Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Drogas

No description
by

Larissa Queiroz

on 11 December 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Drogas

Conceito de Droga
A OMS define droga como qualquer substância não produzida pelo organismo que tem a propriedade de atuar sobre um ou mais sistemas, produzindo alterações no funcionamento do corpo.





E as drogas psicotrópicas são aquelas que modificam o funcionamento do cérebro, causando alterações no estado mental e no psiquismo daquele que faz uso. (LOPES, REZENDE, 2014)

Solventes e inalantes e seus efeitos
Solvente é a substância capaz de dissolver coisas e inalante é toda substância que pode ser inalada.
Todo solvente é volátil, ou seja, evapora com facilidade.
Outra característica de solventes e inalantes é que muitos deles são inflamáveis.
Maconha
O que é Cannabis Sativa?
* Relatos no Brasil
Meios de utilização da maconha
*O que é maconha?

Drogas Na Adolescência
Vários produtos contem solventes, como esmaltes, colas, tintas, propelentes, gasolina, removedores, vernizes, etc.
Estes produtos têm substâncias do grupo químico hidrocarbonetos, que são responsáveis pelo efeito psicotrópico.
Podem ser aspirados involuntariamente ou voluntariamente.

Um produto muito conhecido no Brasil é o "cheirinho" ou "loló".
O lança-perfume é o liquído que vem em tubos e é utilizado principalmente no carnaval.
A dependência naqueles que abusam cronicamente de solventes é comum

A síndrome de abstinência, embora de pouca intensidade, está presente na interrupção abrupta do uso dessas drogas.

Pode ocorrer a tolerância, embora não tão dramática quanto em outras drogas.
Efeitos pós inalação dos Solventes
Cocaína e seus derivados
A cocaína é uma substância natural extraída das folhas de coca, também conhecida como Epadú (indígenas).



Pode chegar ao consumidor de três maneiras:

Sob a forma de sal (o cloridrato de cocaína, o pó ou farinha)
Sob a forma de uma base, transformada em pedra, o CRACK, obtido através da mistura da cocaína com bicarbonato de sódio ou amônia e um solvente como éter ou acetona
Sob a forma também de base, a merla (melado, mel ou mela), mais nociva que o crack, devido ser preparado de maneira mais grosseira, é misturada à pasta base de coca ácido sulfúrico, querosene, gasolina, cal virgem, éter e pó de giz
Primeira fase:
é a chamada fase de excitação e é a desejada.


Segunda fase:
a depressão do SNC começa a predominar, com a pessoa ficando em confusão, desorientada, visão embaçada, perda de autocontrole, dor de cabeça, palidez; a pessoa começa a ver ou ouvir coisas.

Terceira fase:
a depressão se aprofunda com redução acentuada de alerta, incoordenação ocular, incoordenação motora, reflexos deprimidos; já pode ocorrer evidentes processos alucinatórios.

Quarta fase:
depressão tardia, que pode chegar à inconsciência, queda da pressão, sonhos estranhos, podendo ainda a pessoa apresentar surtos de convulsões.
Efeitos no resto do corpo
Eles tornam o coração humano mais sensível à adrenalina, que faz o número de batimentos cardíacos aumentarem. Assim, se uma pessoa inala um solvente e logo depois faz esforço físico, pode ter complicações cardíacas.

Efeitos tóxicos
Os solventes, quando inalados cronicamente, podem levar a lesões da medula óssea, dos rins, do fígado e dos nervos periféricos que controlam os nossos músculos.



O uso de substâncias psicotrópicas é associado a:
repetências;
falta de concentração;
notas baixas;
desejo de abandonar a escola;
sentir-se entediado no ambiente escolar;
não fazer os deveres;
faltar/chegar atrasado;
prejuízos acadêmicos.
Consequências das drogas no ambiente escolar
Aspirado
ou
injetado
(Presença de bicarbonato, por isso estouram
ao serem queimados, daí o nome “crack”)
fumada em cachimbos
Outras formas de consumo: mascar folhas, esfregar a droga na gengiva ( mucosa oral) e aplicação do pó em órgãos genitais (mucosa).
fumada
Uso feito através de aspiração da cocaína em forma de pó branco
Efeito após aspiração: 10 a 15 minutos
Tempo de efeito máximo da droga: 10 a 20 minutos

Uso via intranasal
cocaína pó
poucos segundos após a aspiração,a pessoa tem uma sensação de adormecimento do nariz e depois uma ''friagem'', que dura cerca de cinco minutos
Ocorrência imediata: uma crescente sensação de alergia, euforia e energia
aspiração mucosa da boca, canais nasais e trato GI
entra na circulaçao chega ao cérebro



Característica física visível: O uso por aspiração deixa a mucosa nasal avermelhada e muito irritada
o uso via endovenosa cocaína pó diluida em água
Efeito após a injeção: menos de minuto
Término dos efeitos: em trinta minutos

utilização endovenosa pode provocar
ulcerações
ou feridas nos locais de aplicação no corpo devido a constrição dos vasos sanguíneos, ou à falta de esterelização ou cuidados com a
higiene das seringas

ou agulhas, bem como
transmissão de doenças.
uso como fumo
crack e merla
Efeitos Gerais da Cocaína
Efeito após o fumo: 10 a 15 segundos
Término dos efeitos: 5 minutos
Crack e merla por serem fumados são mais potentes, resultando em forte dependência psicológica.

Quando o crack e a merla são fumados: atingem os pulmões --> circulação sanguínea--> cérebro
Resultado: Torna-se dependente mais rápido, e comparado ao uso na demais vias e ao tempo de efeito
Efeito imediato da droga: Sensação de imensa euforia e poder
Efeito após o fumo: 10 a 15 segundos
Término dos efeitos: 5 minutos
Crack e merla por serem fumados sao mais potentes, resultando em forte dependência psicológica.
Quando o crack e a merla são fumados atingem: pulmões >> circulação sanguínea >> cérebro
Resultado: Torna-se dependente mais rápido se comparado ao uso nas demais vias e ao tempo de efeito.
Efeito imediato da droga: sensação de imensa euforia e poder.

Perda de peso em pouco tempo;

Deixa de lado noções básicas de higiene;

Apresenta comportamento violento;

Apresenta tremores, sudorese intensa, aumento da pressão arterial, paranóia e desconfiança;

Normalmente há queimaduras nos lábios, língua e garganta;

Problemas respiratórios tais como: congestão nasal, tosse, expectoraçao de muco preto e sérios danos nos pulmões;




Dores de cabeça, tontura, desmaios e palidez;

Após uso intenso a sensação é de profundo cansaço, intensa depressão e desinteresse sexual;

No fígado pode causar hepatite tóxica;

Destrói os neurônios, prejudicando a memória e a coordenação motora;

Provoca taquicardia intensa, podendo levar a parada cardíaca;

Pode ser excretada pela pele;

Riscos de infarto e AVC.
Efeitos Gerais da Cocaína
Trajeto da Droga
Droga na Adolescência
Levantamento Nacional sobre Drogas Psicotrópicas entre estudantes de Ensino Fundamental e Médio da Rede Pública de Ensino nas 27 capitais brasileiras (2004)
As drogas mais utilizadas pelos estudantes foram:
solventes (14,1%)
maconha (4,6%)
ansideticos (3,8%)
anfetamínicos (3,3%)
cocaína (1,7%)
(Relatório Brasileiro Sobre Drogas, 2009)
Drogas Psicotrópicas
Drogas Depressoras

diminuem a atividade do SNC
Consequência: sonolência, lentificação psicomotora etc.
Exemplo: Inalantes

Drogas Estimulantes
estimulam a atividade do SNC
Consequências: ‘‘nevorsismo’’, aumento da atividade motora e em doses aumentadas, delírios e alucinações
Exemplo: Cocaína e seus derivados

Drogas Pertubadoras
produzem uma mudança qualitativa no funcionamento do SNC
Consequências: delírios, ilusões e alucinações
Exemplo: Maconha

Os efeitos físicos das drogas
ufrrenfermagem2014@outlook.com
Universidade Federal de Roraima
Centro de Ciências da Saúde
Curso de Enfermagem
OBRIGADA
PELA ATENÇÃO
Os efeitos dependerão da qualidade da maconha fumada e da sensibilidade de quem fuma
Good Trip x Bad Trip
Perturbação na capacidade da pessoa em calcular tempo e espaço
Afeta a memória de curto prazo
Predominância de delírios e alucinações (dose/sensibilidade)
delírio
é uma manifestação mental pela qual a pessoa faz um juízo errado do que vê ou ouve
alucinação
é uma percepção sem objeto
Síndrome amotivacional (crônico)
Efeitos no SNC
Efeitos no resto do organismo
Hiperemia das conjuntivas (olhos avermelhados)
Xerostomia (boca seca)
Taquicardia (‘‘coração dispara’’)
Efeitos Físicos Agudos
Efeitos Físicos Crônicos
Vários órgãos do nosso corpo afetados
Problemas respiratórios (bronquites)
Câncer
Baixa produção de hormônio masculino testosterona
Como recebemos a potência das drogas a base da Cannabis Sativa?

Maconha comum
e média 3% de THC;
Sinsilla
em média 7,5% em média de 24%;
Haxixe
em média de 3,6% de THC(até 28%);
Skank
ou
shunk
(supermaconha) pode ter até 35% de THC;
Óleo do haxixe
em média 16% de THC (até 43%)
TETRAHIDROCANABINOL
Full transcript