Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Movimento Hippie

Iniciado nos Estados Unidos, na década de 60, por uma juventude culturalmente avançada, que criativa as injustiças e desigualdades sociais.
by

André Falco

on 15 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Movimento Hippie

Os hippies defendiam a “paz e o amor” e
criticavam a guerra,
especialmente a do Vietnã. Defendiam o
“amor livre”, tanto no aspecto de amar o próximo, como na atividade sexual. Valorizavam o uso de drogas
para “abrir a mente”. Foram ajudados nesse
aspecto com o surgimento de drogas químicas,
como o LSD que, na época, não era proibido. Eles gostavam de certos estilos de música, como rock psicodélico The Beatles, Grateful Dead, Jefferson Airplane, Janis Joplin, Jimi Hendrix, Led Zeppelin, Quicksilver Messenger Service, The Doors, Pink Floyd, The Kinks, Bob Dylan, Raul Seixas, Neil Young, Mutantes, Zé Ramalho, Secos & Molhados, os tropicalistas (Caetano, Gil, etc), Novos Baianos, A Barca do Sol , soft rock como Sonny & Cher ,Hard Rock como The Who. Também apreciavam o Goa Trance. Estilos • Vida em comunidades onde todos os ditames do capitalismo são deixados de lado. Por exemplo, todos os moradores exercem uma função dentro da comunidade, as decisões são tomadas em conjunto, normalmente é praticada a agricultura de subsistência e o comércio entre os moradores é realizado através da troca. Existem comunidades hippies espalhadas no mundo inteiro; vivem para a subsistência. Uso de drogas como maconha, haxixe, e alucinógenos como o LSD e psilocibina (alcalóide extraído de um cogumelo), visando a "liberação da mente", seguindo as ideias dos beats e de Timothy Leary, um psicólogo proponente dos benefícios terapêuticos e espirituais do LSD. Porém muitos consideravam o cigarro feito de tabaco como prejudicial à saúde. O uso da maconha era exaltado também por sua natureza iconoclasta e ilícita, mais do que por seus efeitos psico-farmacêuticos; • Quanto à participação política, mostravam algum interesse, mas nunca de maneira tradicional. Eram adeptos do pacifismo e, contrários à guerra do Vietnã, participaram de algumas manifestações anti-guerra dos anos 60, não todas, como se acredita. As consequências do movimento hippie podem ser observadas hoje, nos jovens brasileiros: o linguajar, a vestimenta, o uso excessivo de drogas, o sexo sem compromisso. Infelizmente não seguiram em frente dois aspectos, que seriam extremamente importantes para combater a imoralidade da política brasileira atual: o senso crítico dos tropicalistas eo engajamento dos movimentos estudantís, que fizeram história nas décadas de 60 e 70. Movimento Hippie Iniciado nos Estados Unidos, na década de 60, por uma juventude culturalmente avançada, que criativa as injustiças e desigualdades sociais. Características Associadas aos Hippies Roupas velhas e naturalmente rasgadas, para ir em oposição ao consumismo, ou então roupas com cores berrantes para fazer apologia a psicodelia, além de diversos outros estilos incomuns (tais como calças boca-de-sino, camisas tingidas, roupas de inspiração indiana). Fome intelectual insaciável. Raramente são adeptos à muitas inovações tecnológicas, preferindo uma vida distante de prazeres materiais. No Brasil, o movimento teve uma expressão diferente devido a repressão da Ditadura Militar. Havia muita perseguição policial contra os “cabeludos” e os músicos. A maior expressão foi o Tropicalismo, movimento cultural do final dos anos 60, que revolucionou a música popular brasileira, antes restrita à bossa nova. Os tropicalistas criticavam a ditadura, lutavam pela liberdade de expressão. Foram responsáveis pela mudança de idéias e costumes: música, política, movimentos estudantís, sexo e moda. Foram perseguidos e alguns exilados, como Caetano Veloso e Gilberto Gil. André nº2
Daniel nº9
Matheus nº23
Miguel nº25
Samuel nº30
Full transcript