Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Lab 2 - Valbs

No description
by

Luiz Roberto

on 23 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Lab 2 - Valbs

AC Drives and Soft Starter
Application Guide by Walter J Lukitsch PE, Gary Woltersdorf
Jeff Theisen, and John Streicher
Allen-Bradley Company Grupo:
Ana Paula Aires Silva
Luiz Roberto A. A. Filho
Matheus Penha Pereira 1) Objetivo do Artigo Driver Variador de Frequência x Soft-Starter (Acionamento de Motores) Aspectos Construtivos

Características de Operação

Vantagens x Desvantagens

Aplicações 2) O Soft-Starter MIT: LRT ∞ I^2, I ∞ V => LRT ∞ V^2 Ajuste da Tensão = > Ajuste de Corrente e Torque 3) Variable Frequency Driver Princípio de Funcionamento: AC -> DC -> DC Pulsado Durante a Partida: Frequência Varia de 0 a F Resultado:
Onda não-senoidal de Tensão Reduzida 2) Acionamento com Soft-Starter Soft-Starter: Lógica para Acionamento dos SCRs 2) Acionamento com Soft-Starter MIT com Parcela Indutiva: SCR ON até I = 0 [A], Mesmo que V<0 [V] 3) Características do Motor ao Usar Soft-Starter Partida:
I ∞ V
LRT ∞ V^2
Capacidade de Carga Reduzida
Tabela 1 - Torque Versus Corrente para Soft-Starters 3) Características do Motor ao Usar Soft-Starter Maior Variedade de Torques
Velocidade Final Não Alterada 4) Características do Motor ao Usar VFD Acionamento:
Frequência Aumenta de 0Hz a F da linha(Hz)
V ∞ F
LRT Constante
5) Parâmetro para Escolha do Dispositivo
Velocidade do Motor

Controle de Torque

Partida com Tensão Máxima ou Não 6) Aplicação 1 Contexto: Bomba sendo acionada com Tensão Máxima Dispositivo Indicado: Soft-Starter Justificativa: Controle do Torque Durante a Aceleração 7) Aplicação 2 Contexto: Partida de Bomba Utilizando Menos de 200% da Corrente Nominal do Motor Dispositivo Indicado: VFD Justificativa: VFD pode proporcionar Torque capaz de Acelerar a Bomba sem atingir tal corrente, visto que o Soft-Starter é indicado para quando se é permitido atingir de 250 a 300% In durante a aceleração do motor 8) Aplicação 3 Contexto: Esteira de transporte de plástico que para e acelera frequentemente. Se a aceleração for muito alta, o produto pode balançar (podendo ser danificado).

Dispositivo Indicado: Soft-Starter

Justificativa: A partida "suave", obtida através da utilização do Soft-Starter, permite que a esteira não gere aceleração exacerbada, fazendo com que os produtos transportados não sejam danificados. FIM
Full transcript