Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Centro de gravidade e Manutenção do equilibrio

No description
by

lilian alves

on 15 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Centro de gravidade e Manutenção do equilibrio

Duarte afirma que a estabilidade é alcançada gerando momentos de força sobre as articulações do corpo para neutralizar o efeito da gravidade ou qualquer outra perturbação em um processo continuo e dinâmico durante a permanência em determinada postura.
Conclui-se que a relação específica da altura do centro de gravidade com o equilíbrio é uma abordagem pouco estudada e pode ainda ser bem desenvolvida, relacionando diversas populações como obesos, idosos, atletas, entre outros. Algumas características físicas e genéticas dos indivíduos foram observadas nesse estudo, como o fato de pessoas com maiores quantidades de massa no segmento superior corporal elevar o centro de gravidade e, por conseguinte, provocar maiores oscilações corporais.
Qualquer objeto que tenha seu Centro de Gravidade acima do seu ponto de apoio estará em equilibrio (ainda que instavel as vezes)
A relação da altura do Centro de Gravidade está relacionada com a massa corporal, que em determinadas pessoas é mais concentrada na parte superior do corpo, e em outras na parte inferior, tendo assim diferenciação de instabilidade.
Para efeito de análise do equilíbrio dos corpos sólidos, basta considerarmos um único ponto do corpo: o Centro de Gravidade
O Equilibrio pode ser definido
como habilidade de manter
o centro da massa
corporal dentro
da base de
sustentação.
Dentro desse contexto, o corpo deve ser capaz de adquirir e controlar determinadas posturas para atingir um objetivo, com capacidade de se deslocar com rapidez e precisão, de forma multidirecional, com coordenação, segurança e ajustado frente às perturbações externas.
O Centro de Gravidade é um ponto muito importante. Qualquer objeto se comporta como se todo o peso do corpo estivesse concentrado nele.
O equilibrio é considerado estável quando não é perdido com facildade.
Para o equilibrio estável, verificamos que ele ocorrerá sempre que o objeto deslocado da sua posição de equilibrio tenha o seu Centro de Gravidade elevado para uma posição mais alta.
Nesssas circunstâncias, ao soltarmos o objeto ele tenderá a voltar à posição inicial.
Existem três tipos de equilibrio: Estável, instavel e indiferente
Quando um objeto
estiver equilibrado de tal
forma que o seu ponto de gravidade esteja
na posição mais alta possivel, dizemos que o equilibrio é instavel.
E finalmente,
no equilibrio indiferente,
o Centro de Gravidade não
muda de altura ao deslocarmos
o objeto, isto é, o
Centro de Gravidade
não é levantado nem
abaixado ao deslocarmos
o objeto.
A oscilação corporal está relacionada às correções que o corpo faz para manter a linha do CG dentro da base de sustentação. Existe uma instabilidade constante do equilíbrio que pode ser explicada por meio da altura do centro de gravidade e pela presença de uma base de suporte relativamente pequena.
No envelhecimento, verifica-se modificações no metabolismo energético, resultando em aumento da gordura corporal, diminuição da massa muscular e da estatura o que pode levar às alterações no posicionamento do Centro de Gravidade (CG) e consequentes quedas.
Segundo Ferreira o centro de gravidade sofre interferência; com o aumento da massa o centro de sustentação não é alterado. Ou seja, o aumento da massa corporal não significa que todos os segmentos do corpo aumentaram proporcionalmente.
Adequação às mudanças
posturais com finalidade
de manter a sustentação
na base de apoio
necessitando de um
afastamento entre as pernas
para que o corpo não
comporte-se como um
pêndulo, mantendo a postura
estática. Estes movimentos
ocorrem na gravidez pelo
aumento do útero na região
pélvica que provocam um deslocamento do centro
gravitacional. A um
arqueamento da coluna
vertebral causando uma
hiperlordose.
Leite e Silva afirmaram ainda que a diferença estatisticamente significante encontrada entre as alturas do CG de jovens e idosas pode estar associada à perda de massa e força na musculatura esquelética típica das pessoas de terceira idade.
Estes fatores foram enfatizados, uma vez que somados, podem contribuir para a perda freqüente do equilíbrio corporal gerando elevados índices de queda observados na população idosa. Quando não se tem a manutenção da postura corporal compromete falha de comportamento de várias partes corporais resultando em menos equilíbrio sobre sua base.
Segundo Aspdena,
Rudmana e Meakin1 foi
realizada uma análise do
funcionamento cinesiológico da
articulação do quadril, a qual segundo os autores é o mecanismo de equilíbrio postural do tronco dos seres humanos, estando o CG geralmente equilibrado acima dos quadris, num equilíbrio instável.. Esses autores ainda completam propondo que o peso corporal que age através do sacro é contra equilibrado pela tensão do ligamento ílio–femoral, e desta maneira o tronco mantêm-se em
equilíbrio estável com o mínimo
de forças musculares.
Outro ponto observado foi na relação de gêneros, vislumbrado na literatura, na qual mulheres têm o centro de gravidade mais baixo que homens em virtude de características morfológicas, e esse fato, mais uma vez, é interveniente no equilíbrio corporal. Por fim, acredita-se que esta revisão literária forneça embasamento para novos estudos relacionados a essa temática e auxilie na amenização da carência literária existente em torno dessa abordagem.
Lilian Alves, Virginia Barcellos
Centro de gravidade e
manutenção do equilíbrio
Full transcript