Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Como Quebrar o ciclo da DENGUE

No description
by

natalia alves

on 3 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Como Quebrar o ciclo da DENGUE

Vamos aprender juntos? Você sabe diferenciar o mosquito da dengue de um pernilongo comum? Culex quinquefaciatus,
o pernilongo doméstico Fique atento e preste atenção:

•O Culex é de coloração morrom enquanto o A. Aegypti é mais escuro e com marcações brancas no corpo e nas patas;

•O A. aegypti é um mosquito diurno, ( o que não significa que ele não pique à noite), oportunista, discret (raramente notado), arisco ( dificil de ser apanhado).

•Já o Culex, é um mosquito noturno, tem um zumbidos característicos e facíl de se apanhar. A fêmea deposita seus ovos em locais com água parada (limpa ou pouco poluída).
As larvas são brancas quando nascem, mas tornam-se negras depois de algumas horas.
O mosquito é de tamanho pequeno, possuindo, em média, 0,5 cm de comprimento.
Possui cor preta com manchas (riscos) brancos no dorso, pernas e cabeça. Logo que ficam adultos os mosquitos já começam a picar. A fêmea do mosquito pica porque precisa do sangue para amadurecer seus ovos. Então, ao sugar o sangue de alguém com o vírus da dengue, o inseto é infectado.
Dentro do mosquito (ou melhor, da “mosquita”!), o vírus segue diretamente para o seu estômago, onde fica de dez a 12 dias.
Ali, ele se multiplica e se espalha pelo organismo do inseto, chegando às glândulas salivares.
É aí que a fêmea do A. aegypti se torna transmissora (ou vetor) do vírus da dengue para outras pessoas que vier a picar, porque, antes de sugar o sangue, ela injeta um pouco de saliva, que se estiver contaminada…
A fêmea do mosquito da dengue vive até 30 dias. Para conseguir o sangue de que necessita para se alimentar e amadurecer seus ovos, ela tem, digamos, uma arma secreta.
Sua saliva contém substâncias que funcionam como um anestésico, o que dificulta que a pessoa que está sendo picada perceba o inseto em ação. Os tipos de vírus transmitidos...
Verdade seja dita: não é certo que a pessoa picada pela fêmea do A. aegypti desenvolverá a doença.
Se a vítima do mosquito for alguém que nunca teve a dengue, a resposta é sim, ela adoecerá.
Porém, existem quatro tipos de vírus da dengue, denominados 1, 2, 3 e 4. Uma pessoa que já teve dengue do tipo 1, por exemplo, torna-se imune a esse vírus, adoecendo apenas se for infectada com os tipos 2, 3 e 4.
Quem já teve dengue dos tipos 1 e 3, por exemplo, adoecerá se for contaminada com os tipos 2 e 4, e por aí vai…
Como a fêmea do A. aegypti não apresenta carteira de identidade, tampouco anuncia com qual tipo de vírus ela está infectada, o que temos a fazer é nos proteger de todo e qualquer mosquito!
(Esta é uma reedição do texto publicado na CHC 230.)
Denise Valle, Laboratório de Fisiologia e Controle de Artrópodes
Vetores, Instituto Oswaldo Cruz Assista o desenho animado e descubra os
Sintomas da doença Faça a sua parte: Mantenha a caixa d'água sempre fechada! Encha de areia os pratinhos dos vasos de plantas Entregue pneus velhos ao serviço de limpeza urbana ou guarde-os sem água em local coberto e abrigados da chuva Coloque o lixo em sacos
plásticos e mantenha a lixeira bem fechada.
Não jogue lixo em terrenos baldios Guarde garrafas sempre de cabeça para baixo. FONTES DE PESQUISA: http://otics-iraja.blogspot.com.br/2013/01/vamos-todos-contra-dengue-entre-nessa.html
http://www.suapesquisa.com/mundoanimal/mosquito_da_dengue.htm
http://chc.cienciahoje.uol.com.br/verao-tempo-de-dengue/ UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
FACULDADE DE EDUCAÇÃO/UABIII
EDUCAÇÃO ONLINE: REFLEXÃO E PRÁTICA
PROFESSOR: Octávio Silvério de Souza Vieria Neto
TUTOR: Valério Alexandre Souto dos Santos
ALUNA: Natália Alves de Andrade de Souza
Full transcript