Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Mercosul

No description
by

João Victor Martins

on 18 September 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Mercosul

MERCOSUL O Mercosul Mercosul (Mercado Comum do Sul) foi criado em 26/03/1991. Com a assinatura do Tratado de Assunção no Paraguai.

Objetivo:
Busca uma integração mais competitiva das economias tornando mais atraente os investimentos na região, estimulando o fluxo de comércio com o mundo.
Abertura das economias para integração mundial.
Desenvolvimento científico e tecnológico e ampliação de ofertas e da qualidade dos bens e serviços para uma melhor condição de vida da população. Junto de um aproveitamento mais eficaz dos recursos. Membros:
Argentina
Brasil
Uruguai
Paraguai (Suspenso temporariamente)
Venezuela (Aderido recentemente)
Países Associados:
Chile
Equador
Colômbia
Bolívia
Peru

População Total: estimada em 311 milhões.

PIB: aproximadamente 2 trilhões de dólares. Histórico Situação Econômica US$ 50.000 de produção por Km
Renda per capita de US$ 5.000
13% das importações e exportações brasileiras são referentes à negociações através do Mercosul.
Comércio do Mercosul alcançou o valor de US$ 10 bilhões em 1995.
Há grande complementariedade entre as economias, facilitando o transporte de cargas nas negociações externas.
Segundo a Presidente Dilma Rousseff: "Mercosul torna-se a quinta economia mundial com a entrada da Venezuela." Conflitos: Argentina x Brasil Paraguai X Venezuela Acusado de má administração e de participação em guerrilhas, o Presidente Paraguaio, Fernando Lugo, foi deposto. Por causa disso, o Paraguai foi suspenso do Mercosul.
Com a suspensão do Paraguai. foi possível a entrada da Venezuela como membro definitivo.
Em contra partida, o Paraguai estuda entrar com um recurso em corte internacional para impedir a efetivação. Alegando ser ilegal a entrada da Venezuela, pois a votação foi feita durante a suspensão do Paraguai. Originou-se nos acordos comerciais entre Brasil e Argentina elaborados em meados dos anos 80.
No início da década de 90, o ingresso do Paraguai e do Uruguai torna a proposta de integração mais abrangente. Em 1995 instala-se uma zona de livre comércio.
Cerca de 90% das mercadorias fabricadas nos países-membros podem ser comercializadas internamente sem tarifa de importação.
Mas há varias setores que ainda possuem barreiras alfandegárias, que deverao desaparecer no futuro.
O Mercosul consolida-se cada vez mais e assim atinge seu funcionamento e alavanca resultados expressicos. A Argentina impede a entrada de produtos dos setores automobilístico e da Linha Branca (geladeiras, microondas, fogoes, etc) pois dificulta o crescimento desses setores no país.
Na área agrícola o Governo Argentino alega que o Brasileiro oferece subsídios aos produtores de açúcar, prejudicando o comércio de seu país pois o preço é muito mais competitivo.
Em 1999 a Argentina estabelece barreiras aos tecidos de algodão e lã produzidos no Brasil.
No mesmo ano Argentina passou a exigir selos de qualidade nos calçados vindos do Brasil no mercado argentino. Argentina x Chile O Presidente Kirchner da Argenina levou o governo do Chile à OMC pela aplicação de sobretaxas para a entrada de laticínios argentinos.
O cenário complicou-se com a determinação de aumentar as salvaguardas para a entrada de farinha de trigo proveniente da Argentina.
As medidas chilenas foram interpretadas como represália pelas constantes reduções que o governo Kirchner determina para as exportações de gás para o Chile Mudanças Ao longo dos anos foram assinados diversos tratados que mudaram o rumo do Mercosul, entre eles:

Tratado de Assunção:
Assinado em 26 de março de 1991, entre a Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.
O objetivo era criar um mercado comum entre os países acordados formando então, o que popularmente foi chamado de Mercosul.

Protocolo de Brasília:
Assinado em 1992
Foi um documento elaborado com o intuito de firmar um compromisso entre organizações
Varias empresas assinaram o protocolo como o Banco do Brasil, Caixa ,Correios entre outros.

Protocolo de Ouro Preto:
Assinado em 1994 como um complemento do Tratado, estabelecendo que o Tratado de Assunção fosse reconhecido juridicamente e internacionalmente como uma organização.
Denominou-se assim porque foi assinado na cidade histórica de Ouro Preto, em Minas Gerais.

Protocolo de Ushuaia:
Assinado em 24 de julho de 1998 na cidade argentina de Ushuaia pelos quatro Estados-membros do Mercosul (Argentina , Brasil , Uruguai e Paraguai) mais dois Estados-associados (Bolívia e Chile)
Com o objetivo de reafirmar o compromisso democrático entre os Estados assinados. Argentina x Uruguai Argentina mantém conflito (diplomático-comercial) com o Uruguai por causa da construção de uma megafábrica de celulose nas margens uruguaias do Rio Uruguai.
Com isso, vias terrestres e fluviais entre a Argentina e o Uruguai poderiam ser bloqueadas em caso dos manifestantes tentarem driblar as forças de segurança e realizar piquetes na entrada do porto de Buenos Aires.
O governo uruguaio acusa Kirchner de violar as regras do Mercosul de livre circulação de bens e pessoas. Autoridades dos dois países têm trocado farpas por divergências em torno do Tratado de Itaipu e do tratamento dado aos brasileiros que vivem no Paraguai.
Fernando Lugo, quer que o Brasil pague mais pela energia excedente gerada pela Usina Binacional de Itaipu e sugeriu até a imediata revisão do tratado que vigora até o ano 2023.
O Brasil descarta mudanças no tratado, mas admite rever a tarifa de energia
Os ''brasiguaios'' (Brasileiros que vivem no Paraguai) enfrentam conflitos com os sem-terra paraguaios e com a nova lei que garante exclusividade aos paraguaios na propriedade de terras na região de fronteira.
Com isso, o Congresso brasileiro poderá deixar de aprovar projetos bilaterais de investimento, caso o Paraguai não garanta a tranqüilidade dos brasileiros que vivem naquele país. Brasil x Paraguai Evolução do Produto Interno Bruto, 1990 / 2000 e 2005 - 2008 Produto Interno Bruto: 2008 Exportações Importações Participação dos Países Membros no total do Comércio Exterior Direção das Exportações Origem das Importações Comércio com o Brasil: Importações Exportações http://www.camara.gov.br/mercosul/Outros/Historico.htm
http://www.brasilglobalnet.gov.br/ARQUIVOS/IndicadoresEconomicos/PrincipaisIndEconComMERCOSUL.pdf
http://www.pederneiras.sp.gov.br/mercosul/index.html
http://www.suapesquisa.com/mercosul/
http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-88392002000100006&script=sci_arttext
http://mundorama.net/2012/02/10/crise-europeia-e-os-efeitos-para-o-mercosul-por-ariane-roder-figueira/
http://www.brasilglobalnet.gov.br/ARQUIVOS/IndicadoresEconomicos/PrincipaisIndEconComMERCOSUL.pdf
http://amigonerd.net/trabalho/7521-mercosul Bibliografia Tamanho das Economias - 2001 Prós:

Facilitaria trocas comerciais entre membros
Uso do dolar traz muita incerteza cambial
Crescimento economico dos países membros Moeda Única Contras:

Países possuem diferentes estruturas políticas
Todas as nações terão de cumprir normas rígidas como controle de inflação, taxas de juros, preços e salários.
Caso um dos membros não cumpra essas normas, todo o grupo sofrerá as conseqüências. Países-membros tomaram medidas para defender suas economias em conjunto.
Mesmo com riscos, os países do Mercosul viram que sua estabilidade econônima comparada aos eixos da crise direcionaria os investimentos para a América Latina. = expectativa de crescimento e desenvolvimento.
Brasil (principalmente, por ser emergente) e Argentina foram grandes estabilizadores do bloco por estarem no G-20 e terem grande poder de decisões do sistema economico mundial
Hoje: Mercosul sofre consequências da crise, porém conseguem manter-se em crescimento e desenvolvimento econômico devido a economia estável. Reação à crise econômica de 2008 e como está no contexto econômico atual http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2012/08/paraguai-vai-recorrer-da-entrada-da-venezuela-no-mercosul.html 2 Bernardo Sá
Gabriela Cremonese
João Victor Martins
Patricia Godoy
Sabryna Goulart Alunos: M124
Prof°: Léo
Matéria: GEOGRAFIA
Full transcript