Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

1s l2 lit mod6

Funções da Linguagem
by

beatriz bastos

on 8 January 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of 1s l2 lit mod6

Funções da Linguagem Cada uma das funções
está relacionada a um dos elementos da comunicação. Função Emotiva Função Poética Ao combinarmos as palavras de um jeito “especial”, ao escolhermos uma palavra que “soa“ melhor, enfim, quando nos preocupamos com a “arrumação” do texto estamos diante da função poética. Esta função está presente em textos publicitários, nos provérbios, ou até em construções do nosso dia a dia. Claro que no poema essa preocupação é mais evidente, pois a sonoridade, o ritmo e a seleção vocabular caracterizam esse tipo de composição. A função poética está ligada à mensagem, já que visa a preocupação com os elementos que serão colocados no texto. Função Referencial Esta função centra-se na informação. A linguagem é clara e objetiva ao transmitir dados da realidade. É a função que predomina nos textos jornalísticos, nos textos técnicos e cientícos.



Ocorre a função fática quando a intenção é manter contato com o destinatário. Isto é, a preocupação está no canal comunicativo. É importante que ele esteja “aberto” enquanto o emissor transmite sua mensagem. E para saber se o destinatário ou receptor está ainda em contato, preci-samos, a todo momento, “testar” esse canal. As conversas por telefone e frases do tipo “olha.... / hei, psiu” são bons exemplos dessa função. Questões de
APLICAÇÃO 1. Leia os trechos a seguir e diga qual função de linguagem prevalece em cada um.

a) Ah!Ah! Jamais ter necessidade de pronunciar essa interjeição...

(QUINTANA, Mário. Caderno H)

b) “Oh! que saudades que tenho
da aurora da minha vida,
da minha infância querida,
que os anos não trazem mais!”
(Casimiro de Abreu)

c) “Inflação do ano foi de 9%”
(“O Globo”, 12/09/2004)

2. O trecho abaixo é o final de uma carta comercial:
“Nada mais havendo a tratar, no momento, e desejando aos clientes um feliz e próspero Ano Novo, aproveitamos o ensejo para cumprimentá-los”
Atenciosamente,
Dois Irmãos Ltda.
(CAMPEDELLI, Samira Yussef, et alii. Produção de textos e Usos da linguagem. 2ed. Editora Saraiva, 1999)
Qual é a função predominante no texto acima? Questões
COMPLEMENTARES 1. Assim como Ferreira Gullar em seu poema intitulado “Poema brasileiro”, faça um poema utilizando recursos inusitados em sua composição. Seu texto deverá ter intensidade expressiva, linguagem poética.

Leia o texto e responda às questões a seguir:

Ensino e elitização
A pesquisa divulgada pela Unicamp sobre a situação socio-econômica dos candidatos a seus exames vestibulares lança luz sobre uma polêmica muitas vezes submersa no emocionalismo e na demagogia. Tendo adotado um vestibular com provas discursivas – que, sem dúvida, avaliam melhor o aluno – a Unicamp se viu objeto de ataques ao conteúdo pretensamente “elitizante” do novo sistema. O levantamento indica que a mudança no vestibular não alterou signicativamente o quadro social dos aprovados. Sem dúvida continuam a provir, proporcionalmente, da parcela mais privilegiada da população. “A discriminação social está dada”, diz um dos realizadores da pesquisa, “e o vestibular não tem condições de driblá-la”. Com efeito: trata-se, antes de tudo, de melhorar a escola pública, assegurando igualdade de oportunidades a todos os vestibulandos; “facilitar” os exames, com base em algum argumento “antielitista”, seria apenas o rumo de uma maior deterioração da qualidade do ensino superior. (Folha de S.Paulo, 13 jul. 1989) No texto em que prevalece essa função, temos a expressão direta do emissor. Em um tom confessional, o texto passa a ser a marca de uma atitude pessoal. Temos como características marcantes o emprego da 1.ª pessoa, linguagem subjetiva (conotativa), pontuação expressiva e exclamações.

“Entre mim e mim, há vastidões bastantes para navegações dos meus desejos aigidos”.
(Cecília Meireles) Essa função procura seduzir, persuadir o receptor. Isto quer dizer que existe a intenção de organizar um texto voltado totalmente para quem receberá a mensagem. Um grande exemplo é o discurso político. Como características temos a presença de vocativos, de verbos no imperativo e pronomes na 2.ª pessoa. Função Apelativa Poeminha sobre insuficiência:
Rapazinho
Estuda depressa
Pois burro aos trinta
É burro à beça (FERNANDES, Millôr. Millôr Fernandes – Poemas.Porto Alegre: L&PM, 1984) “Quem casa quer casa”.

Ditado popular Função Metalínguística Quando a mensagem tem como referente o próprio código, analisando-o, explicando-o ou definindo-o estamos diante da metalinguagem. Por exemplo, certos poemas têm como tema a própria arte de se fazer poemas. Ou então no nosso cotidiano quando fazemos a pergunta “não entendi. Pode explicar novamente?” Inevitavelmente a resposta será uma função metalinguística, uma vez que será utilizado o código (língua portuguesa) para explicar o que foi dito antes. Poesia:
“Gastei uma hora pensando um verso
Que a pena não quer escrever
No entanto ele está cá dentro
Inquieto vivo.
Ele está cá dentro e não quer sair.
Mas a poesia deste momento
Inunda minha vida inteira”

(Carlos Drummond de Andrade) Função Fática 3. Explique em que consiste a função poética nos textos abaixo:
a)
Autor de best-sellers místicos lança
As Valquírias, em que narra o encontro com seu anjo da guarda.

b)
A guilhotina a prazo coloca ministros numa situação constrangedora e revela osmcarrapatos que se agarram com força na cadeira.

4. Poema brasileiro
No Piauí de cada 100 crianças que nascem
78 morrem antes de completar 8 anos de idade

No Piauí
De cada 100 crianças que nascem
78 morrem antes de completar 8 anos de idade

No Piauí
De cada 100 crianças
Que nascem
78 morrem antes de completar 8 anos de idade

antes de completar 8 anos de idade
antes de completar 8 anos de idade
antes de completar 8 anos de idade
antes de completar 8 anos de idade
(GULLAR, Ferreira. Toda poesia - 1950-1980. 3. Ed. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1983)

Qual o objetivo do poeta ao trabalhar essa estrutura no poema? A Cartola do Coelho Festival de zumbis 2. O texto tem a intenção de inflfluenciar a opinião do receptor?

3. Quais são os trechos que caracterizam a expressividade do autor?

4. Quais são as funções de linguagem presentes no trecho acima?

5. Qual a sua opinião sobre o vestibular? Você acha que é “elitista”?
Full transcript