Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Legalização das drogas

No description
by

beatriz santos

on 4 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Legalização das drogas

INTRODUÇÃO
Neste trabalho vamos abordar o tema: A legalização das drogas leves. Podemos considerar que este tema é um fenómeno social, sendo que está a originar diferentes opinioes e debates nas sociedades. E o nosso objetivo é apresentar-vos as vantagens e desvantagens da aplicação desta legalização e como ela é vista no mundo.
Efeitos das drogas leves
A curto prazo

Vantagens da legalização
Desvantagens da legalização
-As mais leves, podem levar às mais pesadas.
-Os consumidores causam prejuízo à sociedade.
-Implicações ético/pessoais
Erva
A Cannabis é obtida da planta Cannabis Sativa, que cresce em muitos lugares do mundo. O seu principal ingrediente é o THC.

Quem a consome?

A Cannabis é a droga mais consumida em Portugal, a maior parte das vezes por jovens, na adolescência.

Como se apresenta?

Apresenta-se de várias formas: a chamada erva ou marijuana, haxixe ou hash ou ainda na forma líquida, tirada da flor (óleo de haxixe).

Como é consumida?

Normalmente é fumada misturando-a com tabaco enrolado em papel de cigarro ou mortalhas ("charro") ou em cachimbo. Pode ainda ser misturada na comida (os clássicos bolos das “Coffee Shops” holandesas).


Legalização das drogas leves
- Período de euforia (bem-estar e felicidade seguidos de sonolência e relaxamento
- Risos espontâneos
- Perda da definição de tempo e espaço
- Maior fluxo de ideias
- Taquicardia (ritmo cardiaco acelerado)
- Aumento do apetite e da sede
- Coordenação motora diminuída
A longo prazo
- Diminuição das defesas, facilitando infeções
- Dor de garganta e tosse crónica
- Aumenta os riscos de ataque cardíaco e problemas cardíacos
- Maior risco de desenvolver cancro do pulmão
- Ajuda a circulação do sangue
- Alivia as dores que o cancro faz sentir
- Ajuda no combate da anorexia, visto que estimula o apetite
- Para as mulheres, alivia as dores da menstruação
-As drogas leves levam um condutor a conduzir devagar
-Causam pouca dependência
-Desaparecimento do prazer da clandestinidade do consumo e consequentemente a diminuição da procura.


Diferentes perspetivas da sociedade face à legalização das drogas

-As drogas leves em grandes excessos pode provocar cancro, bem como a esquizofrenia.
-Causam dependência com o uso frequente.
-A ministra da Justiça,Paula Teixeira da Cruz, defendeu numa entrevista à TSF, a legalização da venda de drogas leves em Portugal e a sua venda nas farmácias. De acordo com a sua argumentação,os ganhos para os cidadãos seriam alcançados graças à diminuição de outros crimes
-O médico psiquiatra, Pedro Afonso, defende que a droga não se vence passando o tráfico das ruas para a venda legal nas farmácias. Esta medida, do ponto de vista dele,seria um sinal de fraqueza e um gesto de falsa compaixão. Reforçando que: "A verdadeira compaixão assenta em salvar pessoas, ajudando-as a recuperar o impulso natural do homem, que o leva a agarrar-se à vida, sem drogas."
Países onde é legal
Hoje em dia a cannabis é descriminalizada em alguns países, como os Países Baixos ou o Canadá, neste último apenas para uso medicinal, pois adotam políticas de tolerância. Além destes, outros países apoiam o seu uso medicinal, tendo em vista os efeitos terapêuticos da planta.


No entanto, a simples posse de erva causa prisão em alguns países da Ásia Oriental, onde a venda da mesma pode levar a um período de prisão perpétua ou mesmo pena de morte.
Full transcript