Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

SAÚDE MENTAL

A HISTÓRIA DA SAÚDE MENTAL NO BRASIL
by

Rodrigo Nogueira Cabral

on 18 January 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of SAÚDE MENTAL

SAÚDE MENTAL
Criado pela Portaria n.º 52, de 20.01.04;
Propôs que a mudança do modelo assistencial fosse conduzido de forma a garantir uma transição segura, com a redução dos leitos hospitalares planificada e acompanhada da construção concomitante de alternativas de atenção no modelo comunitário. PROGRAMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO SISTEMA HOSPITALAR/PSIQUIATRIA Em março foi inaugurado o primeiro CAPS do Brasil, na cidade de São
Paulo: Centro de Atenção Psicossocial Professor Luiz da Rocha Cerqueira.
Em 1987 aconteceu em Bauru, SP o II Congresso Nacional do MTSM que
adotou o lema “Por uma sociedade sem manicômios”.
Neste mesmo ano, é realizada a I Conferência Nacional de Saúde Mental no
Rio de Janeiro.

(BRASIL, 2005). 1986 - 1987


Ciúmes;
Culpa;
Frustrações.
Reconhecer seus limites;
Buscar ajuda quando necessário. Fonte: http://artigos.psicologado.com/psicologia-geral/historia-da-psicologia/historia-da-assistencia-a-saude-mental-no-brasil-da-reforma-psiquiatrica-a-construcao-dos-mecanismos-de-atencao-psicossocial#ixzz2IFlBVEev, Acesso em 16.01.13 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS http://wwww.fasul.edu.br/pasta professor/arquivos/72/8804fasuli.pdf, acesso em 16.01.2013

http://www.google.com.br/search?q=saude+mental&oq=saude+mental&sourceid=chrome&ie=UTF-8, acesso em 17.01.2012

http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=925, acesso em 17.01.2013 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CAPS I; *
CAPS II; *
CAPS III; *
CAPS AD - Centro de Apoio Psicossocial Alcoól e Drogas;
CAPSi - Centro de Apoio Psicossocial Infantil;

* Os três primeiros relacionados diretamente a
Saúde Mental. CLASSIFICAÇÃO DOS CAP’S Defendeu a construção de uma política de saúde mental para os usuários de álcool e outras drogas, e
Estabeleceu o controle social como a garantia do avanço da Reforma Psiquiátrica no país. RESULTADOS O consenso em torno das propostas da Reforma Psiquiátrica;
Criou os princípios, diretrizes e estratégias para a mudança da atenção em saúde mental no Brasil;
Consolidou a Reforma Psiquiátrica como política de governo;
Conferiu aos CAPS o valor estratégico na mudança
do modelo assistencial; 3ª CONFERÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE MENTAL De 11 de fevereiro de 2000
Criou os Serviços Residenciais Terapêuticos  - moradias ou casas inseridas na comunidade e destinadas a cuidar dos portadores de transtornos mentais, saídos de internações psiquiátricas de longa permanência, sem suporte social e laços familiares que ajudem sua inserção social. PORTARIA GM 106
Regulamentados pela Portaria GM 224/92 conforme as diretrizes de descentralização e hierarquização do Sistema Único de Saúde.
NAPS/CAPS  - são unidades de saúde locais/regionalizadas que contam com uma população adstrita definida pelo nível local e que oferecem atendimento de cuidados intermediários entre o regime ambulatorial e a internação hospitalar. CRIAÇÃO DOS NAP’S E CAP’S Em1989 - Projeto de Lei do deputado Paulo Delgado (PT/MG), propõe a regulamentação dos direitos da
pessoa com transtornos mentais e a extinção progressiva dos manicômios no país. REGULAMENTAÇÃO A Secretaria Municipal de Saúde de Santos (SP) iniciou um processo de intervenção na Casa de Saúde Anchieta, local de maus-tratos e mortes de pacientes.
Esse ato teve repercussão nacional e demonstrou ser possível a construção de uma rede de cuidados efetivamente substitutiva ao hospital psiquiátrico.
(Brasil, 2005) 1989 Esse movimento passa a protagonizar e a construir a partir daí,
a denúncia da violência dos manicômios,
da mercantilização da loucura,
da hegemonia de uma rede privada de assistência e
a construir coletivamente uma crítica ao saber psiquiátrico e ao modelo hospitalocêntrico.
(BRASIL, 2005). MOVIMENTO DOS TRABALHADORE EM SAÚDE MENTAL - MTSM
Inicia efetivamente o movimento social pelos direitos dos pacientes psiquiátricos no Brasil.

O Movimento dos Trabalhadores em Saúde Mental (MTSM), formado por trabalhadores integrantes do movimento sanitário, associações de familiares, sindicalistas, membros de associações de profissionais e pessoas com longo histórico de internações psiquiátricas, surge neste ano. 1978 Teve seu inicio nos anos 70 e foi um processo contemporâneo ao “Movimento Sanitário”, em favor da mudança dos modelos de atenção e gestão nas práticas de saúde, defesa da saúde coletiva, equidade na oferta dos serviços, e participação dos trabalhadores e usuários dos serviços de saúde nos processos de gestão e produção de tecnologias de cuidado



(BRASIL, 2005) REFORMA PSIQUIÁTRICA Atitudes positivas em relação a si próprio;
Crescimento, desenvolvimento e auto realização;
Integração e resposta emocional;
Autonomia e autodeterminação;
Percepção apurada da realidade;
Domínio ambiental e competência social. CRITÉRIOS DE SAÚDE MENTAL
Afirma não existir definição "oficial" para saúde mental;
As diferenças culturais, julgamentos subjetivos, e teorias relacionadas e concorrentes afetam o modo como a definição. ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE HISTÓRIA DA SAÚDE MENTAL
NO BRASIL

Enf.: Rodrigo Nogueira Cabral
No final desse ano, em Brasília, após a promulgação da lei 10.216, foi convocada a III Conferência Nacional de Saúde Mental, que fundamentou a participação e o controle social. 2001 Acontece apenas em2001, com substitutivos;
dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental, mas não institui mecanismos claros para a progressiva extinção dos manicômios. SANÇÃO DA LEI PAULO DELGADO Podem constituir-se também em porta de entrada da rede de serviços para as ações relativas à saúde mental e atendem também a pacientes referenciados de outros serviços de saúde, dos serviços de urgência psiquiátrica ou egressos de internação hospitalar. OS NAP’S E CAP’S Realizada a II Conferência Nacional de Saúde Mental.
Passam a vigorar as primeiras normas federais que regulamentaram os serviços de atenção diária, fundadas em experiências com os CAPS, NAPS e Hospitais-dia, e as primeiras normas para fiscalização e classificação dos hospitais psiquiátricos 


(BRASIL, 2005). DÉCADA DE 90 A partir do ano de 1992, os movimentos, inspirados pelo Projeto de Lei Paulo Delgado, aprovam em vários estados brasileiros as primeiras leis para a substituição progressiva dos leitos psiquiátricos por uma rede integrada de atenção à saúde mental. LEI PAULO DELGADO No início e por muitos anos, foi usado o:
Modelo Hospitalocêntrico, que levava à:

Exclusão social;
Violência social;
Maus tratos;
Abandono
Estigma.
O aparelho de eletrochoque era utilizado como meio de cura. SAÚDE MENTAL NO BRASIL É estar de bem consigo e com os outros. Aceitar as exigências da vida, lidando com as boas emoções como:
alegria/tristeza;
coragem/medo;
amor/ódio;
serenidade/raiva; CONCEITO Criada em 31 de Julho de 2003, instituiu o auxílio-
reabilitação psicossocial para assistência, acompanhamento
e integração social, fora de unidade hospitalar, de pacientes acometidos de transtornos mentais, internados em hospitais
ou unidades psiquiátricas.. LEI 10.708 É o nível de qualidade de vida cognitiva ou emocional, ou a ausência de uma doença mental.
Para a psicologia saúde mental inclui a capacidade do indivíduo em apreciar a vida e manter o equilíbrio entre as atividades e os esforços para atingir a resiliência psicológica. SAÚDE MENTAL AGORA ANTES REFORMA PSIQUIÁTRICA AGORA ANTES REFORMA PSIQUIÁTRICA AGORA ANTES REFORMA PSIQUIÁTRICA
Full transcript