Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

IMMANUEL KANT

No description
by

Marlene Figueiredo

on 14 December 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of IMMANUEL KANT

Immanuel Kant (1724-1804)

Nasceu na Prússia (Alemanha) em Konigsberg, cidade de onde nunca saiu. Era profundamente religioso e levou vida metódica, dedicando-se a estudar e ensinar. Foi um dos maiores expoentes do Iluminismo, ao superar o racionalismo e o empirismo. Alertado pelo ceticismo de Hume, examinou as possibilidades e limites da razão em sua  obra Crítica da razão pura, na qual indaga  sobre "o que podemos  conhecer"; em Crítica da razão prática trata das possibilidades do ato moral ao perguntar sobre  "o que devemos fazer"; em Crítica  da faculdade  do juízo investiga os juízos estéticos, distinguindo o belo do agradável e do útil. Defendeu sobretudo a autonomia moral do sujeito, a liberdade de pensamento e a "paz perpétua".  

No homem, a disciplina é puramente negativa e necessária, pois tira dele a selvageria, em direção à humanidade.

[...] a disciplina submete o homem às leis da humanidade começa a fazê-lo sentir a força[coerção] e das próprias leis. Assim, as crianças são mandadas cedo à escola, não para que aí aprendam alguma coisa, mas para que aí se acostumem a ficar sentadas tranquilamente e a obedecer pontualmente àquilo que lhes é mandado, a fim de que no futuro elas não sigam de fato e imediatamente cada um de seus caprichos (...). Assim, é preciso acostumá-lo logo a submeter-se aos preceitos da razão (KANT, 1996. p.12-3).

“o homem é a única
criatura que precisa
ser educada”
(KANT, 1996. p.11).

O
Homem Educado



A perfeição da natureza humana é a finalidade que cada geração deve deixar como herança para as gerações futuras. A educação atual deve ser de tal maneira que possa proporcionar o aperfeiçoamento da humanidade.

Na filosofia da educação de
Kant, a natureza humana não
é algo dado, mas está nas
mãos dos homens criá-la,
formá-la e transformá-la.
O homem é o único responsável.

Considera que é preciso dar liberdade à criança desde a primeira infância e em todos os seus movimentos, com a condição de não impedir a liberdade dos outros.

Kant constrói três regras

Afirma que devemos mostrar à criança que ela pode conseguir seus propósitos, com a condição de que permita aos demais conseguir os próprios.

Contempla a ideia de que é preciso provar que o constrangimento, que lhe é imposto, tem por finalidade ensinar a usar bem sua liberdade, que a educamos para que possa ser livre um dia, dispensar os cuidados de outrem. A liberdade é o fim, mas também o meio para o desenvolvimento do saber do sujeito moral, é pressuposto para se atingir a liberdade.
Kant é partidário da ideia de que há um progresso moral da humanidade. A singularidade do esclarecimento está em ser o acontecimento que representa aquele valor, aquele signo que poderá contribuir na compreensão da nossa atualidade e proporcionar as condições para que o gênero humano encontre-se em constante progresso em direção ao melhor.

O homem necessita da sociedade para cumprir sua destinação, que é, como prega Kant, ver-se enquanto humanidade e não enquanto homem isolado, individual, pois apesar de o fim se dar individualmente, é a espécie que poderá gozar de sua inteira destinação. A sociedade tem no homem agente imprescindível de sua constituição e a base desta formação será, para Kant, o processo educacional, responsável por conduzir o homem ao esclarecimento e à condição de formar uma sociedade justa composta por homens morais.

Referências
www.e-biografias.net
www.acervodigital.unesp.br
www.esbocosfilosoficos.com
www.educarparacrescer.abril.com.br
Full transcript