Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Métodos de Tortura na Idade Média

No description
by

Ariani Blum

on 13 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Métodos de Tortura na Idade Média

Métodos de Tortura na Idade Média
Métodos de Totura na Idade Média
Universidade do Vale do Itajaí.
Disciplina: História Medieval.
Acadêmicos: Ariani Rafaela Blum;
Camila Fiori de Godoy;
Thiago Luiz Rasmussen.
Ementa
A santa inquisição;
O Auto de Fé;
Porque eram ultilizados os métodos de tortura;
Quais os métodos ultilizados;
Ainda podemos encontrar hoje?
Extras (Filmes e Livros);
Bibliografia.
A Santa Inquisição
Também chamada de Santo Ofício, essa instituição era formada pelos tribunais da Igreja Católica que perseguiam, julgavam e puniam pessoas acusadas de se desviar de suas normas de conduta. Tudo começou em 1231, quando o papa Gregório IX - preocupado com o crescimento de seitas religiosas - criou um órgão especial para investigar os suspeitos de heresia. "Qualquer um que professasse práticas diferentes daquelas reconhecidas como cristãs era considerado herege"
porque eram utilizados métodos de tortura
Ao ser identificado um possível herege, geralmente a confissão não era prontamente declarada. Os condutores do processo estipulavam a prisão do acusado onde nesse momento, o possível herege era submetido a terríveis torturas que pretendiam facilitar a confissão de todos os crimes dos quais era acusado.
As Torturas
O inquisitor variava a crueldade dos castigos conforme a heresia. Os mais leves incluíam deixar o acusado acorrentado, sem comer nem dormir por vários dias. Mas os relatos históricos registram outros bem mais dolorosos, como os aparelhos chamados potro e extensão. Para amedrontar os acusados, os carrascos faziam uma demonstração de como funcionavam esses dispositivos. Para abafar os gritos, era comum colocarem colchões nas portas
POTRO
O Auto de Fé
Assim era chamada a cerimônia pública em que se liam as sentenças do tribunal. Os autos-de-fé geralmente ocorriam na praça central da cidade e eram grandes acontecimentos. Quase sempre o rei estava presente. As punições iam das mais brandas (como a excomunhão) às mais severas (como a prisão perpétua e a morte na fogueira)
Ainda podemos encontrar hoje?
Podemos fazer um paralelo ao assunto ao nos depararmos com a ditadura militar vivida entre as décadas de 60 e 80 em território Brasileiro, onde os acusados de pertecerem ao governo opositor sofriam torturas que por vezes eram levadas a morte.
Indicações Culturais
Livros
Jogo dos Tronos;
Mundo sem fim.

Filmes
Em nome da rosa;
A santa joana D'arc.
Trailer Filme "Mundo sem Fim"
Extras
Bibliografia
http://www.historiadomundo.com.br/idade-media/as-torturas-da-inquisicao.htm
http://mundoestranho.abril.com.br/materia/o-que-foi-a-inquisicao
Full transcript