Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

PNEUMOTÓRAX

No description
by

Jéssica Dalbosco Muller

on 14 March 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of PNEUMOTÓRAX

PNEUMOTÓRAX
UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO
FACULDADE DE MEDICINA
SEMINÁRIO INTERMODULAR II
Acadêmicos:
Alana Santos da Silva
Débora Fontana de Meira
Guilherme Rosa
Jéssica Dalbosco Muller

Professor Orientador:
Juarez Dal Vesco
Identificação:
A.B.N, masculino, branco, 26 anos, estudante, natural e procedente de Passo Fundo.
Queixa Principal:
Dor no peito.
Antecedentes Pessoais:
Tabagista ( 15 cigarros diários).

Paciente relata dor súbita do lado direito do tórax, iniciada há 3 horas, de forte intensidade, após episódio de tosse, que piora com a inspiração profunda, acompanhada de taquicardia e taquipneia e dispneia. Nega ter apresentado febre, sudorese, tosse produtiva ou história de trauma.
Exame Físico
• Altura: 1,93 m
• Peso: 76 kg
• Pulso: 112 bpm
• Frequência respiratória: 24 ciclos/min.
• Tórax superior direito apresenta hiper ressonância branda na percussão.
• Sons respiratórios no lado direito estão ausentes no lobo superior e fracos nos lobos inferior e médio.


Pneumotórax???
ANATOMIA
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
Timo
Lobo Superior
do pulmão direito
Fissura Horizontal
Fissura oblíquoa
Lobo Médio
Lobo Inferior
Traqueia
Classificação do Pneumotórax

Espontâneo Primário

Espontâneo Secundário

Traumático

Iatrogênico
Pressão
Origem
Simples

Hipertensivo
Vamos falar da Fisiopatologia de cada um?
Pneumotórax Espontâneo Primário
Pneumotórax Espontâneo Secundário
Pneumotórax Traumático
Pneumotórax Iatrogênico
Lobo superior esquerdo
Lobo inferior esquerdo
Incisura cardíaca
Fissura oblíquoa
Base do pulmão
Diafragma
Músculos
intercostais
Pleura Pariental
Cavidade Pleural
Pleura Visceral
Músculos da respiração
Diafragma
Inspiração
Expiração
Intercostais
externos
Escalenos
Esternocleidomastoideo
Intercostais internos
Movimentos importantes na respiração???
Abaixamento do diafragma
Alça de balde
Braço de bomba
Exames Radiológicos
Raio - X
Tomografia Computadorizada
http://radiopaedia.org/articles/pneumothorax
Imagens Radiológicas - Achados Interessantes
http://radiopaedia.org/articles/pulmonary-emphysema
http://radiopaedia.org/articles/pulmonary-bleb
Fisiologia da Respiração
Pleura
- Função?


- PRESSÃO = conteúdo
continente
Fisiopatologia do pneumotórax
continente
pressão
Dados epidemiológicos
Pneumotórax espontâneo primário:
pacientes jovens - 20 a 40 anos
longilíneos
6 a 10 casos por 100 mil habitantes/ano
relação com tabagismo - risco aumenta mais de 12%
Pneumotórax espontâneo secundário:

pacientes com mais de 60 anos
histórico de doença pulmonar
tabagismo
Não há doença pleural ou pulmonar subjacente;
Ruptura de Blebs
Recidiva
O que são Blebs?
Está relacionado a uma doença subjacente:
DPOC
Pneumonias
Linfangioliomiomatose
Neoplasia pulmonar
Tuberculose
Asma brônquica
Pneumotórax Catamenial
AIDS

Traumas fechados:

Sem lesão da parede torácica
Auto limitante

Traumas abertos:

Lesão da parede torácica
Fluxo de ar nos dois sentidos

Procedimentos invasivos
Massagem Cardíaca
Acesso Venoso Profundo
Músculos Abdominais
Brônquios
Tratamento
Conservador ou clínico
Toracocentese
Aspiração por agulha
Drenagem Pleural
Pleurose
Busca aumentar a adesão pleuropulmonar
Tratamento cirúrgico
*Pacientes reincidentes
*Não reexpansão
*Profissões de risco
*Blebs ( 2cm)
*Complicações associadas
Reexpansão pulmonar
Fechamento da fístula
Prevenção da recorrência
Pneumotórax espontâneo primário
Emergências
Reexpansão pulmonar
EMERGÊNCIA MÉDICA
PNEUMOTÓRAX HIPERTENSIVO
Quais são as principais causas do surgimento do pneumotórax hipertensivo?
VIDEOTORACOSCOPIA
Paciente em ventilação mecânica
Trauma
Ressuscitação cardiopulmonar
Paciente com dreno de tórax obstruído ou fechado
O que é pneumotórax hipertensivo?
Qual o quadro clínico do pneumotórax hipertensivo?
É um espaço preenchido por ar entre o parênquima pulmonar e a pleura visceral. Se desenvolve pela ruptura de parede alveolar com dissecção intrapulmonar pelo ar livre para a superfície da pleura.
Aumento do volume do hemitórax comprometido.
Aumento dos espaços intercostais.
Sinais de pré-choque ou choque
Desvio contralateral do ictus cordis e da traquéia.
Timpanismo à percussão.
Ausência do murmúrio vesicular.
Enfisema Subcutâneo.
Condutas que não podem ser tomadas nesse tipo de emergência
Esperar pelo radiograma de tórax para confirmar o diagnóstico.
Entubar e iniciar a ventilação mecânica.
Atribuir a hipotensão à hipovolemia e infundir líquidos rapidamente.
Preescrever vasopressores.
Insistir nas manobras de ressuscitação cardiorrespiratória, sem antes desfazer a hipertensão.
Confundir com tamponamento cardíaco e indicar pericardiocentese.
História Clínica
DOR TORÁCICA
DISPNEIA
EXPANSIBILIDADE TORÁCICA
MURMÚRIO VESICULAR
EXAME FÍSICO
INSPEÇÃO ESTÁTICA
FRÊMITO VOCAL
PERCUSSÃO
ENFISEMA SUBCUTÂNEO
Ar na camada subcutânea da pele
Oblíquo maior
Oblíquo menor
Reto do abdômen
Hipotensão Arterial
Cianose
Turgência Jugular
TAQUICARDIA E TAQUIPNEIA COMO MECANISMOS COMPENSATÓRIOS
A
B
C
E
A
B
C
A
B
Pneumotórax Traumático em Pulmão Esquerdo
A= Blebs
B= Drenagem Pleural
Onde está o Pneumotórax?
B
O que achamos nos locais marcados?
A= Enfisema Subcutâneas B=Cajado da Aorta C=Pneumotórax
BIBLIOGRAFIA
SILVA, Luiz Carlos Corrêa da. Compêndio de Pneumologia. São Paulo: Fundação Byk, 1991.

TARANTINO, Affonso Berardinelli. Doenças Pulmonares. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 2008.

MOORE, Keith L.. Anatomia Orientada para a Prática Clínica. 4ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.
INSPEÇÃO DINÂMICA
Full transcript