informais que são beneficiados pelas políticas públicas sob a responsabilidade da SCDC/MINC.
São momentos de encontro entre os Pontos de Cultura de todo o país, para promover e estimular o intercâmbio de informações e experiências, e promover a capacidade de viver em harmonia, com respeito pelas diferenças e a diversidade cultural.
• O Ministério realizou quatro TEIAS nacionais, em diversas cidades, e também TEIAS estaduais.
Plano Nacional de Cultura
USINAS CULTURAIS
•Elaborado com a participação da sociedade, durante as Conferências Nacionais de Cultura (2006 e 2009).
•Aprovado pelo Congresso Nacional para o período de 2011 a 2020, prevê a criação de novos Pontos de Cultura, tendo como meta o apoio a 15.000 Pontos até 2020.
O Programa Cultura Viva é uma das ações prioritárias do Ministério de Cultura, e integra a Rede de Cidadania Cultural, junto com as Praças de Esportes e Cultura (PEC), as Usinas Culturais, as Bibliotecas e Espaços Mais Cultura, e agora também os Centros Educacionais Unificados das Artes (CEU das Artes).
•Inversiones en programación e infraestructura cultural destinada a las poblaciones de las áreas de grande vulnerabilidad social, localizadas en 135 municipalidades brasileñas, donde fueran constatados los más grandes índices de homicidios de jóvenes del país.
•Objetivo: estimular el combate a la violencia con la implantación de políticas públicas de fortalecimiento de los valores de la ciudadanía y de la diversidad de las expresiones culturales; incentivar el desarrollo de la Economía Creativa, añadir la oferta de empleo y renta en estas comunidades; crear alternativas de cultura y ocio; promover los valores de la ciudadanía y de la diversidad cultural.
PRAÇAS DE ESPORTES E CULTURA
•São equipamentos públicos municipais que reúnem ações das áreas de cultura, lazer, esportes, formação e qualificação para o mercado de trabalho, além de serviços de assistência e inclusão social, com os objetivos de promover a cidadania e reduzir a pobreza nas áreas onde serão implantadas as praças.
•Ação interministerial desenvolvida pelos ministérios da Cultura, dos Esportes, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Trabalho e Emprego, e da Justiça. O MinC é responsável pela avaliação e coordenação das propostas selecionadas para serem executadas nesses locais.
•Até 2014, serão construídas 800 PECs em todo o país.
CIRCUITO CULTURA VIVA
Implementação de circuitos territoriais ou virtuais de circulação de produtos, bens e conteúdos culturais, bem como a promoção de intercâmbios, residências artísticas e culturais, e de aderência dos equipamentos culturais (teatros, bibliotecas, museus, centros culturais, teatros etc.) aos objetivos do Programa Cultura Viva.
agenda.scdc@cultura.gov.br
atendimento.cidadaniaediversidade@cultura.gov.br
(61) 2024-2778 / 2780

@culturaviva
@diversidademinc
facebook.com/cidadaniaediversidade

www.cultura.gov.br/culturaviva
LOGO DO EVENTO
Full transcript