Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Reabilitação Geriátrica

No description
by

Filipe Medeiros

on 23 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Reabilitação Geriátrica

Reabilitação Geriátrica
As quedas e fraturas dos idosos brasileiros têm assumido proporções epidêmicas. A hospitalização por fratura de quadril, que é extremamente cara, aumenta aproximadamente 9% a cada ano. Estudos longitudinais demonstram que cerca de 50% das pessoas que caem e fraturam os quadris nunca mais serão caminhantes funcionais.
Prevenção de Quedas
Está claro na literatura, portanto, que o declínio do desempenho físico e da independência funcional devido ao envelhecimento aumenta o risco de quedas. Está claro também que estes riscos podem ser minimizados com a prática de exercícios físicos. Entretanto, permanece a controvérsia quanto a qual modalidade física seria ideal para a prevenção dos riscos de queda.
Verifica-se, ainda, que a prevenção de quedas reduz a morbidade e mortalidade (GUIMARÃES e FARINATTI, 2005; CALLISAYA et al. 2009), minimizando o declínio das Atividades de vida diária, atividades físicas e sociais.
Exercícios organizados de maneira a trabalhar os principais sistemas envolvidos na manutenção da postura, que neste trabalho serão denominados de Exercícios Multisensoriais, são uma opção prática, simples, barata e de fácil implantação em escolas, praças, parques e postos de saúde.
FUNCIONAL
Mudança de paradigma
Com o aumento da expectativa de vida da população e dos altos custos financeiros com o tratamento de doenças prevalentes na velhice, as intervenções dirigidas aos idosos devem estar voltadas para os aspectos preventivos e não curativos.
Proposta ideal para o aprendizado motor relacionado ao equilíbrio
• Melhorar o equilíbrio de pessoas idosas e prevenir quedas;
• Propiciar a indivíduos idosos vivências e experiências de encontro, cooperação e superação;
• Valorizar a prática da atividade física com ênfase na saúde.

Os exercícios multisensoriais são desenvolvidos em forma de um circuito composto por treze estações que consistem em movimentos de cabeça, pescoço e olhos; exercícios de controle postural em várias posições (sentado, em apoio bipodal e unipodal, andando de frente, de costas, lateralmente, em flexão plantar e calcanhar); exercícios de olhos vendados e uso de superfície instável.
• Estação “A”: Passadas laterais com deslocamento para direita e para esquerda.
• Estação “B”: Exercício em apoio unipodal (direita e esquerda).
• Estação “C”: Marcha sensibilizada (com o apoio apenas dos calcanhares) de costas.
• Estação “D”: Marcha de costas, com o apoio total dos pés.
• Estação “E”: “Acertar o alvo”, de costas, com as bolas acopladas por cordas nas laterais.
• Estação “F”: Marcha sobre superfície instável (colchão).
• Estação “G”: Marcha com o apoio apenas do terço anterior dos pés.
• Estação “H”: Marcha, de frente, pernas afastadas, com o apoio total dos pés.
• Estação “I”: Alcance multidirecional (níveis de dificuldade com alturas variadas, sendo estas representadas pelos números 1,2,3).

• Estação “J”: Marcha, de frente, pernas cruzadas, com o apoio total dos pés.
• Estação “L”:“Bola na cesta” (níveis de dificuldade com distâncias variadas, sendo estas representadas pelos números 1,2,3).
• Estação “M”: Marcha com estreitamento de base e em trajeto circunferencial.
• Estação “N”: Andar em linha reta para frente e para trás.
Full transcript