Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Apresentação Qualificação Mestrado UFRGS

No description
by

Thais Maranhão

on 24 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Apresentação Qualificação Mestrado UFRGS

Referências Utilizadas
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
ESCOLA DE ENFERMAGEM
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA
MESTRADO ACADÊMICO EM SAÚDE COLETIVA

Metodologia
Resultados Esperados
Produção de Coletânia de Cartas Pedagógicas (CAMINI, 2012):
- Fomento de escritas dos sujeitos envolvidos no VER-SUS/Brasil 2003/2005 com objetivo de reflexão pedagógica acerca da experiência e relacionada à temas atuais.
Facilitadores no VER-SUS/Brasil 2004: efeitos potenciais da experiência na trajetória acadêmica e profissional e relevância destes atores para a realização do projeto
Projeto de Dissertação de Mestrado a ser apresentado em banca de qualificação

Mestranda: Thaís Maranhão de Sá e Carvalho
Orientadora: Prof. Dra. Izabella Barison Matos

Setembro de 2013

Implicação da pesquisadora
Trajetória de vida e implicação com os estágios e vivências no sus
Questões Iniciais
Formação de profissionais para o SUS
- Um dos desafios para consolidação do SUs;

- Distância entre as necessidades de cuidado da população, as práticas dos profissionais, os serviços de saúde e a formação em saúde.

- Campo da Saúde coletiva - local de discussão sobre a reforma sanitária e formulações para o SUS. Entretanto nos currículos é local de pouco prestígio.

- Importância do debate da formação estar associado às mudanças no trabalho em saúde.
Histórico de Iniciativas Nacionais de Mudanças na Formação
Principais referenciais para análise
- Educação na saúde : Ceccim (2004), Ferla (2011) e Feuerwerker (2004);
- Trabalho em saúde: Merhy (2002);
- Reforma sanitária: Paim(2008);
- Movimento estudantil: Leite (1992);
- O VER-SUS/Brasil é um dispositivo, na área da saúde, que oportuniza aos estudantes de graduação conhecer a realidade do Sistema Único de Saúde (BRASIL, 2003), Geralmente durante o período de férias;

- Imersão de universitários, diferentes formações acadêmicas, em conjunto com facilitadores - Vivenciar cotidiano de trabalho das organizações de saúde - atenção, gestão, controle social;

- Organizado pelo Ministério da Saúde (DEGES/SEGTES) e Movimento Estudantil da área da saúde (executivas de curso);

- Em 2003/2005, os facilitadores - considerados orgânicos do movimento estudantil;
- Os facilitadores tinham como atuação contribuir com o processo pedagógico, problematizando as experiências vividas, auxiliando nas questões de convivência em grupo e, na comunicação com as comissões organizadoras. (FERLA et al., 2013).
Edições do VER-SUS/Brasil

Projeto Piloto (jan/fev 2004):
- 11 municípios e 122 estudantes;
VER-SUS/Brasil (set/out 2004):
- 53 municípios e 1.200 estudantes;
VER-SUS/Brasil (jan/fev 2005):
- 10 municipios e 251 estudantes;

A partir de 2011 o VER-SUS foi retomado, com nova configuração organizacional. Já produziu cinco edições: (2011-piloto, 2012 e 2013 - verão e inverno)
- Apesar dar relevância do VER-SUS na formação profissional e do envolvimento de um grande número de pessoas - pouco conhecimento sistematizado foi produzido sobre o assunto;


- Integra o "Projeto pesquisas avaliativas da educação permanente em saúde e estágios e vivências no Sistema Único de Saúde: estudos multicêntricos de práticas educativas envolvendo a atenção básica no cotidiano dos serviços e sistemas de saúde" - UFRGS/Rede Governo Colaborativo em Saúde.
- A pesquisa se propõe a analisar a atuação do facilitador - ainda não abordado em estudos anteriores.
Que relevância é atribuida à atuação dos facilitadores do VER-SUS?
Em que medida, ter sido facilitador, contribuiu ou não na conformação da trajetória acadêmica e profissional?
Objetivo Geral:
- Analisar os efeitos potenciais das experiências/encontros, do VER-SUS/Brasil de 2004, na trajetória acadêmica e profissional de facilitadores e a relevância destes atores para a realização do projeto;
• Levantar a contribuição das experiências/encontros VER-SUS na formação acadêmica e escolhas profissionais dos facilitadores da época. Saber em que medida, ter sido facilitador, contribuiu ou não na conformação/no traçado/no percurso da trajetória acadêmica e profissional.
• Descrever as características dos facilitadores.
• Saber em que consistia a facilitação: quais e como foram as atividades de formação realizadas.
• Identificar as características ou dimensões desta facilitação (pedagógica, militante ou outra).
• Investigar a relevância atribuída à atuação dos facilitadores deste projeto, por eles mesmos e pelos organizadores/coordenadores do VER-SUS/Brasil.
• Contribuir para a sistematização dos processos de educação permanente na Atenção Básica.
• Subsidiar as práticas no SUS e nos espaços de formação profissional.

Objetivos Específicos
Literatura sobre VER-SUS
Dissertações e Teses
- Portal de Teses da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes
TORRES, 2005 : Dissertação - Mestrado Profissional em Gestão de Sistemas de Saúde. UFBA.
BILIBIO, 2009 : Tese - Doutorado em Educação. UFRGS.
VALENÇA, 2011 : Dissertação - Mestrado acadêmico em Enfermagem. UFRN.
Artigos
- Descritores: "Sistema Único de Saúde"; " formação de recursos humanos", "educação em saúde"; "relações comunidade-instituição"; "educação superior".
- Palavra-chave: "VER-SUS".
ALVES, CARDOSO e DIMKOSKI, 2005. Revista Familia, saúde e desenvolvimento, set-dez, 2005. (RS)
CANÔNICO e BRETAS, 2008. Revista Acta paulista de enfermagem, 2008. (SP)
MENDES, et al. Revista Psicologia, ciência e profissão, 2012.
Monografias e Trabalhos de Conclusão de Curso
Acesso ao acervo online das bibliotecas de 192 universidades brasileiras, além dos locais já descritos.
- Cinco TCCs de graduação : SOUZA, 2004, enfermagem, UFRGS; LEAL, 2005, administração de sistemas e serviços de saúde, UERGS; GARCIA, 2005, UFJF; GUIMARÃES, 2006, farmácia, UNIJUI; TOMIMATSU, 2006, serviço social, UnB.
- Três TC de especialização: ROCHA, 2004, administração de sistema e serviços de saúde, UFRGS; SOUZA, 2009, saude pública, ENSP-RJ; SANTOS, 2009, saúde pública, ENSP-RJ.
Anais de Eventos
Pesquisa anais Associação Brasileira de Saúde Coletiva - ABRASCO e Associação Brasileira Rede Unida - Rede Unida
Congressos da Rede Unida por quantidade de resumos com o tema VER-SUS

6º Congresso - Belo Horizonte, 2005 1
7º Congresso - Curitiba, 2006 8
8º Congresso - Salvador, 2009 1
9º Congresso - Porto Alegre, 2010 15
10º Congresso - Rio de Janeiro, 2012 148

Total 173
Fonte: Anais congressos Rede Unida, junho de 2013. Elaboração própria, 2013.

Fonte: DIas et al., 2013
Facilitadores VER-SUS 2004
- Lista Seminário "Os estudantes de graduação da área da saúde e o SUS", junho de 2003, apresentação VER-SUS = 129 estudantes - 32 fizeram o piloto.
- Lista participantes do Projeto Piloto VER-SUS = 143 estudantes
= Pesquisa e contato via Facebook e lattes.
Dos 143 estudantes, 112 foram localizados, 55 foram facilitadores e 31 ainda não responderam.
Fonte : Elaboração própria, 2013.
- Pesquisa qualitativa, tipo descritiva (MINAYO, 2010).
- Instrumentos produção dados: pesquisa documental, bibliográfica (GIL, 2008) e entrevista semi-estruturada (MINAYO, 2010);
- Análise perspectiva proposta pela hermenêutica-dialética (MINAYO, 2010);

- Sujeitos
1) Facilitadores edição VER-SUS 2004 - 15 pessoas;
2) Gestores federais da coordenação nacional do VER-SUS 2003-2005 - 5 pessoas;
- Critério de saturação (MINAYO, 2010).
- Procedimentos relativos à ética em pesquisa:
Serão atendidas as exigências da resolução 466/2012 - Conselho Nacional de Saúde;
Será utilizado Termo de Consentimento Livre e Esclarecido;
Carta de Aprovação nº21905 - Projeto no qual este estudo está inserido.
Concretizar os objetivos da pesquisa;
Cronograma
- CAMINI, Isabela. Cartas pedagógicas: aprendizados que se entrecruzam e se comunicam. São Paulo: Outras expressões, 2012.DIAS, Henrique Sant’Anna; LIMA, Luciana Dias de; Teixeira, Márcia. Trajetória da política nacional de reorientação da formação profissional em saúde no SUS. Ciência e Saúde Coletiva, v.18, n. 6, p.1613-1624, 2013.
- CECCIM, Ricardo Burg; FEUERWERKER, Laura Camargo Macruz. O quadrilátero da formação para a área da saúde: ensino, gestão, atenção e controle social. PHYSIS, Revista de Saúde Coletiva, v.14, n.1, p. 41-65, 2004.
- DIAS, Henrique Sant’Anna; LIMA, Luciana Dias de; Teixeira, Márcia. Trajetória da política nacional de reorientação da formação profissional em saúde no SUS. Ciência e Saúde Coletiva, v.18, n. 6, p.1613-1624, 2013.
- FERLA, Alcindo Antônio; RAMOS, Alexandre de Souza; LEAL, Mariana Bertol; CARVALHO, Mônica Sampaio. Caderno de Textos do VER-SUS/ Brasil. Porto Alegre: Rede Unida, 2013.
- FEUERWERKER, Laura. Modelos tecnoassistenciais, gestão e organização do trabalho em saúde: nada é indiferente no processo de luta para a consolidação do SUS. Interface – Comunicação, saúde e educação, v.9, n. 18, p. 489-606, set/dez, 2005.
- LEITE, Denise. A aprendizagem política do estudante universitário. Educação e Realidade, v.17, jul/dez, p. 25-31, 1992.
- MERHY, Emerson Elias. Saúde: cartografia do trabalho vivo. São Paulo: Hucitec, 2002.
- MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 12. ed. São Paulo: Editora Hucitec, 2010.
- PAIM, Reforma sanitária brasileira: contribuições para a compreensão e crítica. Salvador: EDUFBA, 2008.
Gráfico: Facilitadores VER-SUS 2004 por curso e por atividade de trabalho.
Fonte: Elaboração própria, 2013
Marcadores Analíticos
- Educação Permanente em Saúde;
- Pedagogias problematizadoras;
- Integração ensino-serviço-comunidade;
- Mudança de modelos de gestão e atenção;
- Protagonismo estudantil;
Full transcript