Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Raciocínio Clínico em Terapia Ocupacional

No description
by

Silvia Ferreira

on 5 January 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Raciocínio Clínico em Terapia Ocupacional

Raciocínio Clínico em Terapia Ocupacional
Tipos de Raciocínio Clínico em Terapia Ocupacional
Raciocínio Clínico
O que é?
Qual é o foco?
Qual é o objetivo?
"É o processo usado por profissionais para refletir, planejar, orientar e conduzir o tratamento do cliente"
(SCHELL, 2002)
"É um processo complexo e multivariado e requer o emprego de análise metacognitiva, ou seja, capacidade de pensar e refletir sobre o processo de tomada de decisão clínica (ou raciocínio) aplicada a determinada situação"
(MANCINI e COELHO, 2008)
Profissionais
Elaboração e condução da prática
"Organizar as ações terapêuticas de tal forma a atender adequadamente aos interesses ou demandas de determinado cliente"
(ROGERS, 1983)
(KINGDON e NEUFELD, 1998; ROGERS, 1983; FLEMING, 1991; MATTINGLY, 1991; SCHELL e CERVERO, 1993; MATTINGLY e FLEMING, 1994 In: MANCINI e COELHO, 2008)
Científico
Pragmático
Interativo
Narrativo
Condicional
Ético
"O Raciocínio Científico é um processo usado pelo terapeuta para definir o problema do cliente, a identificação e a natureza específica de apresentação da doença e suas sequelas funcionais, assim como de selecionar teorias e procedimentos que são relevantes para guiar a decisão clínica"
Raciocínio Diagnóstico
Raciocínio de Procedimentos
(MANCINI e COELHO, 2008)
Norteia a escolha da instrumentação e dos processos avaliativos
Norteia a seleção e a implementação da(s) abordagem(s) terapêuticas
Compreende:
história ocupacional do cliente
história compartilhada entre terapeuta e cliente
Fatores facilitadores e limitantes relacionados à implementação da intervenção em determinada situação clínica, que poderão influenciar no processo terapêutico
Habilidade de coletar e integrar todas as informações do cliente a fim de entender o significado subjetivo da experiência de incapacidade para o sujeito
Utilizado para rever o tratamento a cada momento, a fim de atender às necessidades atuais e futuras do cliente
Ponderação de riscos e benefícios
Estabelecimento de prioridades
Ações: desejo do cliente e consistência clínica
Caso Clínico - Exemplo
Descrição do caso
Objetivos de Tratamento
Plano de Tratamento
Evolução do Caso
Full transcript