Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Os Sentidos

Olfato
by

Gabriela Belmonte Dorilêo

on 25 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Os Sentidos

O OLFATO e O PALADAR O sistema olfativo é capaz de detectar um odor de cada vez, sendo que um odor pode ser a combinação de vários odores diferentes. O nosso olfato possui uma grande capacidade adaptativa, pois quando somos expostos a um forte odor temos uma sensação olfativa bem intensa, mas depois de um minuto, a sensação já se tornou praticamente imperceptível. Comparado aos outros mamíferos, o sistema olfativo dos humanos é o menos desenvolvido. O olfato é um dos sentidos químicos, o outro é o paladar. Embora pensemos nos dois sistemas sensoriais como separados e distintos, ambos estão intimamente ligados. A capacidade do paladar de distinguir sabores é extremamente limitada, identificando cerca de 100 tipos de sabores diferentes, enquanto conseguimos diferenciar 20 mil tipos de odores. Com a idade, o olfato vai sendo reduzido. Essa perda gira em torno de 1% por ano e começa a se agravar depois dos 40 ou 50 anos. Gabriela Belmonte Dorilêo e Tammiress Braz Alunas: Biologia B.
2º ano A, 2013. O nosso cérebro estabelece contato com órgãos sensoriais. A língua e o nariz recebem estímulos do ambiente por meio dos sentidos do paladar e do olfato. O sabor são partículas que se desprendem das substâncias e estimulam as papilas gustativas da língua. A língua é dividida em áreas gustativas: amargo, ácido, salgado e doce. As informações são enviadas ao cérebro. Ao mastigarmos sentimos simultaneamente o sabor e o cheiro. Logo, o gosto dos alimentos é o resultado da interação dos estímulos recebidos pelo paladar e pelo olfato, que estão realmente interligados.Por isso quqndo mastigamos uma bala de sabor forte, sentimos também no nariz uma sensação de ardência. Amargo Ácido Salgado Doce Em outros animais o olfato permite guia-los até seus alimentos e também o reconhecimento entre indivíduos da mesma espécie. Assim como com os bebês, que com pouco tempo de vida já podem distinguir o cheiro da própria mãe entre os estranhos. Nós também possuímos uma memória olfativa, que será diversificada pelos cheiros que sentirmos ao longo da vida. Quando sentimos um aroma, de imediato ele já é relacionado o que ocorreu no devido momento. Normalmente, as mulheres durante a gravidez relatam um aumento na sensibilidade a odores. Os sentidos do paladar e do olfato nos permite separar alimentos indesejáveis, letais, estragados e até mesmo aqueles gerados pela nossa digestão, daqueles que são nutritivos. Cerca de 80% dos nossos sentidos, ao comermos algo, é aroma. Por isso quando ficamos com o nariz entupido, perdemos grande parte do sabor. Logo, o sabor dos alimentos é o resultado dos estímulos recebidos pelo paladar e pelo olfato. O aroma são partículas que se desprendem das substancias e ativam as células olfativas.
Full transcript