Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Maratonas Aquáticas v2

No description
by

Tiago Aquino (Paçoca)

on 28 September 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Maratonas Aquáticas v2

Maratonas Aquáticas Prof. Esp. Diogo Aquino ...Maratonas Aquáticas... ...preparação física e psicológica... Marta Izo Definição As Maratonas Aquáticas são praticadas fora de piscinas a nível competitivo, em mar, lagos e rios. Não existindo nenhuma ajuda extra, fora a força e vontade do atleta, não tendo no percurso nenhuma raia marcada, somente bóias de sinalização de percurso. Definição - FINA OWS 1.1 - Maratona Aquática deve ser definida como qualquer competição de natação realizada em uma massa de água como rios, lagos ou oceano.
OWS 1.1.1 - Maratona Aquática deve ser definida como qualquer competição em eventos de águas abertas até o máximo de 10 quilômetros.

OWS 1.1.2 MARATONA AQUÁTICA LONGA deve ser definida com qualquer competição em eventos de águas abertas acima de 10 quilômetros. OWS 1.2 - A idade mínima para eventos da FINA em provas de Natação em Águas Abertas deve ser de 14 anos de idade ...A história... Jogos Olímpicos - 1896 ...O fascínio... O fascínio do ser humano em desafiar os limites da natureza fez com que surgissem inúmeras travessias pelo mundo ...A história... 1950 - 1o. Circuito Mundial;

1966 - Criação da Associação de Maratonistas (Organização);

1991 - O esporte na FINA;

1992 - 1a. Copa do Mundo FINA

2008 - O esporte nos J. Olímpicos Nadadores
Brasileiros ...Abílio Couto... Abílio Couto ( 1924 – 1998 ) - Talvez o maior nadador de águas abertas que o Brasil já teve, sendo quatro vezes campeão mundial geral de águas abertas pela ILDSF e atravessou a nado o Canal da Mancha em 03 oportunidades. ...Igor de Souza... Foi um dos melhores do mundo na década de 90, sendo campeão mundial em 1996 e 1997 é o único brasileiro no “Hall of Fame“ da natação mundial. Seu feito histórico, foi a travessia do Canal da Mancha em Ida e Volta, num total de 88 km, em 1997, num tempo total de 18hs35min, sendo a 2° melhor marca da história nessa travessia, tendo apenas até hoje 09 nadadores a completar o percurso. Provas em Mar, Rios e Lagos
Competições em mar, rio e lagos vêm se tornando populares de modo crescente. Tradicionalmente provas em mar aberto se caracterizam por uma saída em massa na praia com uma pequena corrida em direção à água. 0 percurso então pode ser:

• Paralelo a praia;
• Saindo em direção a ou contornando um ponto fixo como um píer ou uma ilha;
• Contornando um percurso fechado demarcado por bóias; e
• Segue um percurso que é uma combinação das opções anteriores.

FINA ...Iniciando em Maratonas Aquáticas... - Adversidade da Prova


- Enfrentando desafios


- Engrandecendo as Conquistas ...Prova com acompanhamento... - Apenas em provas acima de 2h;
- Feita por pranchões, caiaques, barcos a remo ou barcos motorizados;
- Preservação na hora da largada;
- Suprimentos, Técnico e Árbitro;
- Segurança: Apito e Bandeira; ...Nadando nas adversidades... Água Fria - Água fria: amiga ou inimiga?
- Treino em água fria: controle mental
- Proteção térmica:
Aumento da % de godura corporal
Mistura: Lanulina + Vaselina
- Uniforme: uma sunga e uma touca
- Ritmo de Prova: Crescente
- Nado da Prova: Crawl
- Roupa de Neopreme: Proibido ...Hipotermia...
- Temperatura corporal baixa = vasoconstrição periférica + perda de calor pela cabeça e pescoço;
- Breves paradas para alimentação;
- Nadadores com frio: comer + para a digestão gerar energia/ calor;
- 1os. Sintomas: descoordenação dos movimentos de nado e a perda contínua do rumo, raciocínio lento e vago; e
- Cuidados Especiais na saída da prova ...Contra a correnteza... - É mais exaustiva pois exige força e velocidade do nadador;
- Plano Estratégico e Tático para a Prova;
- Braçada: Aumentar o número de giros;
- Evitar Paradas; e - Conhecer o Percurso ...Nadando a favor da correnteza... - É o sonho de todo o nadador;
- Braçada: aproveitar as finalizações;
- Pernada: acionar de forma eficiente (sustentação);
- Ritmo de Prova: Atenção!!! ...Nadando contra ondas, marolas... - Pode ser uma briga com a água;
- Fase aquática da braçada: boa técnica;
- Fase aérea da braçada: vigor e tecnicamente razoável; e
- Visualizar sempre o percurso. ...Plano Estratégico e Tático.. ...Plano Estratégico e Tático... - É o maior problema dos nadadores;
- Cuidado: na largada, contornos e chegada;
- O atleta não deverá ter ajuda extra;
- Treinador: Importante!!!
- Percurso: ter sempre 2 referências;
- Respiração: se possível,
bilateral; e
- Orientação: Nado Pólo ...Planejamento Estratégico e Tático... - Tamanho da Prova

- Duração da Prova

- Condições da Prova

- Adversários

- Referências de Percurso

- Atual Condicionamento do nadador ...Preparação Psicológica... Estresse de Treinamento - Elo de confiança: técnico e atleta;
- Deve-se traçar metas a curto, médio e longo prazo;
- Treinos Surpresas e Extras;
- Treino In-Loco com acompanhamento técnico;
- A opinião e a percepção do atleta é importante! ...Medo... Medo? Do que? - Medo = adrenalina que invade o corpo + inúmeras de novas sensações;
- Sempre encorarjar o nadador;
- Treinamento Mental: conversas sobre a prova, mentalização da prova e plano estratégico eficiente; e
- Tomada de Decisão na prova deverá ser tranquila e racional. ...Depressão na Prova... - Em provas longas acima de 3h é algo bem comum entre os nadadores;
- Depressão na Prova: solidão, dores musculares, tensão e exaustão;
- Irritabilidade, agressividade, impotência;
- Momento crítico;
- Plano de Convencimento; ...Treinamento.... Os exercícios com duração acima de 8 min são caracterizados como de resistência de longa duração.
A resistência de longa duração é subdividida em três categorias:
Resistência de longa duração I para exercícios com duração de até 30 minutos, que usa principalmente como fonte de energia o metabolismo da glicose;
Resistência de longa duração II (de 30 a 90 minutos) que usa do metabolismo da glicose e de gorduras; e
Resistência de longa duração III (acima de 90 minutos) que usa o metabolismo da oxidação de gorduras para obtenção de energia (WEINECK, 1991) ...Canal da Mancha - quem já nadou?... ...Treinamento em Águas Abertas... - A importâncias dos treinos em Águas Abertas:
Técnicas de Navegação;
Alimentar-se nadando;
Adaptação às águas agitadas;
Sincronia e harmonia com o "guia" ...Treinamento em Piscina... A importância dos treinos em Piscina:
Mensuração de resultados técnicos e de prova;
Treino Aeróbio, Resistência Aeróbica e de Velocidade;
Uso e Abuso de Educativos e Multinatação ...Treinamento em Águas Abertas... Os treinos em Águas Abertas deve emprega o "tempo total de nado" e a "freqüência de braçada" como variáveis para avaliação de resultado.
Devem ser priorizados o ritmo de prova e os treinos com alternância de ritmo, como:
- 30 min. nadando com 66 braçadas por min.
- 15 min. nadando com 75 braçadas por min. ...Plano Nutricional... Para provas longas recomenda-se 200 – 400 ml de uma solução balanceada com carboidratos e eletrólitos seja ingerida a cada 30 minutos.
Indica-se alimentos sólidos, com fácil mastigação e digestão: banana, pêssegos, bolos "úmidos", outros.
Indica-se o consumo de alimentos hipercalóricos.
Não espere até que o glicogênio muscular e sangüíneo do nadador estarem depletados para iniciar a reposição. ...Variações de Provas... Provas em Campeonato Mundial: 5km, 10km e 25km;
Provas em Campeonato Brasileiro: Entre 3km e 10km;
Provas do Campeonato Paulista: 500m, 1km e 4km (?);
Provas Equipadas;
Provas Comemorativas; e
outras. ...Canal da Mancha - quem já nadou?... ING - FRA
Abilio Couto
Kay France
Rogerio Lobo
Dailza Ribeiro
Ana do Amaral Mesquita
Jose Rodini
Dailza Damas Ribeiro
Igor de Souza
Christiane Fanzeres
Percival Milani
Marcelo Lopes
Marta Mitsui Izo
Paulo Maia
Luciana Mesquita 1959 - 12h49
1979 - 11h36
1989 - 13h47
1992 - 19h16
1993 - 9h40
1994 - 12h14
1995 - 10h48
1996 - 11h6
2001 - 10h14
2003 - 10h45
2004 - 11h21
2006 - 12h13
2007 - 13h50
2009 - 11h40 2010 - 12h29
2010 - 10h06
2010 - 9h51 Edison Peinado
Marcelo Collet
Tiago Sato FRA - ING
Abilio Couto 1958 12h45
Abilio Couto 1959 11h33

Revezamento
Swimming Partnership Brazil 97 1997 8h38
(Wiliam Seto, Alexandre Andreoli, Fabiana Oliveira, Raphael Vieira e José Rodini)

Travessia Dupla (ING - FRA - ING)
Igor de Souza 1997 18h33 (9h31 - 9h02)
Equipe Balkis 2011 18h22 RM 2011 (8h22 RM)
(Marta Izo, Giuliana Braga, Priscila Santos e Luciana Akissue) ...Prof. Esp. Diogo Aquino... ...OBRIGADO... Saudações Aquáticas

"Façam dos seus sonhos, objetivos para toda a sua vida, pois assim algum dia, tudo desejado se tornará realidade" -
Diogo Aquino Graduado em Educação Física - FMU
Ex- Atleta de Futebol Profissional
Participante de Travessias nos Camp. Paulista e Universitário
Maratonas Aquáticas - 2001 a 2009.
Participante da 14 bis.
Técnico de Natação da Equipe AQUALOKOS
Vice Campeão em 2005 e 3° Lugar em 2009 no
Circuito Paulista de Travessias Aquáticas
Membro do Conselho Técnico e Disciplinar 2006/2007

Sócio Proprietário da Supimpa Recreação e Eventos
Sócio Proprietário da Natação Aqua School A maior prova realizada no Brasil, que existe a 45 anos. 14 Bis
Você conhece.... Como surgiu

Quem organiza

Quem participa

Por que participar PERCURSO 14 Bis Quem participa 14 Bis POR QUE PARTICIPAR 14 Bis POR QUE PARTICIPAR 14 Bis 2001 EQUIPE AQUALOKOS COMO FORMAR UMA EQUIPE
EM UMA ACADEMIA Publico alvo

Como organizar

Técnico ou professor 14 BIS Reunião
Montar equipe de alunos
Montar equipe de apoio
Mostrar as dificuldades
Avaliar todas as possibilidades de dificuldades
Chek list de tudo antecipado
Técnico ou Professor ou lider APOIO 14 BIS Qual a função

Quem pode apoiar

Qual sua importância ESTADO PISCOLÓGICO 14 BIS Euforia

Depressão

Euforia ESTADO PISCOLÓGICO 14 Bis Euforia Estado Piscológico 14 BIS Depressão Estado Piscológico 14 BIS Euforia Alimentação 14 BIS Qual a melhor fonte de energia

Qual o papel de uma alimentação bem balenceada

Ela pode levar o aluno a nadar mais... Por que ... Alimentação 14 BIS Alimentação 14 BIS Carbogel
Bananinha
Carbogel
Cereal
Salgado Carbogel + Coca
Chocolate
Carbogel
Proteina
Carbogel
Salgado Periodização Treinamento Micro

Macro Periodozação Treinamento Treinos fortes com intensidade alta ou só resistência

Qual o Comportamento da FC dos atletas, e durante uma prova longa Periodização Treinamento Janeiro - Base
Fevereiro - Volume
Março - Educativos - Prova
Abril - Força
Maio - Potência
Junho - Volume - Prova
Julho - Intensidade Periodização Treinamento Agosto - Educativos
Setembro - Volume - Prova
Outubro - Dificuldade indivudual
Novembro - Prova
Dezembro - ...... Diferenças Treinamento Braçadas

Pernadas

Respiração Comportamento Frequencia Cardíaca Coleta de dados Realizado em atletas da Equipe Aqualokos, 2007 Comportamento Frequencia Cardíaca Resultados obtidos da freqüência cardíaca de cada atleta.
_____________________________________________________________________________________________
VARIÁVEL TEMPO ATLETA 1 ATLETA 2 ATLETA 3 ATLETA 4 ATLETA 5
_____________________________________________________________________________________________
0:30 128 122 111 132 141
1:00 155 144 125 143 122
1:30 157 146 147 168 114
2:00 163 143 136 177 137
2:30 164 167 158 166 136
3:00 157 164 169 163 155
3:30 136 178 157 162 158
F.C 4:00 144 181 143 174 171
4:30 167 169 139 184 167
5:00 169 167 167 184 163
5:30 178 173 172 175 181
6:00 173 165 164 179 149
6:30 179 169 159 189 165
7:00 179 186 172 190 177
7:30 179 168 173 187 173
8:00 176 173 184 171 Frequencia Cardíaca Comportamento da freqüência cardíaca durante a Maratona Aquática.
_______________________________________________________________________________________________
VARIÁVEL TEMPO MÉDIA DESVIO PADRÃO %
_______________________________________________________________________________________________
0:30 126,8 10,0 58,70
1:00 137,8 13,41 63,79
1:30 146,4 17,43 67,77
2:00 151,2 17,20 69,66
2:30 158,2 12,48 73,24
3:00 161,6 4,0 74,81
Freqüência 3:30 158,2 11,66 73,24
4:00 162,6 15,62 75,27
Cardíaca 4:30 165,2 19,07 76,48
5:00 170,0 11,66 78,70
5:30 175,8 11,13 81,31
6:00 166,0 19,89 75,85
6:30 172,2 24,08 79,72
7:00 180,8 20,39 83,70
7:30 176,0 8,92 81,48
8:00 176,0 2,78 81,48
_______________________________________________________________________________________________
COMPORTAMENTO DA FREQÜÊNCIA CARDÍACA EM ATLETAS DE ELITE DURANTE UMA MARATONA AQUÁTICA Comportamento da Freqüência Cardíaca ,durante a Maratona Aquática Frequencia Cardíaca
Full transcript