Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TEMA H - A CIVILIZAÇÃO INDUSTRIAL NO SÉCULO XIX

No description
by

João Barra

on 2 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TEMA H - A CIVILIZAÇÃO INDUSTRIAL NO SÉCULO XIX

Tema H - A civilização industrial no século XIX Trabalho realizado por:
João Barra 8ºA Nº17
Diogo Vilaverde 8ºA
Hugo Monteiro 8ºA
Pedro Marques 8ºA Professora Luísa Ferreira
História Revolução Industrial em Inglaterra Iniciou-se Alargando-se para outras regiões do mundo Jogo da História Quem liderou o processo de industrialização? A. Portugal B. Espanha C. França D. Inglaterra A hegemonia Inglesa Ao longo do século XIX a Inglaterra liderou o processo de industrialização, sendo o país que mais produzia e exportava.

Produzia têxteis, máquinas, locomotivas, carris e muitos outros bens e equipamentos.

Os lucros deste comérico eram reinvestidos em novos negócios, na Inglaterra ou no estrangeiro. As novas potências industriais Na segunda metade do século XIX, os Estados Unidos da América tinham uma população jovem e muita mão de obra vinda de imigrantes europeus. As novas fontes de energia e os novos inventos técnicos A revolução dos transportes acelerou as trocas de produtos, de técnicas e de ideias, transformando o quotidiano das pessoas. O desenvolvimento da ciência e as melhorias na alimentação levaram a um aumento demográfico e ao crescimento das cidades, mas também ao aumento da emigração A Industrialização contribuiu para o desenvolvimento do capitalismo gerando contrastes sociais entre a alta burguesia detentora das grandes fábricas e o operariado. Foi neste contexto que surgiram os primeiros movimentos sindicais e as ideias socialistas A navegação a vapor inpôs-se na segunda metade do séc. XIX, com a construção de grandes paquetes em metal e com a formação de companhias de navegação de longo curso, como a "Great Western" e a "Cunard Line", as quais faziam o transporte regular de pessoas e mercadorias entre os continentes. O barco a vapor permitiu a dslocação de milhões de pessoas da Europa para a América, em especial para os Estados Unidos, desempenhando, assim, um papel importante na emigração europeia.
Nos transportes terrestres destacou-se o comboio, que se tornou o mais importante meio de transporte de pessoas e mercadorias. A partir da Inglaterra, a Revolução Industrial foi-se alastrando a outras regiões. Por volta de 1870 ocorreu, em diversos países, uma segunda revolução industrial marcada pela aplicação de novas formas de energia, por novas indústrias e muitas invenções técnicas.
O desenvolvimento da indústria, das ciências e dos transportes trouxe muitas transformações económicas e sociais e transformou o quotidiano das pessoas - A França desenvolveu-se sobretudo após a queda de Napoleão; a partir de 1840, avançou com a construção da rede de caminhos de ferro e desenvolveu os setores da exploração mineira e metalurgia. A Alemanha, rica em matérias primas, dedicou-se às indústrias metalúrgicas; nos finais do século XIX, o setor industrial apresentou um grande desenvolvimento, sobretudo na indústria do algodão e dos produtos químicos. (doc.3) O Japão começou a sua industrialização nos finais do século XIX. Este país tinha, até então, uma economia com caraterísticas feudais, mantendo-se afastado do Ocidente. Quando os Americanos tentaram obrigá-lo, pela força, a abrir os seus portos ao comércio, o imperador japonês resolveu iniciar uma revolução para modernizar o país, iniciando a era Meiji (do progresso)/(doc.5). Foram construídos fábricas e caminhos de ferro e desenvolveram-se os setores da construção naval e da indústria têxtil algodoeira. Japão Na Europa, depois da Inglaterra e da Bélgica, a Alemanha e a França foram os países onde a indústria mais se desenvolveu: Bélgica Por volta de 1870 deram-se importantes mudanças na indústria, a nível mundial, o que levou alguns historiadores a falarem numa segunda Revolução Industrial. Na segunda metade do século XIX deram-se avanços significativos na ciência e nas técnicas. A invenção da turbina e do dínamo permitiram a produção de eletricidade, a descoberta de poços de petróleo e a invenção do motor de combustão permitiram a utilização de novas fontes de energia: a eletricidade e o petróleo (gasolina e gasóleo). Apareceram indústrias novas, tais como:
- A indústria química (medicamentos, fertilizantes, papel,explosivos...);
- a indústia de materiais elétricos, que produzia aparelhos elétricos e eletrodomésticos. A indústria do aço (siderurgias/metalurgia) desenvolveu-se muito devido à construção de máquinas, pontes, arranha-céus e caminhos de ferro A revolução dos transportes iniciou-se com a aplicação da máquina a vapor:
- ao barco (invenção de Fulton, em 1803) e;
- à locomotiva (invenção de Stephenson, em 1816). A revolução dos transportes As inovações na ciência e nas técnicas e a industrialização contribuíram para o desenvolvimento dos meios de transporte e das comunicações. Ao longo do século XIX, sobretudo a partir de 1870, a Revolução Industrial alastrou-se a outros países da Europa, aos Estados Unidos e ao Japão. Desde 1830 até ao fim do século as redes de caminho de ferro, quer na Europa, quer na América, não pararam de crescer. Para além de facilitar o comércio, o comboio alterou o quotidiano das populações, tornando a deslocação de pessoas e bens mais rápida e mais segura. 8ºA Esperamos que tenham gostado! Estados Unidos da América O país era muito rico em matérias-primas e após a construção do caminho de ferro o comércio interno desenvolveu-se contribuindo para o aparecimento de novas indústrias, sobretudo nos setores de metalurgia e do têxtil algodoeiro. Este país destacou-se ainda pelas inovações na ciência e nas técnicas.
Full transcript