Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Teorias de Internacionalização

Por que as empresas se internacionalizam?
by

Silvio Vasconcellos

on 12 July 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Teorias de Internacionalização

prof. Sílvio Vasconcellos
Por que as empresas se internacionalizam?
Avançar no mercado internacional envolve questões econômico-racionais e comportamentais.
Por que as organizações se internacionalizam?
Esgotamento do mercado doméstico
Busca de recursos disponíveis em outras regiões
Aproximação a mercados consumidores
Internalização de conhecimento e tecnologias
Reação a estratégias de concorrentes
Custos de transação mais compatíveis
Motivações econômico-racionais
O Diamante de Michael Porter
Teorias que dão suporte às Motivações Econômico-racionais
O - ownership (propriedade)
L - localization
I - internalization
O Paradigma Eclético de Dunning
As empresas se internacionalizam quando o mercado externo oferece vantagens nos custos de produção e/ou comercialização.
Custos de Transação (Williamson, 1985; Anderson & Gatignon, 1986)
A internacionalização é um processo gradual de aprendizado. Conforme a organização vai se familiarizando com o ambiente hostil que acredita existir, vai galgando espaço no cenário internacional e se aventurando mais.
Motivações Comportamentais
Os gestores enfrentam seus medos quando buscam melhores resultados econômico-racionais.
Distância geográfica, psíquica e cultural fazem a empresa avançar mais lenta ou mais rapidamente em suas operações internacionais. Esse avanço se refere a aversão ao risco, controle sobre o processo e envolvimento.
Escola de Uppsala (Johanson & Vahlne, 1977)
À medida em que a organização avança, aprende. Ao sentir-se segura, procura outros mercados, envolve-se mais e busca ter maior controle em seus processos buscando a conquista de mercado ou acesso a recursos que pode obter no exterior.
Aprendizagem na internacionalização
Nem sempre o avanço sobre outros mercados está relacionado unicamente ao enfrentamento de seus medos ou propensão ao risco. As organizações também são favorecidas pelo nível de relações que estabelecem ao longo do tempo. Essas relações também envolvem a experiência de seus gestores.
Relacionamentos (Johanson & Vahlne, 2003)
Por que as empresas não se internacionalizam?
Países com mercados muito grandes não encontram motivação para envolverem-se em atividades internacionais.

Ao se depararem com a ameaça de concorrentes internacionais em seus próprios mercados voltam-se ao exterior.
O fenômeno dos Late Movers
Novos Empreendimentos Internacionais

Born Globals
Empresas de rápida internacionalização
Nos primeiros anos de existência, as empresas se deparam com oportunidades no mercado internacional e buscam alternativas.
Novos Empreendimentos Internacionais (NEI)
Empresas são constituídas para atender demandas em outros países.
Born Globals
Discussão sobre o caso, associando às teorias trazidas em Fleury & Fleury.
Apresentação dos conceitos básicos e exemplos, com o uso de slides.
Pesquisa na INTERNET sobre UM CASO DE INTERNACIONALIZAÇÃO – resenha para próxima aula, buscando identificar motivações de internacionalização.
Propor leitura do capítulo 3 do livro ESTRATÉGIA – A BUSCA DA VANTAGEM COMPETITIVA – MONTGOMERY E PORTER.
Atividades

Identificar um caso brasileiro de internacionalização
relatar o caso (empresa, produtos, mercados)
analisar as motivações de ordem econômico-racionais e comportamentais, vinculando ao que foi visto em Fleury & Fleury e durante a explanação em sala de aula.
Entrega da atividade via Moodle
Atividade em laboratório de informática em trios ou quartetos
Full transcript