Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Pirâmides Etárias e teorias demográficas

Prof. Fontoura
by

Fontoura .

on 22 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Pirâmides Etárias e teorias demográficas

Estrutura etária da população
A estrutura etária de uma população, isto é, a repartição dos indivíduos por idade e por sexo, permite compreender os principais problemas de que a população padece ou de pôr em evidência os desequilíbrios de que esta sofre.
A estrutura etária analisa as relações entre três grandes grupos de indivíduos:
Jovens (0 aos 14 anos);
Adultos (15 aos 64 anos);
Idosos (65 e mais anos).
A representação gráfica da estrutura etária da população é feita por pirâmides etárias ou de idades, que correspondem a gráficos de barras de grande utilidade, uma vez que facilita a análise da estrutura etária da população.
TIPOS DE PIRÂMIDES ETÁRIAS
JOVEM
CARACTERÍSTICAS:
Base larga e topo estreito;
Alta taxa de Natalidade;
Alta taxa de Mortalidade;
Grande Índice de Fecundidade;
Esperança Média de Vida Baixa.
ENVELHECIDA
CARACTERÍSTICAS:
Base estreita e topo alargado;
Baixa taxa de Natalidade e Mortalidade;
Fraco Índice de Fecundidade;
Esperança Média de Vida elevada;
Existência de classes ocas.
ADULTA OU DE TRANSIÇÃO
CARACTERÍSTICAS:
Base fica mais estreita como resultado
da aplicação de medidas antinatalistas;
A restante pirâmide assemelha-se a uma pirâmide
Jovem;
Característica dos Países em Desenvolvimento.
REJUVENESCIDA
CARACTERÍSTICAS:
Base fica mais larga como resultado da aplicação de medidas natalistas;
A restante pirâmide assemelha-se a uma pirâmide envelhecida;
Características dos Países Desenvolvidos.
Consequências das estruturas etárias
ESTRUTURA ETÁRIA JOVEM
Excesso de mão-de-obra;
Desemprego e criminalidade;
Subnutrição e fome;
Falta de habitação;
Má prestação de cuidados de saúde;
Difícil acesso à educação.
ESTRUTURA ETÁRIA ENVELHECIDA
Falta de mão-de-obra;
Encerramento de escolas e maternidades;
Grandes gastos do estado com as reformas;
Aparecimentos de instituições ligadas à velhice;
Diminuição da população activa.
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
NATALISTAS
(Medidas para fomentar a natalidade)
Atribuição de subsídios a famílias numerosas;
Redução de impostos;
Aumento da licença de maternidade;
Criação de infantários;
Prestação gratuita de assistência médica;
Concessão de facilidades no crédito à habitação.
ANTINATALISTAS
(Medidas para controlar a natalidade)
LIBERAIS (incentivam a não ter filhos):
Divulgação dos métodos contraceptivos;
Divulgação do planeamento familiar;
Campanha de informação e sensibilização;
Legalização do aborto.

REPRESSIVAS (Obrigam a não ter filhos):
Infanticídio;
Esterilização forçada de mulheres;
Aborto selectivo de raparigas;
Abandono;
Penalizações.
Trabalho realizado por:
Bruno Costa Nº4;
Gustavo Quelhas Nº11;
Afonso Soares Nº1.
Estrutura etária de Portugal
Até à década de 60, a população era predominantemente jovem.
Na década de 60, a população começou a envelhecer.
Após a adesão à União Europeia (então CEE), a população portuguesa tornou-se numa população envelhecida.
Pirâmides etárias o o o
As pirâmides etárias dos paises mais pobrinhos
tem a base muito larga e a ponta bem fininho...uiiiii
as famílias são bem grandes, tem filho a dá com pau
eles estão com muita fome e os velhinhos vivem mal
pirâmides etárias o o o(4x) se têm a base larga, é de pobre que horror
As pirâmides etárias dos países mais riquinhos
tem a base mais estreita e a ponta mais larguinho
as famílias são menores o crescimento vegetativo é negativo
população é muito velha mão-de-obra tão pequena


Teorias Demográficas
Malthus
Malthus acreditava que o crescimento demográfico iria ultrapassar a capacidade produtiva da terra gerando fome e miséria.
As únicas formas de evitar que isso acontecesse seria reduzindo a taxa de natalidade através da proibição de que casais muito jovens tivessem filhos, do controle da quantidade de filhos por família nos países pobres, do aumento do preço dos alimentos e da redução dos salários para forçar as populações mais pobres a ter menos filhos.
População cresceria em ordem geométrica 2,4,8,16,32...
Produção de alimentos em ordem aritmética 2,4,6,8,10...
Neomalthusiana
Os neomalthusianos defendiam ainda que uma quantidade maior de indivíduos faria diminuir a renda per capita constituindo um outro fator de aumento da pobreza. Ou seja, quanto mais pessoas em um país menor a renda per capita deste.

A solução, segundo eles, seria o controle da natalidade nos países subdesenvolvidos através da adoção de “políticas de controle de natalidade”, que se tornaram bastante populares sob o nome de “planejamento familiar”.
Reformista
Em virtude de elevadas taxas de natalidade, não é causa, mas consequência do subdesenvolvimento.
Nos países subdesenvolvidos, uma população jovem numerosa só se torna empecilho ao desenvolvimento de suas atividades econômicas quando não são realizados investimentos sociais, em especial na educação e na saúde. Tal situação gera um enorme contingente de mão de obra desqualificada que ingressa anualmente no mercado de trabalho. Para que a dinâmica demográfica entre em equilíbrio, é necessário enfrentar em primeiro lugar as questões sociais e econômicas.
Foi constatado que quanto maior a escolaridade da mulher menor é o número de filhos e a taxa de mortalidade infantil.
Qual relação existe entre a demografia e o desenvolvimento?
Quais serão nossos desafios?
Produzem matéria-prima
transformam a matéria prima
em produto
vendem o produto
Transição demográfica
http://super.abril.com.br/multimidia/republica-imigrante-brasil-683294.shtml
Crescimento população brasileira
1º período - da colonização até 1940, característica principal alta taxa de natalidade( base de agricultura familiar), e a alta taxa de mortalidade(estrutura de saúde precária, saneamento)
2º período - 1940 a 1970 é o "boom" demográfico brasileiro, taxas de mortalidade caem e a média de filhos por casal chega a 6,3, devido a resultados da melhora da saúde pós segunda guerra, urbanização neste período começa a se inntensificar.Mulher entra no mercado de trabaho.
3º período - 1970 até 1990, qualidade de vida melhora taxas de natalidade e mortalidade se estabilizam, estrutura etária jovem diminui e o topo da pirâmide aumenta.
O que é IDH?
critérios que medem o IDH

LONGEVIDADE OU ESPERANÇA DE VIDA;
EDUCAÇÃO;

RENDA PER CAPITA.
O que é desenvolvimento humano?
Migração
ação de entrar e sair do país.
E
I
saída, exterior.
Entrada, interior.
http://prezi.com/6ndupuix69nq/migracoes-internas/
Full transcript