Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Quem precisa de Identidade? S. Hall

No description
by

Rosa Oliveira

on 28 March 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Quem precisa de Identidade? S. Hall

Identidade
Identidade sob Rasura
Irredutibilidade da Identidade
Desconstrução das perspectivas identitárias que criticam a identidade integral, originária e unificada.
O sinal de rasura (X) indica que certos conceitos não servem mais para pensar em sua forma original, não-reconstruída.
Centralidade para a agência e para a política.
Quem precisa de identidade?
Stuart Hall
Filosofia: crítica do sujeito auto-sustentável
Crítica feminista e estudos culturais : processos inconscientes
de formação da subjetividade
Pós-modernismo: o 'eu' é performativamente constituído.
Onde está a necessidade da discussão sobre identidade?
A identidade é um desses conceitos que operam 'sob rasura', no intervalo entre a inversão e a emergência: uma ideia que não pode ser pensada da forma antiga, mas sem a qual certas questões-chave não podem ser sequer pensadas.
Política:
importância do significante identidade para os movimentos políticos e da relação primordial com uma política da 'localização'

e evidentes dificuldades e instabilidades que afetam as formas contemporâneas da política da identidade.
Agência:
não no sentido de uma retomada da noção não-mediada do sujeito como autor centrado da prática social ou situado na origem de toda historicidade -0 mas no sentido de 'uma teoria da prática discursiva' (Foucault).
Identificação:
pensar o sujeito numa nova posição (deslocada) no interior do paradigma da reconceitualização do sujeito. Enfatiza os processos de subjetivação;
Identificação
Processo de articulação, suturação, sobredeterminação, e não uma subsunção (que pressupõe subsumir um indivíduo numa espécie, uma espécie num gênero ou fato a uma lei).
Opera por meio da diferença (différance).
Trabalho discursivo, fechamento de fronteiras, produção de efeitos de fronteiras.
Identidade
Utilizo o termo para significar o ponto de encontro, o ponto de sutura, entre por um lado, os discursos e as práticas que tentam nos interpelar , nos falar ou nos convocar para que assumamos nossos lugares como sujeitos sociais de discursos particulares, e por outro lado, os processos que produzem subjetividades, que nos constroem como sujeitos aos quais se pode falar.
As identidades são posições de sujeito. A necessidade e a impossibilidade da identidade, bem como a suturação do psíquico e do discursivo em sua constituição devem ser plenamente reconhecidos.
Full transcript