Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

REDES SOCIAIS

AULA 3
by

Lorena Risse

on 29 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of REDES SOCIAIS

Conceituações
REDES SOCIAS
O que são?
Uma rede social é uma estrutura social composta por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações,
ATORES
CONEXÕES
ATORES
São aqueles que fazem com que a rede funcione. Produzem as conexões necessárias para as engrenagens das redes girarem.
O fator de que esses atores sociais estão fisicamente distantes um dos outros e principalmente porque estão separados por uma tela, é o que faz com que eles sejam representados.
DORING (2002) - Os websites pessoais são apropriações individuais do ciberespaço como forma permanente de construção de si.
REPRESENTAÇÃO
Podemos dizer a partir deste fator do permanente que os perfis são modificados de acordo com as tranformações que acontecem conosco. Por isso, tratamos como algo que dura enquanto nós mesmos durarmos neste espaço.
Como anda o perfil de vocês?
O que vocês acham?
LINKS
O ator também pode ser representado por ele.
DE QUE FORMA?
O link é uma forma de se reconhecer o usuário justamente a partir do que ele constroi dele mesmo na sua página pessoal.
TWITTER
Aqui os seus usuários são mais conhecidos pelos seus links (CÓDIGO = @FULANO) do que pelo seu nome, por exemplo, como seria em redes sociais mais baseadas em informações "miltimídia" sobre o perfilado
Kaká
Assim, todo o modo de representação de pessoas pode ser tomado como um nó da rede social: weblogs, perfis no Facebook, nicknames...
CONEXÕES
Em termos gerais, as conexões em uma rede social são constituídas dos laços sociais, que, por sua vez, são formados através da interação social entre os atores.
As interações são percebidas a partir dos rastros sociais
dos indivíduos que permanecem ali.
INTERAÇÃO
É um processo comunicacional, no qual temos a relação de um indivíduo com o outro. No caso do estudo das redes sociais, são relações que são mediadas por computador.
PARTICULARIDADES DA INTERAÇÃO
SOCIAL NO CIBERESPAÇO:
Os atores não se dão imediatamente a conhecer. Não temos as pistas da linguagem verbal, do contexto...
As possibilidades de comunicação das ferramentas utilizadas pelos atores.
FERRAMENTAS E INTERAÇÕES
A partir de cada tipo de ferramenta é possivel ter um tipo de interação social. Recuero conceitua duas delas:
SÍNCRONA E ASSÍNCRONA
É aquela que simula uma interação em tempo real. Ex:
CHATS - Nesses espaços, de uma forma geral, os agentes envolvidos têm um expectativa de resposta imediata, ou quase imediata. (As duas pessoas que estão conversando estão "presentes").
Já essa o agente tem a expectativa de resposta não imediata. Ex:

EMAIL: Mandamos o email para que o outro em outro momento (mesmo que estejamos com pressa) abra, leia e responda. Espera-se que o ator possa não estar presente e responda-o depois.
Para o autor existem dois tipos de interação que
se estabelcem a partir da interação mediada por computador:
TIPOS DE INTERAÇÃO
INTERAÇÃO MÚTUA
INTERAÇÃO REATIVA
É sempre limitada para os atores envolvidos. É o caso, por exemplo, da relação de um interagente com um hiperlink na web.
Neste caso não é possivel modifcar a URL que ele está apontando, tampouco escolhe pra onde ir a partir dele. A única escolha que nos é delegada é a de clicar nele. VETOR UNIDIRECIONAL
Não é limitada. é possível realizar um diálogo, a partir de uma interação construída, negociada e criativa. Em um blog, por exemplo, é possível realizar um diálogo não apenas entre os comentaristas, mas também com o autor e assim por diante.
Então...
Pode-se dizer que a interação social mediada por computador sempre será uma interação mútua, dialógica.
E, na maioria das vezes a interação reativa dá-se apenas entre o agente e o sistema que media a relação comunicativa.
Além do computador!
RELAÇÕES/INTERAÇÕES SOCIAIS
Os estudos de redes sociais estão implicados em analisar as relações que se dão entre em os agentes da interação, ou seja, o que está ENTRE eles. Desse modo, entende-se que a interação mediada por computador é geradora de relações sociais e que, por sua vez, vão gerar laços sociais.
ciberepaço
"A regularidade ou padrões, fazem surgir as estruturas."
LAÇOS
"O laço é a afetiva conexão entre os atores que estão envolvidos nas interações. São formas mais institucionalizadas de conexão entre atores, constituídos no tempo e através da interação social."
DIALÓGICO
ASSOCIATIVO
Esses dependem apenas de um pertencimento a um determinado local, instituição ou grupo.
Tipo de laço
Tipo de Interação
Exemplo
Laço Associativo
Interação Reativa
Decidir ser amigo de alguém no Facebook, decidir participar de algum evento no Facebook...
Laço Dialógico
Interação Mútua
Conversar com alguém através do MSN, trocar recados no Facebook...
Apesar desse enquadramento é possível se pensar nesses laços e interações de maneiras diferentes. Embora o autor tenha relacionado o pertencimento com o laço associativo, poderíamos relacionar um pertencimento relacional como emergente da interação social mútua. Isso porque, quando os grupos surgem com base na interação dialógica, o sentimento de pertencimento do grupo surge como decorrente do elemento relacional da interação
FORTES -
LAÇOS FORTES E FRACOS
Aqueles que se caracterizam pela
intimidade, pela proxmidade e pela intencionalidade em criar e manter uma conexão entre duas pessoas.
FRACOS -
Caracterizam-se por relações esparsas, que não traduzem proximidade e intimidade.
/ RELACIONAL
Os laços sociais na internet, muita vezes, são laços que também são mantidos off-line.
USUÁRIO WEB
Podemos pensar no nosso projeto transmídia a partir de uma eficiente interação mediada por computador. De modo a fidelizar os atores que estão à nossa volta no ciberespaço e fazer nascer, fortalecer laços para que alcancemos nosso objetivo. Seja ele de informar, de vender, entre outros.
Como estes conceitos nos servem?
1991
2010
2005
(cc) image by jantik on Flickr
web 1.0
Hipertexto
Voltada para
a leitura
Taxonomia,
páginas estáticas, sem ou pouca interação.
WEB 2.0
Conteúdo colaborativo,
compartilhamento,
usuário ativo e
personalização.
Eu também posso!
Folksonomia / TAGS
E.Life pesquisa 2012.
Hábitos e usos e comportamento dos internautas brasileiros.
Integra as chamadas tags com as quais o utilizador organiza o próprio conteúdo. Ao invés de serem criados arquivos com categorias predefinidas para o utilizador escolher onde colocar a informação, cada qual pode definir uma palavra-chave (etiqueta) para um determinado conteúdo, assim, quantos mais utilizadores marcarem esse conteúdo, etiquetando-o, melhor organizado ele será.
Uma taxonomia é o trabalho de um especialista que cataloga cientificamente o mundo à sua volta. As taxonomias nasceram a partir da tradição da história natural nas ciências, sendo impostas por forças superiores como um meio de categorização rígido.
Mais espaços de participação
Mais poder de circulação de informaçoes.
Liberação do pólo emissor.
Produção de conteúdo descentralizado.
E vocês como participam?
Como veem essas novas possibilidades?
Alguns Lembretes
Os internautas estão em diversas redes, ainda que não as utilizem com freqüência. Isso exige que as empresas fiquem atentas às tendências e pesem a necessidade de se fazerem presentes em
novas redes para acompanhar o seu público-alvo;
Informações de interesse são o segundo motivo que tornam as redes sociais tão atraentes para os internautas. Perfis corporativos e fanpages devem buscar um mix de conteúdo que atenda a agenda do consumidor e a agenda da marca, ou seja, assuntos que fazem parte do dia-a-dia do consumidor e assuntos que sejam de interesse da marca associar à sua imagem;
O acesso à internet e às redes sociais por dispositivos móveis aumentou consideravelmente no último ano, obrigando as empresas a produzirem conteúdo para este formato, sejam por meio de apps, seja por formatação de site ou criação de conteúdo específico;
Cerca de 50% dos entrevistados afirmou que assiste TV enquanto está online, o que reafirma a necessidade das empresas investirem em uma estratégia de comunicação multicanais, utilizando call to action para as redes sociais (como hashtags) nos comerciais veiculados na TV, por exemplo;
Dois em cada três internautas usam as redes sociais para falar sobre sua experiência de compra (online ou offline), o que faz com que esses espaços sejam prioritários para as empresas interagirem com seus clientes, obterem feedback de seus produtos e serviços e conhecerem melhor os hábitos dos usuários.
http://instagram.com/tsff_1/
Full transcript