Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

síndrome da imobilidade

No description
by

Marina Gallo

on 4 January 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of síndrome da imobilidade

Síndrome da Imobilidade Atuação da Fisioterapia Diagnóstico Obrigada!!! Referências Conclusão Atuação da Fisioterapia Critérios: Envelhecimento populacional Causas Prevalência Introdução *25% a 50% dos idosos ficam confinados
ao leito após tratamento hospitalar prolongado
Canadá e Austrália: 25% dos idosos na comunidade
e 75% em ILP têm incapacidade grave;
Não há dados específicos de prevalência da SI no BR
Taxa de mortalidade em torno
de 40%. Demência.
Doença de Parkinson.
Osteoporose.
Fraturas.
Alterações sensoriais. Quedas.
Doenças cardiovasculares e respiratórias. Critério Maior:
1-Déficit cognitivo médio a grave
2-Múltiplas contraturas Ato ou efeito resultante da supressão de todos os movimentos de uma ou mais articulações, impedindo a mudança de posição corporal. Diante de tantas alterações constata-se que a Síndrome do Imobilismo é de grande sofrimento tanto para os pacientes quanto aos familiares.
Portanto a fisioterapia geriátrica tem papel fundamental nesse paciente e visando prevenir as complicações da restrição ao leito e quando possível fazer com que o idoso possa manter-se útil e ativo. Add referências. Amanda de Fátima
Ana Carolina Bithencourt
Caroline Viana
Cynthia Toledo
Fernanda Botoni
Mariana Goulart
Marina Gallo
Sirlene Aguiar Em 2050 22% da população mundial terá 60 anos.
No Brasil os idosos representam cerca de 9% da população (IBGE).
Nas próximas 2 décadas este número pode dobrar (30 milhões). O Brasil está preparado? Síndrome da Imobilidade Critério Menor:
Úlceras de pressão
Disfagia leve a grave
Dupla incontinência
Afasia SI- Características do Critério Maior e pelo menos duas características do Critério Menor. Depressão;
Diminuição na produção de endorfinas;
Aumento da produção de substâncias inflamatórias; Osteoporose, atrofias, contraturas; redução do tônus e da força muscular (3 a 5% ao dia), encurtamento e atrofia muscular, redução da elasticidade das fibras colágenas com hipertonia, encurtamento muscular e tendinoso.
Limitação funcional; Úlceras de pressão,
edema,
alterações sensitivas, micoses. Redução do volume corrente e da capacidade vital, hipersecreção brônquica, tosse ineficaz; atelectasia, pneumonia; retenção de secreção, embolia pulmonar, insuficiência respiratória. Hipotensão ortostática, taquicardia, náusea, sudorese e síncope após repouso prolongado, redução da capacidade aeróbica, com diminuição da tolerância ao exercício, trombose venosa profunda. Aumento do volume residual da bexiga e alto risco de retenção urinária (bexigoma), alto risco de incontinência urinária de urgência, alto risco de infecção urinária aguda ou recorrente e bacteriúria assintomática; nefrolitíase. Estímulo Prevenção Evitar complicações Alívio de dor Promoção Imobilidade Síndrome da Imobilidade Complexo de sinais e sintomas resultantes da supressão de todos os movimentos articulares e, por conseguinte, da incapacidade da mudança postural. Referências Principais síndromes geriátricas. Edgar Nunes de Moraes, Marília Campos de Abreu Marino, Rodrigo Ribeiro Santos Rev Med Minas Gerais 2010; 20(1): 54-66

http://infofisio.blogspot.com.br/2011/03/fisioterapia-na-sindrome-da-imobilidade.html

Frequência da síndrome de imobilidadeem uma enfermaria de geriatria. Carla Araujo Ribeiro, Denise de Alvarenga Marcondes e Silva,Luciano Almeida Rizzo, Maurício Miranda Ventura. Rev. SBGG, 2011. Tabela 2. Causas da internação dos pacientes com

síndrome da imobilidade

Broncopneumonia 5/41,66%

ITU 4/33,33%

Diarreia 1/8,3%

Hiponatremia 1/8,3%

ICC 1/8,3%

Desidratação 1/8,3%

Úlcera de pressão infectada 1/8,3%

ITU: infecção do trato urinário; ICC: insuficiência cardíaca congestiva.
Full transcript