Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Senhorita Júlia - Strindberg

No description
by

Marina Bagatini

on 20 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Senhorita Júlia - Strindberg

Senhorita Júlia - Strindberg
August Strindberg
Escritor, ensaísta, dramaturgo
1849-1912 Suécia
Um dos pais do teatro moderno
Naturalismo
Frequentou a Universidade de Uppsala, mas abandonou o curso para trabalhar como jornalista e ator
Biblioteca Real-1874
Primeiras peças: influência de Ibsen e Kierkegaard-"O Livre Pensador"; "Hermion" e "O Professor Olof"
Caráter naturalista: "O Pai" e "Senhorita Júlia"
Personagens:
Cenas-Análise
Página 178-179
Quem: Senhorita Júlia e Jean
Onde: Cozinha
O que: Submissão de Jean devido à sua posição social e desejo de ascenção de classe
Cenas-Análise
Cenas - Análise
Senhorita Júlia
Peça naturalista
Questões abordadas:
Busca pela libertadade das amarras do poder patriarcal
Estruturas socias, diferenças e luta de classes
É contrário à natureza a igualdade de sexos
Júlia: meio homem, meio mulher (devido à sua criação)
Padrões morais
Relações de gênero expressam as relações de poder
O que é ser mulher
August Strindberg
August Strindberg
Teatro intimista
Contradições e ambivalências entre pensar, agir e sentir
Novos comportamentos e costumes do final do século XIX
Conflitos resultantes das relações entre as pessoas
Questão feminina
August Strindberg
"Dramaturgia do eu": base autobiográfica
Foco no personagem central
Apreender os outros a partir da sua perspectiva
Tentativa de colocar o ego da personagem, e o seu próprio, no centro da obra-distanciamento do drama tradicional


"Creio que a descrição integral da vida de um homem é mais veraz e
reveladora que a da vida de uma família inteira. Como saber o que
sucede no cérebro dos outros, como conhecer os motivos encobertos
do ato de um outro, como saber o que este e aquele disseram em
um momento de confidência? Sim, construindo hipóteses. Mas a
ciência do homem foi até agora pouco fomentada por aqueles autores
que tentaram com seus parcos conhecimentos de psicologia projetar
a vida psíquica, que na realidade continua oculta. Só se conhece
uma vida, a sua própria."
Senhorita Júlia
Alf Sjöberg, 1951
Senhorita Júlia (25 anos):
Noivado rompido
Como ela foi criada: mãe X pai
Desejo X horror aos homens
Relação com Jean
Jean (30 anos)-criado:
Origem pobre
Inicialmente: galante/sedutor/apaixonado
Posteriormente: rejeita a Senhorita e a despreza
Desejo de ascenção social e grandeza
Entraves na sua relação com Júlia: classe social, inveja e misoginia
Marcas de submissão
Kristin (35 anos)-cozinheira
Senhorita Júlia
Peça escrita em 1887
Espaço: Cozinha do Conde
Tempo: Noite de São João, a ação dura desde a noite até o dia seguinte
Personagens: Senhorita Júlia, Jean e Kristin
Enredo: envolvimento entre Júlia e Jean
Marina Bagatini - CTAD 4
Página 187-190
Quem: Senhorita Júlia e Jean
Onde: Cozinha
O que: influência do pensamento da mãe na personalidade da Júlia; liberdade da mulher em relação ao homem; desejo X desprezo
Página 208
O que: caráter naturalista da trama, influência do meio na personalidade
Página 183-185
Quem: Senhorita Júlia e Jean
Onde: Cozinha
O que: desprezo de Jean por Júlia; comportamento contrário aos previstos por códigos sociais; submissão da mulher
Full transcript