Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Pesquisa

No description
by

Camila Tasseli Garcia

on 8 January 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Pesquisa

Métodos de coleta de dados:
observação, entrevista e
análise documental Pesquisa em Educação:
abordagens qualitativas
(Lucke & André) Métodos de coleta de dados: observação, entrevista e análise documental Variações nos métodos de Observação Decisões importantes sobre a observação: O registro das observações O conteúdo das observações Camila Tasseli Garcia

Jéssica Thaíse Batista da Silva

Saulo Yukio Imada

Talison Oliveira Grau de participação
no trabalho Explicitação do papel
e dos propósitos Período de observação Denzin (1978) sobre a observação participante:
"Uma estratégia de campo que combina simultaneamente a análise documental, a entrevista de respondentes e informantes, a participação e a observação direta e a introspecção."

Neste caso o pesquisador está envolvido na situação estudada. Não basta escolher se haverá ou não a participação do pesquisador no grupo pesquisado e nas situações de pesquisa, é preciso definir o grau de participação.

Este grau é baseado em um intervalo chamado "continuum", que varia entre imersão total e distânciamento completo.

O grau pode variar ao longo da pesquisa. É preciso decidir também sobre à explicitação do papel do pesquisador na situação observada.

Esta também varia em um "continuum" que vai de total explicitação até não revelação. Junker (1971) define quatro pontos dentro do "continuum" da explicitação: Participante Total Não revela sua identidade de pesquisador, e vai conhecer de perto a situação.
Pode não dispor de todas as informações necessárias Participante como observador Revela apenas alguns pontos dos seus interesses.
Não causa alterações no conportamento das pessoas observadas. Observador como participante Revela sua condição e interesses. Pode ter acesso a informações confidenciais.
Mas, pode ocorrer a manipulação de quais informações serão reveladas. Observador total O pesquisador não interage com o grupo observado.
Nesse caso, pode observar sem ser visto, mas há a questão da ética envolvida. A decisão do período depende do tipo de problema e do propósito do estudo.
Quanto mais curto o período, maior o risco de ter conclusões precipitadas.
No entanto, um longo período não é tudo. É preciso analisar aspectos como a experiência do observador, o acesso aos dados necessários para a conclusão da pesqisa, a receptividade do grupo observado, entre outros. Ainda, é preciso decidir o período de observação.
Segundo Ross e Kyle (1982), o período de estudos na área da educação está entre 6 semanas e 3 anos, com diversas variações.
Esses dados são baseados na análise de 51 estudos nesta área.
Em vários casos, a observação se dá em pequenos períodos com intervalos de tempo entre eles. Observação: O observador tem que estar preparado fisicamente, psicologicamente e ter um material adequado.
Tem que saber registrar as observações, separar os resultados relevantes e possuir métodos que validem suas informações. A observação nas abordagens qualitativas A observação possibilita um contato direto do pesquisador com o fenômeno pesquisado, esta observação permite que o observador chegue mais perto da “perspectiva dos sujeitos”, podendo assim, aprender sua visão de mundo. As técnicas de observação são extremamente utilizadas para a descoberta de aspectos novos de um problema, isso é muito usado quando não existe uma base teórica solida.
Também utilizada quando não há outra forma de comunicação, ou seja, quando o informante não pode falar, que é o caso de pesquisa com bebês. - Pode causar alterações no ambiente e nas reações das pessoas pesquisadas;
- O método se baseia muito nas impressões pessoais;
- O grande envolvimento do pesquisador pode levar a uma visão distorcida do fenômeno; Existem críticas a respeito da observação: Focos de observação nas abordagens qualitativas ----> propósitos específicos do estudo.

Propósitos ----> Coleta de dados (Totalidade). Segundo Patton (1980) e Bogdan e Biklen (1982) o conteúdo das observações deve envolver uma parte descritiva e uma parte reflexiva. Parte Descritiva Parte Reflexiva A parte reflexiva das anotações inclui as observações pessoais do pesquisador, podendo ser de vários tipos:
1. Reflexões analíticas.
2. Reflexões metodológicas.
3. Dilemas éticos e conflitos.
4. Mudanças na perspectiva do pesquisador.
5. Esclarecimentos necessários A parte descritiva compreende um registro detalhado do que ocorre “no campo”, ou seja:
1. Descrição dos sujeitos.
2. Reconstrução de diálogos.
3. Descrição de locais.
4. Descrição de eventos especiais.
5. Descrição das atividades.
6. Os comportamentos do observador. Existe várias maneiras de registrar as observações, entre elas temos:
- Anotações escritas,
- Combinação de anotação com material transcrito,
- Filmes,
- Fotografias,
- Slides e muitos outros. Uma regra geral:

“Quanto mais perto do momento da
observação, maior vai ser sua acuidade.”

No entanto, isso vai depender do papel do observador e da sua relação com o grupo observado. A forma de registrar os dados pode variar muito, sendo interessante que, ao iniciar cada registro seja indicado o dia, a hora, o local e o período de duração da observação.A decisão sobre o tipo de material onde serão feitas as anotações vai depender muito do estilo pessoal de cada observador.
Full transcript