Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

As relações interativas em sala de aula: o papael dos profes

No description
by

phamela evangelista

on 3 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of As relações interativas em sala de aula: o papael dos profes

As relações interativas em sala de aula: o papael dos professores e dos alunos


Estabelecer um ambiente de determinadas relações que facilitem a auto-estima e autoconceito
É preciso criar um ambiente seguro e ordenado, que ofereça a todos os alunos a oportunidade de participar, num clima com multiplicidade de interações que promovam a cooperação e a coesão do grupo.

Uma das tarefas dos professores consistirá em criar um ambiente motivador, que gere o autoconceito positivo dos meninos e das meninas, a confiança em sua própria competência para enfrentar os desafios que se apresentem na sala.
Estabelecer metas alcançáveis
Estabelecer metas ao alcance dos alunos para que possam ser superadas com o esforço e a ajuda necessários
Potencializar a autonomia e possibilitar que os alunos aprendam a aprender
Impulsionar esta autonomia significa tê-la presente em todas e cada uma das propostas educativas.


Será necessário oportunizar situações em que os meninos e meninas participem cada vem mais intensamente na resolução das atividades e no processo de elaboração pessoal, em vez de se limitar a copiar e reproduzir automaticamente as instruções ou explicações dos professores.
A influência dos tipos de conteúdos na estruturação das interações educativas na aula
Uma série de relações que os incentivam. Essas condições são generalizadas independente do tipo de conteúdo.
Conteúdos procedimentais: permetir que realizem atividades que comportam esses conteúdos tanta vezes quanto for necessário, devem ser precedida da observação de modelos indicados pelos professores até que os alunos sejam capazes de atuar de forma autonoma.
Conteúdos atitudinais: Requerem uma reflexão mais profunda a respeito das relações interativas que devem ser promovidas.
O ambiente geral as avaliações que se faz e as relações que se estabelecem tem que traduzir os valores que se quer ensinar.
Avaliá-los conforme suas possibilidades reais e incentivar a auto-avalição de suas competências
Será preciso confiar, e demonstrar esta confiança, no esforço dos meninos e meninas, devolvendo-lhes a avaliação de seu próprio progresso, levando em conta a situação pessoal de partida, os obstáculos que tiveram que superar e os tipos de ajuda com que contaram.

Trata-se de reconhecer o trabalho bem feito, mas sobretudo o esforço realizado, fazendo-os ver as dificuldades que tiveram que solucionar e os meios de que dispuseram.
A influência da concepção construtivista na estruturação das interações educativas na aula
Planejamento e plasticidade na aplicação
A complexidade dos processos educativos faz com que dificilmente se possa prever com antecedência o que acontecerá em sala.

É imprescindível prever propostas de atividades articuladas e situações que favorecam diferentes formas de se relacionar e interagir.

Os professores tem que fazer planejamento suficientemente flexíve para poder se adaptar as diferentes sutuações da aula, como também deve levar em conta as contribuições dos alunos desdo o princípio.
Levar em conta as contribuições dos alunos tanto no início das atividades como durante o transcurso das mesmas
Para poder estabelecer os vínculos entre os novos conteúdos e os conhecimentos prévios, em primeiro lugar é preciso determinar que invteresses, motivações, comportamento, habilidades, etc., deve constituir o ponto de partida.

Os professores devem acreditar sinceramente nas capacidades dos alunos, ganhando a confiança deles a partir do respeito mútuo.

Para poder levar em conta as contribuições dos alunos alem de criam um clima adequado é preciso realizar atividades que promovam o debate sobre suas opiniões que permitam formular questões e atualizar o conhecimento prévio, necessário para relacionar uns conteúdos com os outros.
Ajudá-los a encontrar sentido no que fazem
Para que os alunos vejam sentido no trabalho que irão realizar é necessário que conheçam previamente atividades que devem desensolver, não apenas como são, como também o motivo pelo que foram selecionadas estas e não outras, que sintam que o trabalho que lhes é proposto está ao alcance deles e que seja interessante fazê-lo.

É condição indispensável que vejam a proposta como atrativas, que sejam motivados para realizar o esforço necessário para alcançar as aprendizagens.

A percepção de que a gente mesmo é capaz de aprender atua como requisito imprescindível para atribuir sentido a uma tarefa de aprendizagem.
Oferecer ajudas contingentes
Ajuda especializada no processo de construção do aluno porque sem ela os alunos por si só dificilmente conseguiriam aprender, e aprender o mais significativamente possível. Para enfrentar os obstáculos com os quais se deparam
Promover atividade mental auto-estruturante que permita estabelecer o maximo de relações com o novo conteúdo atribuindo-lhe significado no maior grau possível e fomentando os precessos de metacognição que lhe permitam assegurar o controle pessoal sobre os próprios conhecimentos e processos durante a aprendizagem
Promover a atividade mental auto-estruturante
Promover canais de comunicação
Conteúdos atitudinais: Requerem uma reflexão mais profunda a respeito das relações interativas que devem ser promovidas.



Querer que os alunos assumam como valores a tolerância com os demais e a aceitação da diversidade suas opiniões suas maneiras de ser e suas crenças exige a presença em aula de um clima em que se atue de acordo com estes princípios.
Conclusão
Os princípios da concepção construtivista do ensino e da aprendizagem escolar proporcionam alguns parâmetros que permitem orientar a ação didática e ajudam a caracterizar as interações educativas que estruturam a vida de uma classe. Ensinar é dificil e não da para esperar que a explicação das variáveis que intervem possa ser feita por um discurso simplista, esta reflexão se articula para estabelecer as bases de um ensino que possa ajudar os alunos a se formarem como pessoas no contexto da instituição escolar
O ambiente geral as avaliações que se faz e as relações que se estabelecem tem que traduzir os valores que se quer ensinar.
Anne Caroline
Eliane Nascimento
Jhennifer Nalin
Nivia Nascimento
Phâmela Evangelita

Numa primeira fase , os alunos seguirão os modelos ou as diferentes ações propostas pelos professores, com uma ajuda intensa por parte deste. Nas fases seguintes sera retirada essa ajuda de maneira progressiva.

Só na medida em que os meninos e meninas sejam capazes de se dar conta dos próprios erros e de buscar os recursos necessários para superá-los, podemos falar de aprender a aprender, o que quer dizer que que para apreder a aprender eles também devem aprender a se dar conta do que sabem e do que não sabem e a saber o que podem fazer quando encontram um obstáculo.

Levar em conta o conteúdo de aprendizagem, assim como a maneira de se organizar e atuar para aprender.
É necessário que os alunos conheçam e se apropriem dos critérios e dos instrumentos que os professores utilizam para avaliá-los.

Conhecer desdo o princípio o que se quer deles, que sentido tem este objetivo, de que meios de ajuda disporão.

Importância crucial : Integração de atividades que promovam a auto-avaliação

Recursar fórmulas em que o controle e a avaliação recaem exclusivamente nos professores
Para facilitar o desenvolvimento do aluno é preciso utilizar o grupo classe, potencializando o maior número de intercâmbios em todas as direções. Para isso será imprescindível promover a participaçao e a relação entre os professores e os alunos e entre os próprios alunos, para debater opiniõe e idéias sobre o trabalho a ser realizado e sobre qualquer das atividades que se realizam na escola escutando-os e respeitando o direito de intervirem nas discussões e nos debates.
Full transcript