Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Untitled Prezi

aids tche
by

Unfpa Brasil

on 12 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Untitled Prezi

Alguns exemplos de Observatório
Quem vai observar?
Identificação e mobilização dos parceiros
Realização dos convenios interinstitucionais necessários
É necessário identificar as fontes oficiais de informação que serão utilizadas e conhecer a periodicidade com que se poderá obter dados desta fonte
Reunião de Trabalho do Plano Integrado Aids Tchê
Para que observar?
Influência na formulação e revisão de políticas públicas
Mobilização de parceiros e otimização de recursos
Promoção da vigilância, avaliação, monitoramento e análise integral das políticas públicas
Construindo um Observatório de DST/Aids
Como vamos Observar?

Definição da metodologia do Observatorio
Definição das fontes de informação que serão utilizadas
Boas #ÓTIMAS práticas
#Respeite normas e regulamentos internos
Isso se aplica a marcas e leis de direitos autorais, bem como outras regras estabelecidas pela organização que você está representando.
Ao fazer referência direta do trabalho ou de alguém, cite suas fontes e
dê o devido crédito.
Evite citar mais de um breve trecho de um trabalho que não é seu.
As alegações de plágio são um assunto sério, e neste caso o melhor
é ser excessivamente cauteloso e não deixar espaço
para críticas. Isso inclui imagens e vídeos.
Observe a neutralidade
Não se envolva com iniciativas políticas.
No contexto das redes sociais, lembre-se que isso se aplica não só quando você representa as Nações Unidas ou durante as horas de trabalho, mas o tempo todo - até mesmo em leave.
Lembre-se que você #não deve responder pelas Nações Unidas
#Não use a logomarca da ONU ou do UNFPA em perfis pessoais das redes sociais
Esteja focado(a) no seu trabalho
As Nações Unidas encorajam o uso das
mídias socias e comunidades online.
Mas tenha em mente que você #não deve gastar seu tempo de trabalho em mídias sociais particulares para tratar de assuntos pessoais, a menos que o escritório inclua entre suas atividades em redes sociais como parte
da estratégia de comunicação.
Mantenha seu supervisor(a) envolvido(a)
As Nações Unidas recomendam que você obtenha permissão antes de publicar algo relacionado às suas atribuições. Para evitar problemas, discuta as atividades com o seu supervisor(a).
Respeite a privacidade
Respeite o direito das pessoas à privacidade.
É seu trabalho proteger as pessoas vulneráveis,
e não expô-las.
Tenha cuidado ao citar números
Os números são muito atraentes para a mídia e se você não fizer a referência de forma correta, um comentário em um blog pessoal pode rapidamente se transformar em uma manchete em grandes jornais que diz algo com informações absurdas.
Dúvidas?
OBSERVATÓRIO
Perguntas-chave
O que vamos observar?
Quem vai fazer isso?
Como?
Para quê?
O que vamos observar?
Definição das dimensões de análise ou áreas temáticas
Definição das áreas criticas ou áreas que não possuem informação suficiente
Também é importante Conhecer os diferentes níveis de desagregação que as fontes permitem, especialmente em relação aos grupos mais vulneráveis.
Desenvolvimento de capacidades institucionais
Disseminação e
troca de
conhecimentos e/ou
informações
http://www.mysu.org.uy/observatorio/
http://www.cepal.org/oig/
http://www.observatoriodegenero.gov.br/
Quando tudo começou...
maio de 2012: SMS POA e ONU se reúnem para identificar áreas prioritárias de atuação no Aids-Tchê.
O observatório surgiu como uma da demanda coletiva local para instrumentalizar a resposta à epidemia de HIV/Aids no município.
Envolvimento dos diferentes atores (governamentais, sociedade civil, academia, outros)
Necessidade de realizar revisão sistemática de literatura científica publicada nos últimos dez anos sobre o contexto da epidemia do HIV/AIDS e outras DST no município de Porto Alegre.


Ao final da consultoria, espera-se que o resultado do mapeamento possa subsidiar, em especial a partir das recomendações do consultor, o Seminário que acontecerá este ano, envolvendo atores governamentais, sociedade civil e da academia e outros atores, para discutir a institucionalização de um Observatório do HIV/Aids no município.
Etapas e atividades a serem desempenhadas pelo consultor

Participar em reuniões preparatórias com SMS, UNFPA e outros parceiros
Ler documentos/subsidios indicados pela SMS e parceiros
Preparar roteiro básico e lista de contatos para entrevista
Entrevistar atores-chave para levantamento/complementação de informações, presencialmente, telefone, e-mail ou skype
Mapear e sistematizar dados existentes em documentos, literatura cientifica publicada nos últimos dez anos e sites de natureza acadêmico-científica (portais, base de dados de periódicos, bibliotecas digitais/virtuais, ciberespaços) sobre prevenção, transmissão, assistência e assistência ao HIV/Aids, bem como integração entre saúde sexual e reprodutiva e dst/aids na população geral e grupos específicos (população em situação de rua, pessoas em privação de liberdade, usuários de drogas, pessoas que vivem com hiv/aids).
Produtos e prazos
1)Capa
2)Índice
3)Contexto e justificativa
4)Objetivos e resultados esperados
5)Metodologia de trabalho
Na metodologia, entre outros aspectos é importante que sejam apresentados os descritores inicialmente propostos e aqueles que efetivamente foram utilizados, estratégias adotadas na busca, fontes pesquisadas, estratégias adotadas para reduzir vícios derivados da busca eletrônica/automatizada, critérios de inclusão e exclusão de estudos; seleção de estudos – incluindo avaliação da qualidade; modelo adotado para extração dos dados.
6)Limitações do Estudo
7)Estratégias adotadas para alcançar o resultado
8)Fatores que facilitaram e que dificultaram a coleta, sistematização e/ou categorização de informações.
9)Resultados alcançados (mapa de iniciativas - sumário dos dados extraídos dos estudos selecionados)
10)Recomendações - Recomendar estudo e linhas orientadoras que possam ser apresentadas e discutidas durante seminário que será realizado para a criação do Observatório.
11)Anexos, incluindo a lista de pessoas entrevistadas, data da entrevista e meio utilizado (presencial, telefone, e-mail, Skype) e outras informações/documentos importantes.
12) Fontes de informação (referências bibliográficas)
Relatório estruturado em acordo com o seguinte roteiro:
Aspetos destacados pelo GT para a criação do Observatório

1)Repositório dos resultados de pesquisas realizadas em Porto Alegre

2)Análise dos dados existentes em função das demandas da gestão

3)Divulgação dos resultados para a população em geral e para gestores e serviços

4)Informação para ação
Produto 01: Proposta de trabalho, conforme
descrito no Termo de Referência.
Prazo de entrega: ate 30 de abril de 2013

Produto 02: Versão preliminar do relatório conforme descrito no Termo de Referencia.
Prazo de entrega: ate 31 de maio de 2013

Produto 03: Versão final do relatório.
Prazo de entrega: ate 30 de junho de 2013
Fundo de População das Nações Unidas

www.unfpa.org.br


Contatos:
Jennifer Gonçalves
email: jgoncalves@unfpa.org
Telefone: (61) 3038-9245
Full transcript